Menu
segunda, 20 de setembro de 2021
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO JUNHO
Geral

Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 80 milhões nesta segunda-feira

As apostas podem ser feitas até as 19 horas (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país ou pela internet

9 Set 2019 - 09h18Por Redação

O concurso 2.186 da Mega-Sena, pode pagar um prêmio de R$ 80 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20 horas (horário de Brasília) desta segunda-feira, dia 09 de setembro, na cidade de São Paulo. Anteriormente a Caixa havia informado que o sorteio seria realizado no sábado (7), mas a data foi alterada, em virtude do feriado da Independência.

Para apostar na Mega-Sena

As apostas podem ser feitas até as 19 horas (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país ou pela internet. A aposta mínima custa R$ 3,50.

Probabilidades

A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 3,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.

Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 17.517,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Sorteio
Mega-Sena acumula novamente e prêmio vai a R$ 40 milhões
GREVE DOS CORREIOS
Mesmo em greve, Correios diz que encomendas seguem sendo entregues em MS
TODO PAÍS
Funcionários dos Correios entram em greve por tempo indeterminado
Sorteio
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 27 milhões hoje
Sorteio
Mega sena: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 27 milhões
Sorteio
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 12,5 milhões nesta quinta-feira
COVID-19
Avó de Michelle Bolsonaro morre de Covid-19 em hospital público do DF
Sorteio
MEGA SENA: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 12,5 milhões
Sorteio
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 11 milhões nesta terça-feira
Detran
Detran-MS alerta sobre prazos que estão suspensos por conta da pandemia