Menu
quinta, 22 de outubro de 2020
Busca
ZAP INFORMÁTICA

Ministra diz que governo apoia Lei Geral de Acesso à Informação

3 Mai 2011 - 18h06Por Agência Brasil

O governo da presidenta Dilma Rousseff assegura a manutenção do ambiente necessário para garantir a liberdade de imprensa no país. A afirmação é ministra-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência, Helena Chagas. De acordo com ela, o governo apoia e quer ver em breve aprovada, pelo Senado, a Lei Geral de Acesso à Informação. O texto estabelece, por exemplo, prazo máximo de 50 anos para o sigilo de documentos públicos.

“[O governo] apoia a Lei Geral de Acesso à Informação e esperamos que seja aprovada logo. A presidenta Dilma costuma dizer que prefere mil vezes as críticas da imprensa livre aos silêncios dos calabouços da ditadura”, disse a ministra.

Segundo Helena Chagas, um dos principais objetivos do governo é ampliar a inclusão digital para que a população possa, por meio do acesso à informação, “fazer suas escolhas”. “A internet é o instrumento da democracia. Com a liberdade de expressão cada vez mais livre e mais ágil é isso que vai contribuir cada vez mais para a democracia”, disse. “Estamos em um momento muito importante. No Brasil temos vivido e vivemos a plena liberdade de imprensa.”

A ministra participou dos debates sobre o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, na sede do Instituto Rio Branco, onde ocorreu o seminário A Mídia do Século 21: Novas Fronteiras, Novas Barreiras. Também participaram dos debates o ministro das Relações Exteriores, Antonio de Aguiar Patriota , o diretor do instituto, embaixador Georges Lamazière, e o representante da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) no Brasil, Vincent Defourny.

Helena Chagas afirmou ainda que a imprensa e o governo têm desafios a enfrentar. “[É preciso] saber separar o que é informação e o que é opinião para que o cidadão possa separar o que é útil para ele. Para o governo, o desafio é maior ainda, a comunicação pública de governo, para que ele [o cidadão] tenha cada vez mais oportunidade de acesso à informação, isso é democracia, isso é cidadania”, disse.

A ministra acrescentou ainda que um dos orgulhos que o brasileiro pode ter é que a atual Constituição, de 1988, assegura a liberdade sem censura. “A nossa Constituição veta qualquer tipo de censura. Tivemos isso no governo Lula e temos no governo Dilma: plena liberdade de imprensa”, afirmou ela.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Instituto de Desenvolvimento de Bonito
IDB INFORMA: agentes do Sebrae vão reforçar biossegurança em Bonito no feriado de finados
DEPUTADOS CANDIDATOS A PREFEITO
Com 04 deputados sendo candidatos a prefeito, veja quem entra se caso ganharem as eleições
BOLETIM CORONAVÍRUS EM MS
Bonito registra mais 04 casos e no MS, jovem de 15 anos é uma das vítimas do covid nas últimas 24h
PREMIAÇÃO NO MS
Publicados no Diário Oficial mais 05 editais da Lei Aldir Blanc totalizando R$ 653 mil
BONITO - MS - TEM ÁGUA AÍ?
TEM ÁGUA AÍ?: Troca de bomba pode deixar 02 bairros sem água até às 17h em Bonito (MS)
Vacina está sendo desenvolvida pela China com o Butantan (Foto: Butantan/Divulgação) VACINA - TUDO CANCELADO
CORONAVAC: Bolsonaro atravessa acordo e avisa que não comprará vacina chinesa
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Estado licita mais uma obra de implantação do corredor rodoviário no Pantanal
ACIDENTE FATAL
Acidente entre carreta e motocicleta mata mulher de 22 anos em MS
VACINA NO MS - CORONAVÍRUS
Em reunião virtual com governadores, Ministério da Saúde anuncia distribuir vacina contra Covid-19
Frigolon em Santa Rita do Pardo. (Foto: Divulgação | Sebrae-MS) FRIGORÍFICOE CORONAVÍRUS
Com 17 casos de covid-19, frigorífico deve testar todos os funcionários