Menu
tera, 22 de setembro de 2020
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO
Instituto de Desenvolvimento de Bonito

IDB INFORMA: Boca da Onça retorna com muitas novidades; venha conhecer a maior cachoeira do MS

Além de muitas novidades, o atrativo também traz muita segurança a seus visitantes e colaboradores

3 Ago 2020 - 10h04Por Anna Gomes/Bonito Informa

A Boca da Onça retoma suas atividades a partir deste mês de agosto. Além de muitas novidades, o atrativo também traz muita segurança a seus visitantes e colaboradores. Localizado na cidade de Bodoquena, a 55 km do centro de Bonito, o atrativo é um dos mais procurados por quem quer conhecer as mais lindas cachoeiras da região.

NOVIDADES

Sempre inovando, uma das novidades desta retomada é a ‘Janela para o Céu da Boca da Onça’ onde o visitante vai conseguir apreciar uma das vistas mais bonitas da Serra da Bodoquena. Emoldurada pela vegetação a sua volta, a Janela para o Céu da Boca da Onça é formada por uma piscina natural de borda infinita que se une ao verde do cânion da Serra e ao azul do céu. Com certeza, é um cenário perfeito para registrar momentos únicos. Você ficará sobre a água, meditando e agradecendo pela oportunidade de ver tamanha beleza.

A segunda novidade são duas opções de trilha: a ‘Meia Trilha Boca da Onça’ e a ‘Meia Trilha Buraco do Macaco’. Ambas fazem parte da trilha principal, a ‘Trilha Adventure’, mas, com percursos e valores menores.


As duas novas trilhas têm três pontos de banho, elas são ideais para os idosos e também para as crianças. ENTENDA: a Meia Trilha Boca da Onça possui nível de dificuldade leve, permite conhecer a cachoeira mais alta do MS, a cachoeira Boca da Onça com 156 metros de altura. A Meia Trilha Buraco do Macaco possui Nível de Dificuldade muito leve. Ela tem apenas descidas em seu trajeto, permite conhecer um dos pontos mais fantásticos de toda a trilha, a cachoeira Buraco do Macaco, além de mais 6 cachoeiras igualmente belas.

MAIS NOVIDADES

Além das novidades acima, com a paralisação devido à covid-19, o atrativo aproveitou para fazer algumas melhorias em todo o passeio, como reformas de alguns decks, quiosques, cadeiras, bancos, mesas, balcões e escadas. Toda trilha passou por uma manutenção.

CONHEÇA O PASSEIO

Chegando à fazenda, o visitante é recepcionado com um delicioso café da manhã, em seguida, é apresentado ao seu guia de turismo. O profissional mostra um vídeo e explica sobre as informações relevantes do passeio.

Ao longo da nova trilha Discovery, o visitante vai ter acesso a 15 pontos de contemplação, entre cachoeiras e quedas d´água, sendo 9 pontos para banho: Recanto da Lontra, Laje do Piau, Estreito do Curimba, Cachoeira da Fonte, Cachoeira Boca da Onça, Praia da Boca da Onça, Garganta da Arara, Poço da Lontra e o irresistível Buraco do Macaco. Vale ressaltar que todo passeio é acompanhado por guias de turismo experientes.

Uma das paradas para contemplação e banho é a famosa cachoeira Boca da Onça, que com 156 metros, é considerada a mais alta de todo Estado. O lugar é muito bonito, com uma enorme queda d’ água caindo em uma piscina natural.

Depois, os visitantes seguem o trajeto e realizam diversas paradas para banho em diferentes e maravilhosos rios e cachoeiras. A cada parada você se encanta ainda mais com o visual do lugar. Algumas cachoeiras são proibidas para banho para conservação dos frágeis travertinos e tufas calcárias. Essas belas esculturas resultam da solidificação de material orgânico, como folhas e galhos através da ação da água e do depósito de calcário.


Um dos locais mais interessantes é a cachoeira Buraco do Macaco. O lugar, como o próprio nome diz é um buraco, formando uma espécie de "panela" por onde a água escorre para dentro da caverna. O visual é indescritível!


