Menu
domingo, 25 de julho de 2021
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO JUNHO

Governo do Estado vai investir R$ 15 milhões para fomentar estudos e pesquisas na área d

11 Set 2013 - 08h30Por Notícias.MS

Os investimentos para promover os estudos nas áreas da ciência, tecnologia e pesquisas em Mato Grosso do Sul devem ultrapassar R$ 15 milhões somente no ano de 2013. “Temos mantido o compromisso do governo em destinar 1,5% da receita corrente líquida do Estado para o desenvolvimento da ciência, tecnologia e inovação. Este percentual previsto em Lei já é vigente. Nunca nenhum governador cumpriu isso e nós entendemos que ciência, tecnologia e inovação são importantes para o desenvolvimento do nosso Estado”, disse o governador André Puccinelli nesta terça-feira (10) durante abertura do Fórum Nacional de Ciência Tecnologia e Inovação, em Campo Grande.

“O segmento tem se renovado, tido novos ares e modificado o cenário em Mato Grosso do Sul. Estamos inovando e crescendo, além de fomentar a inovação tecnológica no Estado e ampliar os incentivos a pesquisa através das parceiras com instituições público-privadas, governos estaduais e federais e organismos nacionais e internacionais”, disse o diretor presidente da Fundect, Marcelo Turine.

Mato Grosso do Sul é o 2º maior Estado em Biodiversidade e pode ser considerado um laboratório de pesquisa neste setor, especificamente na fauna e flora. “Teremos o Centro de Estudos e Pesquisa da Ictiofauna Pantaneira, o Aquário do Pantanal, que desenvolverá a pesquisa das 269 espécies, não mais 263 anteriores, já que foram descobertas seis novas espécies. Ao nos apropriarmos do conhecimento da fauna e da flora pantaneira sem sombra de dúvida Mato Grosso do Sul será conhecido no Planeta como o Estado do Pantanal e para cá migrarão turistas, virão pesquisadores. Já temos seis universidades em intercâmbio conosco fazendo estudos e neste sentido poderemos encontrar outros filões de pesquisas. Mesmo com os pequenos recursos a Fundect estamos progredindo neste sentido”, lembrou o governador.

A valorização que Mato Grosso do Sul tem dado a ciência e tecnologia foi ressaltada pelo presidente do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), Sergio Gargioni. “Os estados investem somente 1% do orçamento estadual em pesquisa. São R$ 2,5 bilhões em investimentos destinados para as fundações de pesquisa, mas é preciso dedicar mais recursos para que possamos valorizar a ciência e tecnologia a exemplo de Mato Grosso do Sul. É preciso que os outros estados confirmem que vale a pena investir em ciência e tecnologia.

A mesma opinião é compartilhada pelo secretário-executivo do Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovação, Luiz Antônio Elias. Para ele Mato Grosso do Sul tem reforçado as ações da Fundect e propiciado amparo à pesquisa. “Temos que trazer um eixo dinâmico para outras regiões. No Mato Grosso do Sul vamos aportar R$ 6 milhões para Programa Pró Centro-Oeste. Oxigenando nos Estados os investimentos em pesquisas das áreas de ciência e tecnologia mostrando que ciência é desenvolvimento, Mato Grosso do Sul se insere neste contexto e vive uma nova realidade. O Estado tem fomentado o segmento e apresentado este novo cenário em âmbito nacional”, ressaltou o secretário.
O Programa Pró Centro-Oeste atua na formação de recursos humanos nas áreas de “Ciência, Tecnologia e Inovação para a sustentabilidade e desenvolvimento da região”; “Bioeconomia e Conservação de Recursos Naturais” e “Desenvolvimento de Produtos e Serviços Biotecnológicos” com recursos do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e contrapartida do governo do Estado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Foto: Mycchel Legnaghi - São Joaquim online FRIO INTENSO
Maior frio do ano? Temperaturas negativas, geada e até neve!
FOTO: NOTÍCIAS E CONCURSOS BOLSA FAMÍLIA 2021
Novo Bolsa Família de R$ 300 pode ser financiado; veja como
MACONHA BOI MACONHA
BOI MACONHA: Mais de 02 toneladas de maconha é apreendido em caminhão boiadeiro
HEMOSUL HEMOSUL
VAMOS DOAR: Hemosul Coordenador abre neste sábado das 7h às 17h para repor estoques de sangue
FRIO FRIO INTENSO
Frio chega com força e pode ser o mais intenso do século no Brasil
PANTERA EM AÇÃO BONITO - MS - VEREADO EM AÇÃO
Pantera destaca o atendimento ao pequeno produtor durante visita ao departamento em Bonito (MS)
BONITO - MS - A RETOMADA
Depois de um ano de desafios e restrições, turismo já dá sinais de retomada em Bonito (MS)
BONITO - PMA BONITO - NOVA SEDE PMA
PMA ganha terreno de 4.000 m² e terá nova Sede ampla com 630 metros quadrados em Bonito (MS)
VACINA CORONAVÍRUS EM MS
ALERTA: Não é momento de descuidar, taxa de contágio tem leve aumento em MS
CASO DE POLÍCIA
Ladrão causa curto-circuito ao furtar fios de um poste de energia em MS