Menu
segunda, 18 de outubro de 2021
Busca
BONITO ÁGUAS GREEN WEEK
VARIANTES NO MS

Variante P1 que atinge população mais jovem predomina em MS que tem 21 tipos em 64 municípios

7 Out 2021 - 10h26Por Rodson Lima, SES

Mato Grosso do Sul registra a presença de 21 variantes da SARS-CoV-2 em 64 municípios do Estado. A predominância ainda é da P.1 – linhagem originária de Manaus (AM) que foi identificada em 47 municípios. Quanto a variante Delta (B.1.617.2 e AY.4) está presente em  quatro cidades, Corumbá e Ladário e mais recentemente em Amambai e Campo Grande. Apesar do cenário de estabilização da doença, o mapeamento genômico reforça a continuidade das medidas de prevenção de biossegurança como distanciamento social, uso de máscaras de proteção e higiene constante das mãos.

O Boletim Epidemiológico da SES identificou que Campo Grande é o município com maior número de registros, com 13 tipos de variantes, incluindo a Delta. Logo em seguida, vem os municípios de Dourados e Chapadão do Sul, com seis tipos de variantes. A cidade de Três Lagoas também aparece com pelo menos cinco tipo de variantes identificadas. Por outro lado, 10 municípios não registram a presença de variantes: Anaurilândia, Bataguassu, Caarapó, Caracol, Cassilândia, Glória de Dourados, Jaraguari, Jateí, Juti, Laguna Carapã.

O secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, ressaltou que a aceleração da vacinação ajudou a conter a chegada de novas variantes, inclusive a Delta. “Nós tivemos a confirmação da presença da Delta desde julho no nosso território. A vacinação, principalmente nos 13 municípios da fronteira, nos ajudou e evitou que a Delta se espalhasse. A nossa estratégia continua a mesma, de avançar na aplicação da segunda dose ou dose reforço nos idosos e profissionais de saúde. A pandemia ainda não passou e precisamos estar atentos a estas variantes”.

No Estado, o Laboratório Central de Saúde Pública de Mato Grosso do Sul (Lacen/MS), monitora a evolução do Coronavírus no Estado. “Nós recebemos resultados de sete novos casos, sendo três de Amambai e quatro de Campo Grande. As amostras são de agosto e foram realizadas pela Fiocruz do Amazonas. Entretanto, das 485 amostras sequenciadas, a prevalente é a P.1. Já a variante Delta equivale a 2% das amostras sequenciadas. Em Mato Grosso do Sul foram identificados 10 casos da variante Delta”, explica o diretor do Lacen/MS, Luiz Henrique Ferraz Demarchi.

Sobre a P1

A predominância da variante P.1 tem as seguintes características: maior transmissibilidade, atinge a população mais jovem, apresenta uma evolução mais rápida da doença e maior gravidade da doença, além de diminuir a efetividade das vacinas. “A P.1 é a variante que domina todos os estados do Brasil. Ela é uma variante mais transmissível e acomete os mais jovens. A maioria das pessoas internadas eram de jovens, contaminadas por conta da P.1, porque ela ter uma carga viral mais elevada”, afirma Júlio Croda.

O trabalho, denominado “Mapeamento Genômico de Mato Grosso do Sul” teve como objetivo conhecer as variantes que mais circulam no Estado e, com isso, subsidiar as autoridades sanitárias na adoção de práticas e ações de combate à Covid-19.

Ao longo da pandemia foram mapeadas diversas variantes no Estado. Além da P.1 (43,3% - dos casos), aparece na sequência linhagens brasileiras, como a P.1.7 (16,3%), B.1.1.28 (12,8%), B.1.1.33 (8,2%) e a P.2 (12,2%). Existe outras ainda como a B1 (responsável pelo surto no norte da Itália no início de 2020), B1.212 (sul-americana), N.4 (Chile), P.1.2 (Brasil, Argentina, Países Baixos, EUA e Espanha), A.2.5.2 (Itália, EUA e Reino Unido), B.1.1 (Europa), B.1.1.247 (regiões norte da Europa e da África e Gâmbia, na África Ocidental) B.1.1.274 (Inglaterra, Tailândia, Rússia e EUA), B.1.1.44 (Reino Unido, Dinamarca e Islândia) e B.1.240 (EUA).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Foto: Edemir Rodrigues CORONAVÍRUS EM MS
SINAL DE ALERTA: Taxa de contágio volta a ter alta em MS
SANESUL CONCURSO PÚBLICO - SANESUL
De Biólogo a Psicólogo, faça sua inscrição aqui para o concurso da Sanesul com 74 vagas
Foto: Facebook/Secretário BONITO - MS - BOLETIM COVID-19
BONITO completa 30 dias sem óbitos e 06 dias sem registrar casos Covid, secretário comemora
DESCARGA FATAL
Jovem morre ao desligar geladeira da tomada após queda de raio
Movimentação na Rua Autonomista, no Jardim Autonomista. (Foto: Miriam Machado) TRISTE NOTÍCIA
Proprietário da FM Capital morre aos 49 anos
FORÇA DE VONTADE
Jornalista Geraldo Junior do Programa SEM LIMITES é associado a coragem, força e ousadia
BOMBEIROS ALERTAM
Aproveite o feriado com segurança seguindo dicas do Corpo de Bombeiros
VACINA DOSES DE ESPERANÇA CHEGANDO
Mato Grosso do Sul recebe mais 37.440 doses da vacina da Pfizer nesta quinta-feira
CORONAVÍRUS EM MS
SES confirma 374 novos casos e 4 óbitos por Covid nas últimas 24h em MS
Foto: Chico Ribeiro BONITO 73 ANOS - INVESTIMENTOS
Governador autoriza pavimentação da MS-345 e garante investimentos de R$ 170 milhões em Bonito