Menu
quinta, 15 de abril de 2021
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO JANEIRO

Índios terena avançam e montam acampamento na divisa de fazendas

13 Mai 2011 - 09h49Por Campo Grande News

Cerca de mil índios terena que invadiram a Fazenda 3R, na região de Sidrolândia na última terça-feira (10) avançaram e estão acampados na divisa da 3R com a Fazenda Buriti. Os indígenas da aldeia Buriti estão na expectativa de uma reunião em Brasília, com a diretoria de Assuntos Fundiários da Funai.

Segundo o coordenador regional da Funai (Fundação Nacional do Índio), Edson Fagundes, que inclusive foi feito refém essa semana, a reunião com a diretoria de Assuntos Fundiários em Brasília está na fase de agendamento, mas ainda sem data definida.

Os índios reivindicam 17 mil hectares de terra da região e há especulações de que eles invadam mais propriedades. O proprietário da Fazenda Buriti, Edmundo Bacha disse ao Campo Grande News que os índios estão armados com espingardas. Produtores rurais afirmam que o grupo acampado na divisa esteja a dois quilômetros da propriedade.

Sobre a possibilidade de fechar a estrada que dá acesso às fazendas, Edson Fagundes diz que isso é uma decisão deles. “Não podemos informar. Isso parte deles, quando definem a situação, vão lá e fazem”, acrescenta.

 

O proprietário da Fazenda 3R, Roberto Bacha afirmou que a situação permanece a mesma, sem confrontos, mas também sem avanços na negociação. O proprietário pode entrar com o pedido de reintegração de posse ainda hoje.

Invasão - os indígenas invadiram a propriedade na noite de terça-feira (10) para reivindicar que o processo de demarcação na região, distribuídos em três fazendas, seja acelerado.

Os terena dizem “não suportar mais” a espera pela demarcação, vivendo em uma área homologada de aproximadamente 2 mil hectares em Sidrolândia e Dois Irmãos do Buriti. Os indígenas são das aldeias Córrego do Meio, Lagoinha e Buriti.

No local, os indígenas afirmam que se os brancos não cumprirem a lei, eles vão fazer do jeito deles. Produtores rurais da região asseguram que se não houver solução pacífica, um confronto será inevitável.

Na terça-feira os indígenas fizeram reféns o coordenador regional da Funai/MS (Fundação Nacional do Índio), Edson Fagundes e o chefe de Meio Ambiente da Fundação, Ricardo Araújo,

Deixe seu Comentário

Leia Também

Morador (de camisa vermelha) e bombeiros tentam conter o suspeito (Foto: Henrique Kawaminami) - CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS DEU RUIM - DEU POLÍCIA
DEU RUIM: Atrapalhado, ladrão invade casa e acaba atacado por enxame de abelhas
Foto: Toninho Souza/Assessoria deputado Renato Câmara AÇÕES DEPUTADO RENATO CÂMARA
Renato Câmara apresenta indicação para reinserção de pessoas com sequelas da Covid-19
BONITO - MS - PROTEÇÃO CONTRA COVID
SAS faz distribuição de máscaras de proteção e álcool em gel para famílias do SCFV em Bonito
BONITO - MS - "FLUTUA QUE PASSA"
Com balneários 100% abertos para flutuação e mergulho, veja como reservar em Bonito (MS)
AÇÃO DA PMA
Após denúncia que o rio da Prata estava ficando com turbidez na água, pecuarista é multado
Imagem Ilustrativa - Crédito: André de Abreu ACIDENTE FATAL
Mulher sem capacete cai da garupa de moto e morre em MS
BONITO E MAIS 44 CIDADES
BONITO e mais 46 cidades continuam na bandeira VERMELHA, veja o mapa e o TOQUE DE RECOLHER
BONITO - MS - CARTÃO SINCARD
Prefeitura convoca os servidores para receberem cartão Sincard em Bonito (MS)
MAIS VACINAS CHEGANDO
Mato Grosso do Sul recebe 13º lote com 77,9 mil doses da vacina contra Covid-19
LUTO BONITO BONITO - MS - LUTO
Em dia de 65 mortes em MS, mais 01 óbito é registrado nas últimas 24h, veja o boletim em Bonito (MS)