Durante o passeio, o visitante tem acesso a um centro de apoio, onde você pode comprar água, bebidas e lanchinhos. Neste ponto, é possível encerrar a caminhada, caso prefira. Alguns visitantes decidem voltar para a sede da fazenda, já outros, continuam o percurso. Quem estiver com receio de fazer todo o passeio devido ao trajeto, não precisa se preocupar: o centro de apoio aciona veículos para levar o visitante até o receptivo.


No trajeto você pode encontrar animais e aves silvestres, como tucanos, araras, garças, seriemas e diversos macacos, tamanduás e antas. Os guias também apresentam as  árvores e plantas nativas. O passeio pode durar entre 4 a 5h. Ao finalizar o passeio, um saboroso almoço de fazenda aguarda os visitantes e já está incluso no pacote.


 

MAIOR RAPEL DE PLATAFORMA SUSPENSA DO BRASIL

Como se não bastasse toda beleza do passeio, o atrativo também fornece ao visitante uma descida de 90 metros de altura no penhasco de um dos rios mais límpidos de Mato Grosso do Sul.

O rapel de plataforma suspensa da Boca da Onça é considerado o maior do Brasil. Sua estrutura metálica tem 34 metros de comprimento e avança 15 metros sobre o paredão do cânion do rio Salobra. É uma opção atraente para turistas que gostam de admirar belezas naturais com grandes doses de adrenalina.

 

SUA SEGURANÇA EM PRIMEIRO LUGAR: BOCA DA ONÇA NO COMBATE A PANDEMIA

A Boca da Onça sempre busca melhorar a qualidade no atendimento e isso se reflete também na segurança de todos os visitantes. O SGS que já era modelo na prevenção de incidentes/acidentes, agora se volta para um novo desafio.

A Boca da Onça, assim como os demais passeios de Bonito e região tiveram sua capacidade reduzida. O atrativo vai atender no máximo 10 pessoas por grupo. Todos deverão utilizar máscaras, e os colaboradores utilizarão a viseira que aumenta a proteção do próprio funcionário e de todos os visitantes.

Na recepção o visitante terá sua temperatura aferida. O distanciamento padrão de 1,5 metro já está devidamente demarcado com patas de onça. Para o álcool em gel o atrativo inventou o próprio dispensador devidamente caracterizado. Literalmente a onça vai ‘cuspir álcool’ nas mãos das pessoas.

O atrativo também disponibilizou Buffet Assistido para o café da manhã e também para o almoço, tudo para aumentar a segurança dos colaboradores e também dos visitantes. Nos pontos de aglomeração como bar, recepção e quiosque, as marcações ajudarão no distanciamento.


A limpeza dos banheiros e vestiários, mesas dos refeitórios e também dos terraços serão intensificadas. As piscinas de água correntes serão liberadas mediante agendamento de horário por grupo, quando o fluxo de visitantes for baixo.

O trajeto até o início da trilha será como de costume feito em veículos abertos, e, mantendo a distância máxima entre os 10 integrantes do grupo.

Os equipamentos também terão higienizações intensificadas. Toda equipe da Boca da Onça recebeu treinamento para se adequarem as novas medidas de biossegurança.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
IDB INFORMA: mesmo com a cidade lotada no último feriadão, casos de covid não aumentaram em Bonito
AMEAÇA
Homem deve pensão, acha ruim de mulher levar caso para justiça e ameaça vítima de morte, em Bonito
COVID-19
Bonito busca soluções para melhorar fiscalização na cidade
Encontro
Pelo segundo ano, Amazônia será tema de Bolsonaro em discurso na ONU
ECONOMIA
Atividade industrial de MS recupera mesmo patamar de produção anterior à Covid-19
Procurado pela polícia
Padrasto de menina baleada na boca fugiu de posto de saúde
Meteorologia
Previsão de temperaturas amenas nesta terça-feira, em Bonito
FESTIVAL BRASIL SABOR
BRASIL SABOR: Reúne mais de 40 estabelecimentos de Campo Grande, Dourados, Três Lagoas e Bonito
Morador de rua dormindo embaixo das tendas - Crédito: Ligado na Redação/Dourados News CORONAVÍRUS NO MS
Tenda instalada para auxílio durante a pandemia é usada de abrigo por morador de rua
FOGO NO PANTANAL
Fazendeiros serão autuados por crime ambiental no Pantanal