Menu
tera, 20 de abril de 2021
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO JANEIRO

Polícia prende suspeito de vender armas para o atirador de Realengo

9 Abr 2011 - 14h41Por Agência Brasil

A Delegacia de Homicídios do Rio de Janeiro apresentou hoje (9) dois suspeitos de venderem uma arma ao atirador Wellington de Oliveira, que invadiu a Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, na zona oeste do Rio, matou 12 crianças e feriu outros estudantes na última quinta-feira (7). Os dois moram em Sepetiba, bairro da zona oeste onde também residia Wellington, e foram presos pela Polícia Militar na noite de ontem (8).

Um dos acusados é Charleston Souza de Lucena, chaveiro que prestou um serviço de troca de fechadura para Wellington quando ele se mudou para Sepetiba. Segundo a polícia, Wellington teria perguntado ao chaveiro se ele conhecia algum comerciante de armas e Charleston, por sua vez, teria recorrido a Isaías de Souza para comprar o revólver calibre 32 usado no massacre da escola.

De acordo com a polícia, eles teriam cobrado R$ 260 pelo revólver calibre 32. Tanto Charleston quanto Isaías já tem passagens pela polícia por crimes como lesão e ameaça, e tiveram sua prisão preventiva decretada pela Justiça na madrugada de hoje por venda ilegal de arma.

Os dois  disseram à polícia que jamais teriam vendido a arma se soubessem que ela teria sido usada nesse crime. Isaías de Souza disse ter seis filhos e quatro enteados. O outro suspeito, Charleston de Souza Lucena, afirmou ter três filhos.

A polícia ainda não conseguiu identificar a origem do revólver calibre 38, também usado por Wellington de Oliveira nos assassinatos. A arma está com a numeração raspada, o que dificulta seu rastreamento. Segundo o titular da Delegacia de Homicídios, que investiga o massacre na escola, Felipe Ettore, a polícia continuará tentando identificar a origem dessa arma.

Ettore disse que não haverá necessidade de fazer reconstituição do crime. Os policiais ainda estão tentando traçar o perfil psicológico de Wellington de Oliveira para fechar a investigação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - ATENDIMENTO PÓS-COVID
PÓS-COVID: Centro de Especialidades em Reabilitação atende pacientes em sua recuperação em Bonito
Ao menos sete variantes da covid-19 circulam em Campo Grande - Crédito: André de Abreu ALERTA PARA VARIANTE
Campo Grande possui ao menos sete variantes do coronavírus
PLANTÃO POLICIAL JARDIM - CASO DE POLÍCIA
Morador de Jardim é preso com R$ 5 milhões em crack e cocaína no Paraná
FOTO: AGEPEN AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Com o objetivo de padronizar as ações, Agepen institui o Projeto de Remição pela Leitura em presídio
BONITO - MS - VACINAÇÃO CONTRA COVID
Com sentimento de alívio e esperança, idosos com 61 anos e com comorbidades são imunizada em Bonito
DROGAS AÇÃO DO DOF
Traficante abandona F4000 com quase 4 toneladas de maconha em mata
BOMBEIROS DE LUTO
BOMBEIROS DE LUTO: Militar morre por complicações da Covid em MS
FUNTRAB BORA TRABALHAR
BORA TRABALHAR: Com 958 vagas em 25 cidades de MS, Miranda, Jardim e Guia Lopes na lista
NOTA DE PESAR BONITO - MS - NOTA DE PESAR
BONITO: Secretaria de Educação e Cultura emite nota de pesar pelo falecimento de Ketlen da Cruz
GRUTA BONITO - MS - GUIAS DE TURISMO
Quer trabalhar na Gruta do Lago Azul?, cadastramento termina nesta terça-feira em Bonito (MS)