Menu
domingo, 14 de julho de 2024
Busca
praia parque cachoeiras

Governo estuda criar faixas na tabela do IR para atender centrais

11 Mar 2011 - 16h20Por Folha.com

O ministro Gilberto Carvalho (Secretaria Geral da Presidência) afirmou na tarde desta sexta-feira (11) que o governo estuda criar faixas intermediárias na tabela do Imposto de Renda, atendendo a uma demanda das centrais sindicais, que se reuniram hoje com a presidente Dilma Rousseff.

O objetivo, segundo o ministro, é garantir maior "progressividade". De acordo com ele, a presidente "vê com muita simpatia" essa mudança. Hoje, são cinco as faixas de contribuição. Carvalho, no entanto, não disse qual o número de novas faixas que estão em análise, mas garantiu que o teto de recolhimento do IR seguirá em 27,5%.

"Ela [Dilma] acolheu a possibilidade, em estudo, de rediscussão das faixas de inflação, de criar outras faixas da tabela do Imposto de Renda", disse Carvalho ao comentar a reunião com as centrais. "Ela disse que via com muita simpatia essa possibilidade de estabelecer maior progressividade na tabela."

O ministro afirmou que "está muito bem encaminhada" a definição de uma política de longo prazo para a correção da tabela do Imposto de Renda.

Segundo Carvalho, o acordo ainda não está sacramentado e os detalhes dessa política estão em análise no Ministério da Fazenda e deverão ser definidos nos próximos dias.

Ainda assim, afirmou que o índice respeitará o centro da meta de inflação, hoje em 4,5%. A medida é bem recebida pelas centrais, que queriam, num primeiro momento, um reajuste de 6,47% na tabela já este ano, mas aceitam como alternativa a definição de uma política de reajuste de longo prazo.

"Ela não assumiu um compromisso na hora de que vai fazer por quatro anos, mas prometeu um estudo muito carinhoso dessa questão, dizendo que é provável que o governo possa atender. Ela só pediu um tempo curto para poder fazer consultas à Fazenda e ela mesmo tomar essa decisão. Mas está muito bem encaminhada essa questão", afirmou o ministro.

O governo deverá colocar no mesmo instrumento legal (ainda não está definido se será por meio de medida provisória ou projeto de lei) a correção de 4,5% na tabela do IR este ano e a política de reajuste pelos próximos anos do governo Dilma.

Leia Também

Homem morre após sofrer queimaduras graves enquanto acendia cigarro no fogão  Em MS
Homem morre após sofrer queimaduras graves enquanto acendia cigarro no fogão
Encontrada morta na Vila Julieta era mãe de dois filhos e maquiadora profissional em MS Triste
Encontrada morta na Vila Julieta era mãe de dois filhos e maquiadora profissional em MS
União libera R$ 137 milhões para ações conjuntas contra incêndios florestais no Pantanal Destaque
União libera R$ 137 milhões para ações conjuntas contra incêndios florestais no Pantanal
Projetos sociais incentivados pela MSgás alcançam mais de 12 mil pessoas no Estado Destaque
Projetos sociais incentivados pela MSgás alcançam mais de 12 mil pessoas no Estado
Governo faz avaliação e Jogo do Tigrinho' pode ser liberado no Brasil Sob Análise
Governo faz avaliação e Jogo do Tigrinho' pode ser liberado no Brasil
Filho de Eliza Samudio é dispensado da base do Athletico por indisciplina Fim do Contrato
Filho de Eliza Samudio é dispensado da base do Athletico por indisciplina
Condições das Águas de Flutuação em Bonito durante o Inverno: Um Convite ao Ecoturismo Sustentável Nascente Azul
Condições das Águas de Flutuação em Bonito durante o Inverno: Um Convite ao Ecoturismo Sustentável
Bonito vai a coxim disputar Jogos Escolares da Juventude nesta semana Disputa
Bonito vai a coxim disputar Jogos Escolares da Juventude nesta semana
Conheça o exame de mamografia digital, do Bonito Imagem Diagnóstico. Saúde
Conheça o exame de mamografia digital, do Bonito Imagem Diagnóstico.
Bonito e mais 48 cidades, FCO para MS tem R$ 227 milhões aprovados para empreendimentos Destaque
Bonito e mais 48 cidades, FCO para MS tem R$ 227 milhões aprovados para empreendimentos
Bonito Informa
Avenida 09 de Julho 2135 - Centro - Bonito/MS/MS
(67) 99638-6610rogerio@bonitoinforma.com.br
© Bonito Informa. Todos os Direitos Reservados.