Menu
tera, 13 de abril de 2021
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO JANEIRO

Projeto torna obrigatório ensino fundamental em tempo integral

7 Mai 2011 - 18h08Por Agência Câmara de Notícias

A Câmara dos Deputados, em Brasília, analisa o Projeto de Lei 413/11, do deputado Gastão Vieira (PMDB-MA), que torna obrigatório o ensino fundamental regular em tempo integral, com jornada escolar de, pelo menos, sete horas diárias. Atualmente, a jornada escolar no ensino fundamental inclui pelo menos quatro horas de aula.

O projeto também prevê diversas medidas para ampliar a qualidade da educação básica no País, como a implantação de programa de formação continuada para os profissionais do magistério e servidores técnico-administrativos. Esse programa de formação deverá ter dotação orçamentária específica.

Avaliação

Segundo o projeto, a cada avaliação nacional do ensino fundamental e médio, as médias de resultados deverão ser superiores às verificadas na avaliação anterior. Para isso, serão desenvolvidas ações específicas, como a alocação de recursos financeiros em volume compatível com os esforços a serem empreendidos em cada sistema e rede pública de ensino.

De acordo com a proposta, enquanto houver estudante com desempenho inferior ao mínimo aceitável, as unidades da Federação deverão desenvolver ações específicas, destinando verbas para a superação das causas que estejam determinando as insuficiências observadas em seus sistemas e redes públicas de ensino.

Repetência

O projeto também estabelece que, a cada dois anos, as taxas de repetência e de evasão no ensino fundamental e no ensino médio deverão ser menores que as respectivas taxas médias observadas no biênio anterior. Os estados manterão estratégias específicas para prevenção e controle da repetência e da evasão escolar.

De acordo com a proposta, o descumprimento dessas medidas caracteriza-se, entre outros, como crime de responsabilidade e ato de improbidade administrativa. “É fundamental firmar compromissos com a elevação da qualidade e definir responsabilidades dos gestores públicos com relação a eles”, afirma o autor.

O projeto define o prazo de cinco anos, contados da publicação da lei, para que os estados ajustem suas redes públicas de ensino.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - BOLETIM COVID-19
Mais 02 mortes por Covid são registradas em dia de mais 15 novos positivos em Bonito (MS)
OPORTUNIDADE EM MS
Empresa contrata 90 motoristas e anuncia novas vagas em MS
Casal disse sim na Cachoeira do Amor, em Bonito. (Foto: Regina Aoki) - BONITO - MS - O DIA DO "SIM"
Casal viajou 2,5 mil Km para dizer 'sim' em cachoeira romântica em Bonito (MS)
BONITO - MS - QUALIDADE NO ESPORTE
Prefeitura elabora programa 'Empresa Amiga do Esporte e do Lazer', veja como funcionará em Bonito
IPTU 2021 BONITO - MS - IPTU 2021
IPTU 2021 tem prazo para pagamento é prorrogado e cota única segue com desconto em Bonito (MS)
GRUPO PRAIA PARQUE
Grupo Praia Parque é o melhor lugar para trabalhar em Bonito, aponta pesquisa
MORTE A ESCLARECER
Corpo com sinais de espancamento é encontrado em meio a milharal em MS
AUXÍLIO EMERGENCIAL
Novo lote do auxílio emergencial confirmado o 1º pagamento para quem recebe do Bolsa Família
Caminhonete ficou com a frente destruída (Foto: Vang FM) ACIDENTE FATAL
Morador de cidade de MS morre em acidente envolvendo caminhão no RS
DETRAN NOVO CÓDIGO DE TRÂNSITO
NOVO CÓDIGO: Nova Lei proíbe substituir prisão por pena mais branda em crimes de Trânsito