Menu
segunda, 26 de julho de 2021
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO JUNHO

Justiça proíbe Vivo, Oi e TIM de impor validade a créditos de pré-pago

16 Ago 2013 - 08h00Por Terra

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (parte do Norte, Nordeste e Centro-Oeste) decidiu nesta quinta-feira que as operadoras de telefonia móvel Vivo, Oi, Amazônia Celular (pertencente ao grupo Oi) e TIM estão proibidas de determinar prazo de validade de créditos de linhas pré-pagas. A decisão atende a um pedido do Ministério Público Federal e entra em vigor assim que as operadoras e a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) forem notificadas. A proibição vale para clientes das empresas em todo território nacional.

De acordo com o Ministério Público, impor prazo de validade a créditos pré-pagos manifesta afronta ao direito de propriedade e caracteriza enriquecimento ilícito por parte das operadoras. Além das empresas, o Ministério Público moveu a ação também contra a Anatel.

Para o relator do processo na 5.ª Turma, desembargador federal Souza Prudente, "o estabelecimento de prazos de validade para os créditos pré-pagos de celular configuram-se um manifesto confisco antecipado dos valores pagos pelo serviço público de telefonia, que é devido aos consumidores".

Souza Prudente também afirmou que as cláusulas limitantes esbarram no Código de Defesa do Consumidor, cujo artigo 39 veda ao fornecedor condicionar o fornecimento de produtos ou de serviços ao fornecimento de outro produto ou serviço, bem como, sem justa causa, a limites quantitativos.

De acordo com a decisão - que pode ser contestada pelas empresas -, Vivo, Oi, Amazônia Celular (grupo Oi) e TIM estão proibidas de subtrair créditos ou impor prazos de validade para sua utilização, devendo reativar, no prazo de 30 dias, o serviço de todos os usuários que o tiveram interrompido, restituindo a eles a quantia em saldo existente à época da suspensão dos créditos.

A Vivo afirmou que aguarda a notificação do tribunal para se pronunciar. A TIM afirmou que "ainda não foi notificada oficialmente da decisão judicial, mas antecipa que, quando isto ocorrer, respeitará a determinação da Justiça". A Oi ainda não comentou a decisão.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Foto: Chico Ribeiro BONITO - MS - MAIS 210 CASAS
Governo de MS libera mais 210 casas para Bonito
VIATURAS NOVAS INVESTIMENTOS NA SEGURANÇA
Governo do Estado investe R$ 5,3 milhões e entrega 31 novas viaturas para PM e Polícia Civil
VACINA MAIS VACINA CHEGANDO
Mato Grosso do Sul recebe essa semana 112.660 doses de vacinas contra Covid-19
Foto: Filipi Brites - Ascom - Arquivo BONITO - MS - VACINAÇÃO CONTRA COVID
Bonito aplicou mais 271 doses contra Covid na última sexta-feira
PREVISÃO DO TEMPO PREVISÃO DO TEMPO
Forte frente fria traz chuva para vários estados, MS pode ter fortes rajadas de vento
PAIXÃO NACIONAL
Todos os jogos de futebol hoje do Campeonato brasileiro numa plataforma comprovada
Foto: @visitmsoficial/Alexis Prappas MS - A RETOMADA
Inscrições para auxílio de R$ 1 mil reais do Programa 'Incentiva+MS Turismo' vai até dia 08 em MS
FUNTRAB BORA TRABALHAR
Funtrab oferta 1.356 vagas de emprego em todo Estado, Miranda, Guia Lopes e Jardim na lista
FRIO PREVISÃO DO TEMPO
Julho termina com onda de frio intensa e neve, em MS mínimas podem chegar a 2º
Foto: Prefeitura de Bonito BONITO - MS - VANDALISMO NA PRAÇA
Vandalismo na Praça desperta indignação e prefeitura desenvolverá ações de fiscalização em Bonito