Menu
quarta, 24 de fevereiro de 2021
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO JANEIRO
Campo Grande

Pelas ruas da cidade, fotógrafa retrata a importância da amamentação

19 Jun 2017 - 12h02Por Campo Grande News

Através das fotos, Anne Muriel Xavier demonstra o respeito da sociedade que é esperado pelas mães durante o período de amamentação. O assunto tão importante muitas vezes acaba gerando polêmica e discussões pela falta de informação. Por isso, durante um curso em São Paulo, a campo-grandense decidiu conhecer o mundo das mães e criar o projeto Mama.

As fotografias, em sua maioria, se dão em locais públicos de Campo Grande. Muriel sempre conversa com as mães e ouve relatos que levam à tristeza. "Às vezes é algo que gera um incomodo, sendo que isso é um direito da mulher e algo que uma vida necessita. Já teve relatos de mães que passam por constrangimento por conta de olhares como se estivessem fazendo algo de errado".

Em Campo Grande.  (Foto: Muriel Xavier)Em Campo Grande. (Foto: Muriel Xavier)

Não é uma obrigação, mas a Organização Mundial de Saúde e o Ministério da Saúde recomendam que a alimentação da criança seja exclusivamente composta de leite materno, por pelo menos seis meses. A partir dessa idade, mesmo com outros alimentos, o leite materno deve continuar sendo oferecido pelo maior período de tempo possível. O motivo é simples: o leite materno tem todos os nutrientes que o bebê precisa nos primeiros meses de vida.

O ato de amamentar constitui o momento em que a criança tem os primeiros contatos com outro ser humano. Por meio dele se cria a relação de afeto com a mãe, o que também é fundamental na formação psicológica da criança.

Tímida, Muriel é contida nas palavras, mas consegue se expressar muito bem através do olhar. Ela começou a fotografar em São Paulo, quando foi fazer o curso do Fotografia por lá. "Na época eu tinha uma vizinha que era mãe e muito ligada aos assuntos como amamentação e parto humanizado. Comecei a me interessar e percebi que isso muitas vezes gera polêmica, quando é exclusivamente uma decisão da mãe", diz.

Muriel recorda de uma reportagem que foi decisiva para dar início ao projeto. "É que uma mãe havia sido impedida de amamentar em um local público de São Paulo e aquilo mexeu muito comigo. E por isso eu comecei mostrar com as fotos que a amamentação na verdade é indispensável aos filhos. Faz parte da mulher e da vida do bebê", explica.

Ela acredita que falta conscientização de que o ato de amamentar vem carregado de afeto, amor e segurança para a vida de uma criança. "Eu percebo que há uma dificuldade de entender isso e, infelizmente, as pessoas sexualizam a amamentação, quando, na verdade, deveriam olhar como algo natural. E a mulher deve ser respeitada".

Deixe seu Comentário

Leia Também

Instituto de Desenvolvimento de Bonito
IDB INFORMA: Carol Nakamura e marido visitam Bonito e se encantam com as belezas da cidade
(Foto: divulgação / PRF) REGIÃO DE MIRANDA - MS
Carro com registro de roubo no RJ cai em área alagada e motorista foge na região de MIRANDA
Rio Miranda percorre aproximadamente 490km - Álvaro Rezende RIO MIRANDA - ALERTA
Rio Miranda continua sob alerta e situação ainda é crítica em Mato Grosso do Sul
BORA PRA BONITO?
VEM PRA BONITO?: O melhor do verão acontece aqui e ainda mais com TARIFAS REDUZIDAS, confira
BONITO - DURANTE REUNIÃO
Protocolos que serão aplicados na reabertura da Gruta do Lago Azul são apresentados em Bonito
À esquerda, Patrícia Ribeiro (Diretora Executiva do Hospital Municipal de Naviraí), Josemar Tomazell COLAPSO NA SAÚDE
Com 100% Leitos ocupados, prefeitura de MS já admite a possibilidade de decidir por Lockdown
IPVA 2021
IPVA Grátis 2021: Saiba quem pode ter isenção em fevereiro
SEMEAGRO E CAIXA
Semagro firma convênio com a Caixa para orientar agricultores na contratação do Pronaf
CORONAVÍRUS NO MUNDO
Ainda pouco conhecida, síndrome rara pode atingir jovens e crianças com Covid-19
BONITO - MS - DESTAQUE NO ESPORTE
Bonitenses conquistam 6 medalhas no 1° Campeonato Estadual Centro Oeste de jiu-jitsu Summer Open