Menu
tera, 20 de abril de 2021
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO JANEIRO

Projeto quer garantir assistência gratuita aos carentes após alta médica

26 Abr 2011 - 15h17Por Agência Câmara de Notícias

A Câmara dos Deputados, em Brasília, analisa o Projeto de Lei 191/11, do deputado Weliton Prado (PT-MG), que obriga o Poder Público a fornecer gratuitamente, após alta hospitalar, alimentos especiais, fraldas e outros insumos necessários à manutenção da saúde de pessoas de baixa renda.

De acordo com o texto, a assistência fica condicionada à comprovação, pelas autoridades competentes, das necessidades físicas e materiais do paciente, que obrigatoriamente precisa ser diagnosticado em quadro clínico irreversível, decorrente de doença crônica, de acidente ou de outros infortúnios.

Cuidadores domiciliares

Segundo o autor, a proposta pretende reduzir gastos e de alguma forma aliviar a carência de leitos hospitalares no País. "Vários estudos comprovam que os gastos com internações de longo prazo são muito maiores do que os necessários para atender os pacientes em seus domicílios", diz Prado.

O deputado defende que o simples fornecimento de fraldas, alimentos e outros materiais e insumos pode assegurar o conforto e a saúde das pessoas em suas próprias casas, evitando ocupações desnecessárias de leitos nos hospitais.

A proposta determina também que as instâncias gestoras do Sistema Único de Saúde (SUS), em suas respectivas esferas de governo, promovam cursos regulares de formação de cuidadores domiciliares.

Deixe seu Comentário

Leia Também

auxílio AUXÍLIO EMERGENCIAL
Auxílio emergencial 2021: Veja quem recebe HOJE
VÍDEO - DEU MEDO AÍ
VÍDEO: Ameaça de tornado é registrado e assusta moradores em MS
EDUCAÇÃO DE LUTO
EDUCAÇÃO DE LUTO: Professora de 54 anos morre em decorrência da Covid em MS
FUNTRAB BORA TRABALHAR
TEMOS VAGAS: Mais de 180 vagas estão disponíveis na Funtrab da capital nesta terça-feira
BONITO - MS - AÇÃO DA PMA
Mais um pecuarista é multado em R$ 36 mil por derrubada ilegal de diversas árvores em Bonito (MS)
TRISTE REALIDADE
Dias após perder os pais, médica de 36 anos morre de Covid-19
INSS - CONFIRA
INSS: Trabalhador não pode mais se aposentar por tempo de contribuição
AUXÍLIO EMERGENCIAL
Auxílio Emergencial: Veja como recorrer o benefício para ganhar até R$ 375
BONITO - MS - ATENDIMENTO PÓS-COVID
PÓS-COVID: Centro de Especialidades em Reabilitação atende pacientes em sua recuperação em Bonito
Ao menos sete variantes da covid-19 circulam em Campo Grande - Crédito: André de Abreu ALERTA PARA VARIANTE
Campo Grande possui ao menos sete variantes do coronavírus