Menu
quarta, 21 de outubro de 2020
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO

Secretaria Estadual de Saúde prepara Plano Estadual de Saúde do quadriênio 2012/2015

12 Mai 2011 - 16h32Por Governo do Estado

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) finalizou a agenda de viagens aos municípios de Mato Grosso do Sul para colher informações que serão utilizadas para compor o texto do Plano Estadual de Saúde para o quadriênio 2012/2015. A SES atualmente está executando o último ano do Plano Estadual de 2008/2011. 

De acordo com a secretária estadual de Saúde, Beatriz Dobashi, o plano estadual será elaborado a partir do diagnóstico dos municípios que contam com informações que foram coletadas a partir de viagens feitas pelas equipes da Secretaria de Estado de Saúde. As viagens começaram no mês de outubro do ano passado e terminaram em fevereiro deste ano.

“Além destas viagens fizemos várias discussões internas e este ano, no mês de setembro, vamos fazer a nossa conferência estadual de saúde e deste evento saem muitos assuntos que podem ir direto para o plano estadual”, explicou Dobashi. A conferência será realizada no período de 14 a 16 de setembro, na Capital.

A grande base para a formulação de políticas públicas, segundo Beatriz Dobashi, é o processo de planejamento que significa ter um bom diagnóstico da situação para saber qual tipo de intervenção que precisa ser feita. “Uma política pública ou diretriz que adotamos foi a do fortalecimento regional e cada região tem uma peculiaridade. Nós temos 11 microrregiões e então montamos equipes multisetoriais dentro da saúde e visitamos estes municípios polos onde ficávamos durante uma semana e no último dia fazíamos reuniões com os secretários destes polos para que eles falassem sobre a situação dos seus municípios”, explicou.

Dobashi disse que durante as reuniões com os representantes dos polos, as equipes da Secretaria Estadual de Saúde observavam diversos aspectos como oferta de serviços, aspectos demográficos – se a população naquela microrregião tinha aumentado ou diminuído; aspectos socioeconômicos - do que vivia aquela região; aspectos epidemiológicos para saber do que as pessoas adoeciam, além de dados sobre a rede de saúde instalada – se tinha unidade básica, hospital e deficiências. “Vimos também questões ligadas à gestão, controle social e financiamento, ou seja, de como é o processo de planejamento daquela região, se tem conselho municipal e de quem e quanto os municípios recebiam de recursos”, completou.

Conforme Beatriz Dobashi, o plano estadual de saúde, que levará em conta todos os relatórios da situação dos municípios, será apresentado para o Conselho Estadual de Saúde até o começo de novembro. O Conselho tem até a primeira quinzena de dezembro para fazer as modificações e aprovaro plano. “No dia primeiro de janeiro de 2012 o Plano Estadual de Saúde já deve estar sendo executado”, concluiu.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Instituto de Desenvolvimento de Bonito
IDB INFORMA: agentes do Sebrae vão reforçar biossegurança em Bonito no feriado de finados
DEPUTADOS CANDIDATOS A PREFEITO
Com 04 deputados sendo candidatos a prefeito, veja quem entra se caso ganharem as eleições
BOLETIM CORONAVÍRUS EM MS
Bonito registra mais 04 casos e no MS, jovem de 15 anos é uma das vítimas do covid nas últimas 24h
PREMIAÇÃO NO MS
Publicados no Diário Oficial mais 05 editais da Lei Aldir Blanc totalizando R$ 653 mil
BONITO - MS - TEM ÁGUA AÍ?
TEM ÁGUA AÍ?: Troca de bomba pode deixar 02 bairros sem água até às 17h em Bonito (MS)
Vacina está sendo desenvolvida pela China com o Butantan (Foto: Butantan/Divulgação) VACINA - TUDO CANCELADO
CORONAVAC: Bolsonaro atravessa acordo e avisa que não comprará vacina chinesa
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Estado licita mais uma obra de implantação do corredor rodoviário no Pantanal
ACIDENTE FATAL
Acidente entre carreta e motocicleta mata mulher de 22 anos em MS
VACINA NO MS - CORONAVÍRUS
Em reunião virtual com governadores, Ministério da Saúde anuncia distribuir vacina contra Covid-19
Frigolon em Santa Rita do Pardo. (Foto: Divulgação | Sebrae-MS) FRIGORÍFICOE CORONAVÍRUS
Com 17 casos de covid-19, frigorífico deve testar todos os funcionários