Menu
quinta, 5 de agosto de 2021
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO JUNHO
Prisão em Bonito (MS)

Dois homens são presos por pescar com arpão no Rio Formoso, em Bonito MS

A PMA realizaram nos últimos três dias uma operação na região de Bonito e Jardim, principalmente no rio Miranda para combater e prevenir a pesca predatória

29 Set 2013 - 14h00Por Campo Grande News

A Polícia Militar Ambiental de Bonito, Miranda, Campo Grande, Jardim, Aquidauana e do Grupamento do distrito de Águas do Miranda, realizaram nos últimos três dias uma operação na região de Bonito e Jardim, principalmente no rio Miranda para combater e prevenir a pesca predatória.

Durante a ação,  iniciada no dia 25 e encerrada hoje às 8 horas, foram seis autuações ambientais. No primeiro dia, o proprietário de um pesqueiro foi autuado por degradar matas ciliares do rio Miranda e dois pescadores por pescar sem licença.

Mais dois foram autuados no dia 27 à noite, por praticar pesca subaquática com arpões, em local onde a pesca é proibida. Os pescadores, residentes em Bonito, foram surpreendidos quando estavam pescando no rio Formoso, onde a pesca de qualquer natureza é proibida e ainda haviam capturado peixes fora da medida, bem como não possuíam licença para a pesca subaquática. Nesse rio só se permite a pesca científica e devidamente autorizada pelo órgão ambiental.

Com os pescadores foram apreendidos duas máscaras de mergulho, dois arpões e um veículo VW saveiro, além de 30 kg de pescado das espécies dourado, curimbatá e piavuçu, sendo vários exemplares em tamanhos inferiores ao permitido pela legislação. Cada pescador foi multado em R$ 1.7 mil. Eles também foram presos e autuados em flagrante na delegacia de Polícia Civil de Bonito e saíram depois de pagar fiança e responderão em liberdade por crime ambiental de pesca predatória. Eles poderão pegar pena de um a três anos de detenção.

Em um rancho pesqueiro, ontem (28), uma pessoa foi autuada por armazenar pescado fora da medida permitida. Com ela foram apreendidos 35 kg de pescado. O autuado recebeu multa de R$ 1.5 mil. Ele também responderá por crime ambiental e poderá pegar pena de um a três anos de detenção.

As equipes ainda apreenderam duas tarrafas, três redes de pesca, 20 espinhéis, 31 João-bobos (boias) e 387 anzóis de galho, petrechos proibidos que estavam armados no rio.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tatyane Santinoni, Agepen AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo amplia número de vagas do último concurso da Agepen
MS EM DESTAQUE
Com destaque nacional, MS já dispõe da imunização completa de mais de 6 mil policiais
Na ocasião, estiveram presentes várias autoridades. Foto: Filipi Brites  Ascom CURSO DE MERGULHO CBMMS
Solenidade realizada em Bonito, marca início do 1º Curso de Mergulho em Caverna realizado pelo
BONITO - MS - AÇÃO DA PMA
PMA atende 02 incêndios em menos de 24h e alerta população para tempo seco em Bonito (MS)
BONITO - MS - AÇÃO POLICIAL
Traficante e batedores são presos com mais de 380 quilos de maconha e Skank em Bonito (MS)
BONITO - AÇÃO CONJUNTA DAS POLÍCIAS
Polícia Militar e Guarda Municipal acaba com 'festinha' na pandemia e perturbar vizinhança em Bonito
Fotos: Major Ronaldo Cezar Possato Venâncio/PM-SP BOMBEIROS DE MS
Corpo de Bombeiros Militar de MS realiza Curso de Mergulho em Caverna
Corpo foi encontrado no quintal da casa da vítima, em Sidrolândia (MS).  Foto: PMMS/Reprodução CASO DE POLÍCIA
Polícia encontra corpo de idoso enterrado em quintal e sobrinha confessa homicídio
AÇÃO DA PMA
Fazenda com 520 cabeças de gado sem comida, alguns são encontrados mortos, PMA autua arrendatário
POLÍCIA
Após ser estuprada, jovem de 18 anos precisa passar por cirurgia e está na UTI