Menu
segunda, 25 de outubro de 2021
Busca
BONITO ÁGUAS GREEN WEEK
AMEAÇAVA AS MENINAS DE MORTE

Condenado benzedor de 71 anos que estuprava crianças em troca de doces

18 Mar 2017 - 10h36Por Midiamax

Foi condenado a 13 anos e quatro meses de prisão um morador de Sonora, cidade a 351 quilômetros da Capital, por estupro de vulnerável. O homem, de 71 anos, é acusado de estuprar duas meninas de 11 anos e de ter praticado quatro vezes o ato com cada vítima, além de ameaçar matá-las caso contassem para alguém.

A condenação foi feita pelo juiz Francisco Soliman, da comarca de Pedro Gomes. Conforme o processo, no dia 4 de novembro de 2016 o idoso estuprou as duas meninas de 11 anos e a diretora da escola em que elas estudavam descobriu o caso. Segundo as informações do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, as crianças chegaram ao colégio com dinheiro e doces.

A diretora percebeu e questionou as meninas, que contaram terem recebido o dinheiro e os doces do idoso, que teria feito nelas um ‘benzimento’. Consta nos autos que a casa do criminoso ficava no caminho que as meninas passavam para irem até a escola e que ele teria dito que elas precisavam ser submetidas a um ‘benzimento’ realizado por ele.

O idoso ainda ofereceu o dinheiro e os doces para as meninas, que entraram na residência. Na casa, ele determinava que, uma de cada vez, entrasse no quarto e deitasse na cama nua. Com as cédulas de dinheiro nas mãos, ele as passava pelo corpo das vítimas, principalmente nas partes íntimas das crianças.

Após o estupro que ele chamava de ‘benzimento’, ele entregava o dinheiro, as balas e os doces e dizia para as meninas não contarem para ninguém. As vítimas chegaram a declarar que foram ameaçadas de morte pelo criminoso. Na casa dele, policiais encontraram os pacotes de balas, das mesmas marcas que as encontradas com as meninas.

O acusado negou a prática dos fatos, mas para o juiz, nos autos existem provas da materialidade do crime e indícios suficientes da autoria. O abusador foi preso em flagrante e em audiência de custódia a prisão foi convertida em preventiva até que ocorresse o julgamento.

As crianças esclareceram os fatos com riqueza de detalhes sobre os estupros. Uma das meninas disse que foi ameaçada de morte por várias vezes e que tinha que voltar ao local para receber os ‘benzimentos’. Certa vez, o idoso teria mostrado uma faca para as vítimas porque elas não passaram na casa dele naquele dia.

Pela análise dos depoimentos das crianças, o juiz constatou que o réu aproveitava-se da vulnerabilidade das vítimas para assegurar que ninguém descobrisse suas práticas libidinosas, realizadas para satisfação de sua lascívia, ameaçando-as, caso elas contassem para alguém, ou não retornassem posteriormente para serem, mais uma vez, abusadas sexualmente.

“O conjunto probatório é coeso, harmônico e suficiente para fundamentar o convencimento quanto à prática das condutas criminosas pelo réu. Isso posto, condeno o réu como incurso nas sanções contidas no art. 217-A, caput (estupro de vulnerável), por oito vezes, em combinação com o art. 61, I, (reincidência), art. 65, I, (maior de setenta anos), e na forma do art. 71 (crime continuado), todos do Código Penal e art. 1º, VI, da Lei nº 8.072/90 (lei dos crimes hediondos). Nego ao réu o direito de recorrer em liberdade, uma vez que persiste o motivo ensejador da decretação da prisão preventiva, qual seja a garantia da ordem pública, ante o risco concreto de reiteração criminosa”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Carro onde a vítima estava quando foi surpreendida pelo ex-marido ficou cheio de sangue. (Foto: Divulgação/Polícia Civil) FEMINICÍDIO
FEMINICÍDIO: Atingida por 4 tiros disparados pelo ex-marido, mulher não resistiu e morreu
PLANTÃO POLICIAL BONITO - ACIDENTE FATAL
Colisão entre motos acaba com jovem de 22 anos morto em Bonito (MS)
Mulher morreu e marido sobreviveu a acidente - Crédito: Jornal Tribuna Livre TRAGÁDIA NAS ESTRADAS
Mulher morre após perder direção de carro e bater em árvore em MS
De folga, socorrista morre após colisão entre carro e carreta em rodovia de MS  Foto: Redes sociais TRAGÁDIA NAS ESTRADAS
Homem que morreu em acidente era socorrista da CCR MS Via, ele estava de folga
FOTO: PMA DE BONITO E JARDIM AÇÃO DA PMA DE BONITO E JARDIM
PMA de Bonito e Jardim desmontam acampamento e autuam 02 Catarinenses pescando ilegalmente
Motorista não resistiu e carona foi encaminhado ao hospital - Fotos: Cido Costa ACIDENTE NAS ESTRADAS
Acidente entre carro e carreta deixa um morto e outro ferido em MS
Escola de Dourados PÂNICO EM ESCOLA
PÂNICO EM ESCOLA: Ameaça de massacre causa pânico em alunos em MS
BONITO - AÇÃO DA GUARDA MUNICIPAL
Homem embriagado invade escola, perturba alunos e funcionários e acaba preso pela GM em Bonito
Foto: Ivinotícias FATALIDADE
Homem morre após sofrer descarga elétrica de 34 mil volts em MS
CNH INFRAÇÃO NAS REDES SOCIAIS
Postar infração de trânsito nas redes sociais pode gerar multa de até R$ 30 mil e CNH cassada