Menu
sexta, 5 de maro de 2021
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO JANEIRO
INCÊNDIO NA CHINA

Incêndio afeta fábrica de vacinas indiana responsável por doses destinadas ao Brasil

Instituto Serum produz fórmula da AstraZeneca; segundo mídia local, imunizantes não foram atingidos pelas chamas de grandes proporções

21 Jan 2021 - 09h19Por O GLOBO

Um incêndio ocorreu nesta quinta-feira no Instituto Serum, maior fabricante mundial de vacinas, em Pune, na Índia. A imprensa indiana afirma que a produção de vacinas contra a Covid-19 não foi afetada. O instituto é responsável pelas 2 milhões de doses do imunizante da AstraZeneca/Universidade de Oxford adquiridas pelo Brasil, que estão no centro de um imbróglio diplomático.

Pela TV, canais de televisão indianos exibiram imagens de uma enorme nuvem de fumaça cinza sobre as instalações do Serum, em Pune, no Oeste da Índia, onde milhões de doses da vacina desenvolvida pela AstraZeneca e pela Universidade de Oxford estão sendo produzidas atualmente.

Incêndio atinge prédios do Instituto Serum, na cidade de Pune, na Índia Foto: - / AFP

Incêndio atinge prédios do Instituto Serum, na cidade de Pune, na Índia Foto: - / AFP

Bombeiros tentam controlar um incêndio que eclodiu no Instituto Serum da Índia Foto: - / AFP

Bombeiros tentam controlar um incêndio que eclodiu no Instituto Serum da Índia Foto: - / AFP

Instituto Serum produz 50 milhões de doses por mês de vacina contra Covid-19 Foto: - / AFP

Instituto Serum produz 50 milhões de doses por mês de vacina contra Covid-19 Foto: - / AFP

Trabalhadores usando equipamento de proteção caminham após um incêndio no Instituto Serum, da Índia Foto: - / AFP

Trabalhadores usando equipamento de proteção caminham após um incêndio no Instituto Serum, da Índia Foto: - / AFP

O estoque e a produção das vacinas contra Covid-19 estão seguros, segundo o jornal

O estoque e a produção das vacinas contra Covid-19 estão seguros, segundo o jornal "Times of India" Foto: - / AFP

Trabalhadores usando equipamento de proteção caminham após um incêndio no Instituto Serum, em Pune Foto: - / AFP

Trabalhadores usando equipamento de proteção caminham após um incêndio no Instituto Serum, em Pune Foto: - / AFP

Em dezembro, o Brasil firmou, via Fiocruz, um acordo com o Serum Institute of India para o envio de dois milhões de doses prontas do imunizante da AstraZeneca, à margem do acordo que o país selou com a farmacêutica britânica, que prevê a produção nacional. A intenção era acelerar a imunização do país, e o uso emergencial do aporte de doses recebeu autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

As doses, previstas para o último final de semana, acabaram retidas em solo indiano. O governo da Índia afirma oficialmente que priorizará a imunização da população mais vulnerável antes de abrir exportações. Unidades da vacina, no entanto, já foram enviadas para países do Sudeste Asiático.

Diplomatas do Itamaraty avaliam que o canal de diálogo com o país e com a China está "obstruído" em função do alinhamento do Brasil aos Estados Unidos em tratativas sobre patentes na Organização Mundial do Comércio (OMC), como reportou O GLOBO.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FATALIDADE
FATALIDADE: Jovem de 22 anos é atingido por raio e morre em MS
MIRANDA - AÇÃO DA PMA
PMA doa pescado apreendido para associação que cuida de idosos na cidade de Miranda
Coronel Adib Massad, durante uma das visitas à Dourados. (Foto: Arquivo/O Progresso) LUTO NO MS
LUTO: Morre aos 91 anos o coronel Adib Massad, lenda da segurança nas fronteiras de MS
MIRANDA E AQUIDAUANA
Operação Cidade Segura flagram 45 motoristas embriagados em Aquidauana e Miranda
CONCURSO CHEGANDO
Reinaldo Azambuja autoriza concurso público com 250 vagas para Polícia Civil, confira Edital
CONCURSO CHEGANDO
Reinaldo Azambuja autoriza concurso público com 250 vagas para Polícia Civil, confira Edital
PLANTÃO POLICIAL CPF CANCELADO
Adolescente tenta assaltar PM de folga e morre em MS
BONITO - MS - AÇÃO DA GUARDA
Guarda Municipal prende autor de furto em menos de 12 horas em Bonito (MS)
ROUBADA EM BONITO
Operação Big Fish recupera bi-trem avaliada em R$ 400 mil e retroescavadeira roubada em Bonito
BONITO - MS - AÇÃO DA PMA
Mulher é autuada por pescar em piracema e ainda no Rio Mimoso onde a pesca é proibida em Bonito (MS)