Menu
domingo, 16 de fevereiro de 2020
BANNER ANNA
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO
Execução

Foragido é executado com 8 tiros em cidade de MS

O homem estava chegando em sua residência quando foi cercado por pistoleiros

16 Ago 2019 - 08h39Por Anna Gomes/Bonito Informa

Winter Leandro da Silva de 39 anos foi executado quando chegava na residência que morava, na tarde desta quinta-feira (15), no Bairro Jardim Primavera, na cidade de Ponta Porã, município distante aproximadamente 270 quilômetros de Bonito.

De acordo com o site Porã News, Winter já era procurado pela polícia de São Paulo. Na tarde de ontem, ele foi surpreendido quando chegava em sua residência a bordo de uma camionete.

Pistoleiros que estavam em uma motocicleta atiraram pelo menos oito vezes contra Winter que ainda tentou correr, mas acabou morrendo em um terreno baldio próximo ao local do atentado.

A Perícia esteve no local para realizar os levantamentos de praxe. Após cometer o crime os pistoleiros fugiram. O caso segue sendo investigado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JARDIM - MS - POLÍCIA
Jovem é esfaqueada no pescoço por namorado após dançar com mulher em boate em Jardim (MS)
ATENTADO A ESCLARECER
Deputado federal de MS diz que seu carro foi atingido por 5 tiros e que revidou
CASO DE POLÍCIA
Homem passa o dia em festa com amigos, bate moto em portão de casa e morre durante o socorro
ACIDENTE FATAL
Soldado do Exército bate moto em caminhão e tem corpo partido ao meio em rodovia de MS
ACIDENTE NAS ESTRADAS DE MS
Motorista erra ultrapassagem e bate de frente com caminhonete em MS
MIRANDA - MS - CASO DE POLÍCIA
Vendedor de frutas é flagrado abusando de meninas em Miranda
ATAQUE DE ABELHAS
Abelhas matam cães Pitoco e George em ataque a vizinhos de ferro-velho
ASSASSINATO DE JORNALISTA
'Ele dizia: estou te preparando para ficar sem mim', desabafa viúva de jornalista executado no PY
TRÁFICO DE DROGAS
Polícia acaba com festa particular e prende um homem por tráfico de drogas em Aquidauana
Cara de pau
Comprador pede para testar motocicleta e vai embora sem pagar