Menu
BANNER ANNA
tera, 2 de junho de 2020
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO
BONITO - MS - CONTRA O FEMINICÍDIO

SAS realiza blitz educativa para conscientizar contra o feminicídio em Bonito (MS)

SAS realiza blitz educativa para conscientizar contra o feminicídio em Bonito (MS)

31 Mai 2019 - 19h50Por BONITO INFORMA COM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

A Secretaria Municipal de Assistência Social, juntamente com o CRAM (Centro de Referência de Atendimento à Mulher), Centro de Referência Especializado de Assistência Socia (CREAS), Polícia Militar (1ª CBPM) e Guarda Municipal, realizou na manhã desta sexta-feira (31) uma blitz educativa com o objetivo de conscientizar a população contra o feminicídio.

Durante as abordagens foram distribuidos panfletos informando sobre a campanha.

Feminicídio é a denominação do homicídio cometido contra mulheres, seja motivado por violência doméstica ou discriminação de gênero. Considerado hediondo, o crime é relacionado à luta contra a violência contra a mulher.

De acordo com a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), apenas nos 3 primeiros dias deste ano MS registrou 120 casos de violência doméstica.Blitz reuniu diversas entidades para divulgação da campanha contra o feminicidio. Foto: JabutyBlitz reuniu diversas entidades para divulgação da campanha contra o feminicidio. Foto: Jabuty

De janeiro de 2019 até o início do mês de março, segundo a Sejusp, nove homicídios de mulheres foram registrados no Estado, oito deles considerados feminicídio. Três ocorreram em um mesmo dia - todos com extrema violência.

A Lei estadual nº 5.202, de 30 de maio de 2018, de iniciativa do Governo do Estado, instituiu o dia 1º de junho como o "Dia Estadual de Combate ao Feminicídio" O objetivo é sensibilizar e conscientizar a sociedade de que a violência sofrida pelas mulheres muitas das vezes leva à morte violenta, divulgar os serviços e os mecanismos legais de proteção à mulher em situação de violência e as formas de denúncia.

Os casos de violência contra a mulher podem ser denunciados pelos telefones 190 (Polícia Militar) e 180 (Central de Atendimento à Mulher).

 
 
Além do grande número de feminicídios, MS é um dos primeiros do país em casos de violência contra a mulher. Foto: JabutyAlém do grande número de feminicídios, MS é um dos primeiros do país em casos de violência contra a mulher. Foto: Jabuty

Deixe seu Comentário

Leia Também

GUIA LOPES - BOLETIM COVID-19
Guia Lopes fecha 24h com 230 casos com 109 recuperados, confira o boletim
Em mais uma sessão remota, Mesa Diretora apresentou projetos que reconhecem calamidade pública GUIA LOPES E MAIS 03 CIDADES
Guia Lopes e mais 03 municípios podem ter estado de calamidade pública decretado
CASO DE POLÍCIA
Mãe é acusada de praticar sexo com parceiro e fazer filha de 6 anos participar em MS
Prisão
Por amor: homem corta tornozeleira e volta para o namorado preso em penitenciária de MS
TRÁFICO DE DROGAS
Perseguição termina com quase 1t de maconha apreendida
COVID-19
Novo epicentro, Dourados é a cidade com mais casos de coronavírus em MS
Achado de cadáver
Corpo de adolescente é encontrado no rio de MS
COVID-19
BONITO: 18 dos 46 casos confirmados de covid-19 já estão recuperados
LIVE BOLETIM COVID-19 NO MS CORONAVÍRUS NO MS
"População de MS está fazendo opção pelo caminho da morte", alerta secretário Geraldo sobre Covid-19
Roubo
Mulher leva pancada na cabeça, desmaia e quando acorda percebe que foi roubada