Menu
quarta, 26 de fevereiro de 2020
BANNER ANNA
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO

Greenpeace pede à Dilma fim do uso da energia nuclear no Brasil

19 Mar 2011 - 16h06Por Agência Brasil

Ativistas do Greenpeace fizeram nesta sexta-feira um ato em frente ao Palácio do Planalto pedindo à presidenta Dilma Rousseff o fim do uso da energia nuclear no país.

Vestidos com capas de proteção e máscaras, um grupo subiu a rampa do Planalto e abriu uma faixa com a frase "A energia que mata. Dilma, nuclear não".

Citando o acidente na Usina Nuclear de Fukishima, no Japão, os manifestantes pedem a suspensão da construção da Usina Nuclear Angra 3, no Rio de Janeiro, e a paralisação dos investimentos em energia nuclear.

"Pedimos que a presidenta Dilma tome um posicionamento mais ágil em relação à energia nuclear. Países como a Alemanha já cancelaram o funcionamento de reatores mais antigos. Podemos ser o primeiro grande país a usar 100% de energia limpa", disse Ricardo Baitelo, responsável pela campanha de energia do Greenpeace.

Representantes da Secretaria-Geral da Presidência da República conversaram com os ativistas e receberam o manifesto do Greenpeace.

O secretário de articulação social, Antônio Lambertucci, disse que a demanda da organização será encaminhada a Dilma. "Essa demanda vai chegar à presidente por meio do ministro da Secretaria-Geral, Gilberto Carvalho. Nos colocamos à disposição para recebê-los porque nossa função é dialogar", disse Lambertuci.

Três manifestantes do Greenpeace permaneceram por alguns minutos sentados embaixo da rampa do Palácio do Planalto e foram conduzidos pela segurança à Polícia Federal.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COISAS DO MS
Sucuri de 7 metros é capturada por moradores na rua e vira assunto na cidade em MS
BONITO - MS - CARNAVAL ILEGAL
BONITO: Polícia fecha festa sem alvará e prende responsável por fornecer bebida alcoólica a menores
AÇÃO DA PMA
PMA autua dono de rancho pescando no rio durante a piracema
ETANOL MAIS BARATO
Com redução do imposto, Etanol fica em média R$ 9 centavos mais barato em MS
DROGAS
Caminhão com 400 kg de maconha que saiu de MS e apreendido em Brasília
INSCRIÇÕES
Programa Vale Universidade recebe inscrições no dia 3 de março
Achado de cadáver
Bombeiros localizam corpo de jovem que havia desaparecido em rio de MS
Campo Grande
Bebê nasce sem ânus em Campo Grande e família busca vaga para cirurgia
Capotamento
Caminhonete capota após aquaplanar na BR-359 em Coxim
ATENTADO
Ex-prefeito de Amambai foi morto após discussão por desacordo trabalhista