Menu
segunda, 25 de outubro de 2021
Busca
BONITO ÁGUAS GREEN WEEK
ESTADO É GRAVE

Adolescente que sofreu abuso com mangueira pode perder intestino

6 Fev 2017 - 08h57Por Campo Grande News

O adolescente de 17 anos que foi violentado com uma mangueira de compressão de ar, em um lava jato que fica na Vila Morumbi, pode perder parte do intestino grosso. Ele está internado em estado grave na Santa Casa e sedado desde sexta-feira (3), quando deu entrada no hospital.

A agressão é considerada brutal pela mãe do menino, que terá o nome preservado para que o adolescente também não seja identificado.

A mulher,  de 47 anos, acusa o dono do lava jato onde o filho estava trabalhando e um conhecido da família. "O dono que veio aqui em casa me buscar para ir pra Santa Casa. Durante o caminho, ele só dizia que o médico ia contar. Só depois eles me falaram", relatou emocionada.

De acordo com ela, o filho teve uma parada cardíaca e respira com ajuda de aparelhos. "Pensei que ele tivesse caído, como é um lava jato. Fiquei desesperada e quando o médico explicou a situação desmaiei". A mãe conta que apenas reza para que o filho fique bem e que ainda não sabe se ele terá sequelas.

Ela diz que o filho foi indicado para o trabalho por um vizinho de 31 anos, que o conhecia desde pequeno. "O mais velho pegou ele no lombo e o dono abaixou a calça e enfiou a mangueira. É uma brutalidade, quero justiça para essa maldade. Me deu muita agonia em saber que duas pessoas fizeram essa maldade com um menino tão trabalhador", destacou.

 
Mangueira usada para violentar adolescente. (Foto: André Bittar)Mangueira usada para violentar adolescente. (Foto: André Bittar)

O filho tinha o sonho de se alistar ao Exército e havia prometido para mãe que com o salário ia pagar contas e fazer uma compra para a casa. O menino está com três sondas no abdômen e se recupera de uma cirurgia. De acordo com a mãe, o médico disse que ainda não é possível precisar se ele terá sequelas.

Santa Casa - De acordo com a assessoria da Santa Casa, o estado do rapaz é considerado grave. A vítima está internada em uma ECI (Enfermaria de Cuidados Intermediários) e ainda não foi retirada parte do intestino grosso do adolescente. A equipe médica não descarta a possibilidade e vai esperar quatro dias para ver a reação do jovem.

Ainda de acordo com a assessoria, a vítima está consciente, medicada e responde a estímulos. Ele precisou passar por uma cirurgia por conta de uma lesão no intestino. Foi preciso a colocação de 3 drenos: para urina, fezes e para drenagem da cirurgia.

Lava-jato - A equipe de reportagem foi o Lava Jato na Avenida Interlagos, onde aconteceu o crime, mas ninguém foi encontrado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Carro onde a vítima estava quando foi surpreendida pelo ex-marido ficou cheio de sangue. (Foto: Divulgação/Polícia Civil) FEMINICÍDIO
FEMINICÍDIO: Atingida por 4 tiros disparados pelo ex-marido, mulher não resistiu e morreu
PLANTÃO POLICIAL BONITO - ACIDENTE FATAL
Colisão entre motos acaba com jovem de 22 anos morto em Bonito (MS)
Mulher morreu e marido sobreviveu a acidente - Crédito: Jornal Tribuna Livre TRAGÁDIA NAS ESTRADAS
Mulher morre após perder direção de carro e bater em árvore em MS
De folga, socorrista morre após colisão entre carro e carreta em rodovia de MS  Foto: Redes sociais TRAGÁDIA NAS ESTRADAS
Homem que morreu em acidente era socorrista da CCR MS Via, ele estava de folga
FOTO: PMA DE BONITO E JARDIM AÇÃO DA PMA DE BONITO E JARDIM
PMA de Bonito e Jardim desmontam acampamento e autuam 02 Catarinenses pescando ilegalmente
Motorista não resistiu e carona foi encaminhado ao hospital - Fotos: Cido Costa ACIDENTE NAS ESTRADAS
Acidente entre carro e carreta deixa um morto e outro ferido em MS
Escola de Dourados PÂNICO EM ESCOLA
PÂNICO EM ESCOLA: Ameaça de massacre causa pânico em alunos em MS
BONITO - AÇÃO DA GUARDA MUNICIPAL
Homem embriagado invade escola, perturba alunos e funcionários e acaba preso pela GM em Bonito
Foto: Ivinotícias FATALIDADE
Homem morre após sofrer descarga elétrica de 34 mil volts em MS
CNH INFRAÇÃO NAS REDES SOCIAIS
Postar infração de trânsito nas redes sociais pode gerar multa de até R$ 30 mil e CNH cassada