Menu
quarta, 24 de fevereiro de 2021
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO JANEIRO
ELE SAÍA DE ACADEMIA

Irmão de Pavão, preso por narcotráfico na fronteira, é executado em MS

15 Mar 2017 - 09h19Por Midiamax

Ronny Chimenes Pavão, 38, irmão do traficante Jarvis Chimenes Pavão, foi executado a tiros no início da noite desta terça-feira (14) no Centro de Ponta Porã, cidade a 314 quilômetros de Campo Grande. Ronny saía de uma academia por volta das 18 horas, quando foi assassinado a tiros de pistola 9mm. A Polícia Militar e Civil estão no local.

O irmão de Ronny, Jarvis Pavão, é considerado o chefe do tráfico de drogas na região da Tríplice Fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina.

Jarvis que está preso em Assunção (Paraguai), chegou a ser acusado da morte de Jorge Rafaat Toumani, narcotraficante assassinado em uma emboscada em junho do ano passado, em Pedro Juan Caballero. Ele foi absolvido em novembro do ano passado pelo juiz federal Odilon de Oliveira.

Pavão cumpre pena de oito anos de prisão no Paraguai por tráfico de drogas. Já havia sido condenado no Brasil a 17 anos de cadeia por lavagem de dinheiro, mas fugiu para o país vizinho, onde foi detido em 2009.

Quando cumpria pena no Presídio de Tacumbu em Assunção, capital do Paraguai, o brasileiro, tido como chefe do tráfico de drogas na região da Tríplice Fronteira, ostentava instalações luxuosas.

A situação foi descoberta pela polícia paraguaia ao fazer buscas na cela neste ano. A cela, de três cômodos, contava com sala de reuniões, TV de plasma, biblioteca e cozinha. Depois disso, o brasileiro foi transferido para uma unidade de segurança máxima de Assunção.

Morte Rafaat

Pavão foi apontado como um dos suspeitos de encomendar a morte do empresário Jorge Rafaat, no dia 15 de junho, de 2016. Ao sair de seu escritório em Pedro Juan Caballero, cidade que faz fronteira com o Mato Grosso do Sul, Rafaat foi atacada por um grupo de pessoas fuzis AK 47 e Mag antiaérea e metralhadoras. Os suspeitos estariam em três veículos.

No local, além de centenas de cápsulas de projéteis, a polícia também encontrou armas de grosso calibre, tais como fuzis e 50, todos de posse militar, que furaram a blindagem do Jipe Hummer, do mesmo modelo utilizado pelo exército dos Estados Unidos. Nele, estava Jorge Rafaat Toumani, vítima fatal. Vários outros ficaram feridos, dentre eles um policial identificado como Jorge Espindola.

Deixe seu Comentário

Leia Também

(Foto: divulgação / PRF) REGIÃO DE MIRANDA - MS
Carro com registro de roubo no RJ cai em área alagada e motorista foge na região de MIRANDA
Tiro disparado por assaltantes acertou o vidro dianteiro do motorista - Crédito: André de Abreu VÍDEO - ASSISTA
VÍDEO: Câmeras registraram tentativa de assalto que terminou com major baleado
BONITO - MS - AÇÃO DA PMA
Pecuarista é autuado por desmatamento ilegal de vegetação nativa para plantio de soja em Bonito
BONITO - MS - PASSAGEM AÉREA DE FAUNA
Para evitar atropelamento de animais, 'passagem' será feita em dois pontos na região de Bonito
Marlei Aparecida dos Santos e o filho Nickson Rosa Loveira, durante o embarque. BONITO - MS - SERVIÇO MILITAR
'Coração apertado', mãe se emociona ao entregar filho para servir o serviço militar por Bonito
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Motoniveladoras entregues pelo Estado potencializam a agricultura familiar, dizem prefeitos
LEILÃO NO MS
LEILÃO para vender bens apreendidos com o tráfico continua com lances a partir de R$ 100 reais
BONITO - MS - NA LISTA
BONITO na lista, Governo de MS entrega 28 motoniveladoras e 127 viaturas nesta segunda-feira
TRAGÉDIA NAS ESTRADAS
ACIDENTE FATAL: Passageira morre após carreta carregada de soja tombar na BR-163
Moradores colocaram areia e pedaço de metal em local onde mulher foi achada morta FEMINICÍDIO EM MS
CRUELDADE: Mulher de 47 anos é morta com facada nas costas