Menu
tera, 13 de abril de 2021
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO JANEIRO

Mais da metade da população de Campo Grande está acima do peso, diz ministério

18 Abr 2011 - 17h56Por Campo Grande News

O hábito faz o monge, diz a sabedoria popular. Dados divulgados hoje pelo Ministério da Saúde comprovam a afirmação. Mais da metade da população de Campo Grande está acima do peso. O índice chega a 51,2%, acima da médida nacional, de 48,1%.

 

O percentual de obesos também supera o do País: 16,6%, frente a 15% do registrado em todo o Brasil. Apesar da fartura, apenas 18,1% dos campo-grandenses têm o hábito de consumir cinco ou mais porções diárias de frutas e hortaliças. E ninguém come mais carnes com excesso de gordura que os moradores da capital do Mato Grosso do Sul. Nada menos que 49,3%, quando a média nacional é de 34,2%.

 

São consideradas nocivas a parte aparente de gordura da picanha ou a pele do frango, por exemplo. Quanto ao leite, 52,8% dos moradores de Campo Grande o consomem na forma integral - mais gordurosa -, índice um pouco inferior à média nacional, de 56,4%. Trinta por cento da população bebem refrigerantes cinco ou mais vezes por semana.

 

O dado positivo em relação à média nacional fica por conta da prática de exercícios físicos. Na Capital, 15,7% praticam alguma atividade física. É pouco, mas em todo o País o índice é ainda pior, de apenas 14,9%. O percentual de sedentários em Campo Grande é de 13,9%, ante 14,2% em todo o Brasil.

 

Para reduzir o número de obesos, o Ministério da Saúde investe na prevenção. As equipes do Programa Saúde da Família, que alcançam mais de 100 milhões de pessoas, orientam os atendidos sobre alimentação saudável e pratica de atividade física com regularidade.

 

Além disso, desde 2006, a Política Nacional de Promoção da Saúde estimula a realização de atividades físicas em 1.506 municípios dos 26 estados e do Distrito Federal. Somente entre 2006 e 2010, foram repassados R$ 171 milhões a todas essas cidades, que integram a Rede Nacional de Promoção da Saúde. Os recursos são repassados regularmente para as Secretarias Municipais de Saúde, que desenvolvem projetos para oferecer exercícios físicos à população e capacitar profissionais de saúde.

 

O Ministério da Saúde também lançou, em 2006, o Guia Alimentar para a População Brasileira – a primeira publicação do Governo Federal para orientar gestores, profissionais de saúde e população sobre alimentação saudável.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - BOLETIM COVID-19
Mais 02 mortes por Covid são registradas em dia de mais 15 novos positivos em Bonito (MS)
OPORTUNIDADE EM MS
Empresa contrata 90 motoristas e anuncia novas vagas em MS
Casal disse sim na Cachoeira do Amor, em Bonito. (Foto: Regina Aoki) - BONITO - MS - O DIA DO "SIM"
Casal viajou 2,5 mil Km para dizer 'sim' em cachoeira romântica em Bonito (MS)
BONITO - MS - QUALIDADE NO ESPORTE
Prefeitura elabora programa 'Empresa Amiga do Esporte e do Lazer', veja como funcionará em Bonito
IPTU 2021 BONITO - MS - IPTU 2021
IPTU 2021 tem prazo para pagamento é prorrogado e cota única segue com desconto em Bonito (MS)
GRUPO PRAIA PARQUE
Grupo Praia Parque é o melhor lugar para trabalhar em Bonito, aponta pesquisa
MORTE A ESCLARECER
Corpo com sinais de espancamento é encontrado em meio a milharal em MS
AUXÍLIO EMERGENCIAL
Novo lote do auxílio emergencial confirmado o 1º pagamento para quem recebe do Bolsa Família
Caminhonete ficou com a frente destruída (Foto: Vang FM) ACIDENTE FATAL
Morador de cidade de MS morre em acidente envolvendo caminhão no RS
DETRAN NOVO CÓDIGO DE TRÂNSITO
NOVO CÓDIGO: Nova Lei proíbe substituir prisão por pena mais branda em crimes de Trânsito