Menu
BANNER ANNA
tera, 14 de julho de 2020
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO

Operadoras de celular atrasam respostas de 92,7 mil reclamações

19 Mar 2011 - 11h01Por Folha.com

As operadoras de celular começaram o ano devendo respostas de pelo menos 92,7 mil reclamações no país.

Em janeiro, esse era o número de contatos de usuários que não haviam sido respondidos pelas empresas em menos de dez dias. O programa de qualidade da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) estabelece cinco dias como o prazo ideal para as respostas.

De acordo com a agência, quando a reclamação fica sem retorno por mais de dez dias, as empresas respondem a um processo administrativo que pode resultar em uma advertência ou até em uma multa de R$ 50 milhões.

No topo do ranking das empresas mais lentas, está a CTBC, de acordo com levantamento feito pela Folha com base em relatórios da Anatel. Em seguida, estão Claro e Oi.

O número de solicitações sem resposta por mais de dez dias na CTBC (que atende Minas, São Paulo e Mato Grosso do Sul) no final de janeiro, era de 83,1 mil. A Claro aparece com com 4.400 questões sem retorno, seguida da Oi, com 4.300 mil.

A Vivo e a Tim não possuíam no mês reclamações com respostas atrasadas por mais de dez dias.

O total de respostas atrasadas é o maior dos últimos 12 meses. Em janeiro de 2010, eram 39,1 mil.

Os dados dos relatórios são repassados pelas próprias operadoras. A agência afirma que cada empresa é responsável por contratar uma auditoria para fiscalizar os números e que, quando necessário, checa os dados.

A Anatel no entanto, não tem informações de quantas multas emitiu para cada operadora e por qual motivo.

O secretário-geral da ONG Instituto Brasileiro de Política e Direito do Consumidor e ex-integrante do conselho consultivo da Anatel, Walter Moura, considera "alarmantes" os índices, já que um decreto de 2008 regulamentou os Serviços de Atendimento ao Consumidor.

"É uma situação extrema e justificaria medidas mais drásticas", afirma.

O problema, segundo Moura, é que as operadoras podem fazer dezenas de pedidos de reconsideração.

OUTRO LADO

A Anatel não comentou a crítica do ex-membro do conselho consultivo.

Procurada, a Claro afirmou, via assessoria, que tem melhorado seus índices tanto nas avaliações da Anatel quanto do Procon.

A Algar Telecom, detentora da marca CTBC, afirmou que reuniões diárias avaliam as demandas dos clientes e que uma pesquisa realizada no ano passado apontou que 78% de seus usuários estão satisfeitos com os serviços.

A Oi afirma que o número de respostas fora do prazo representa um percentual pequeno se comparado ao total de interações da operadora com os clientes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VÍTIMA DE COVID-19
Jovem de 26 anos perde a luta contra a Covid-19, amigos lamentam nas redes sociais
BONITO - MS - AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Aeroporto ganhará sistema que dá mais segurança ao pouso de aeronaves em Bonito (MS)
COVID-19
Bonito não registra novos casos de covid-19 nas últimas 24h; dos 96 infectados, 80 estão recuperados
FURTO
FOLGADO: homem tem carro e corrente de ouro furtada por amigo, em Bonito
Prisão em Bonito
EM BONITO: com um facão, homem ameaça mulher e até a polícia, mas acaba em cana
SISU
MEC diz que resultado do Sisu sairá amanhã
ATIRADOR
CRIME BÁRBARO EM MS: atirador mata ex-mulher, atira em crianças e se mata em igreja
Investigação
Filha encontra a mãe morta na varanda ao chegar em casa de madrugada
FISCALIZAÇÃO
PM e Guarda Municipal acaba com ‘festinha do Covid’, em Bonito
Meteorologia
Semana começa quente e temperatura pode chegar aos 32°C em Bonito (MS)