Menu
sbado, 28 de novembro de 2020
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO

Filme de Glauber Rocha sobre Sarney é sucesso no YouTube

6 Mai 2011 - 16h29Por Estadão.com - coluna do Nelson Motta

Está bombando no YouTube e provocando acessos de gargalhadas e deboches um filme de sete minutos em preto e branco com o prosaico título Maranhão 66. Aparentemente é um documentário sobre a posse de José Sarney no governo do Estado, feito por encomenda do eleito. Mas é assinado por Glauber Rocha.

Com 35 anos, cabelos e bigode pretos, Sarney discursa para o povo na praça, num estilo de oratória que evoca Odorico Paraguaçu, mas sem humor, à sério, que o faz ainda mais caricato e engraçado. Sobre seu palavrório demagógico, Glauber insere imagens da realidade miserável do Maranhão, cadeias cheias de presos, doentes morrendo em hospitais imundos, mendigos maltrapilhos pelas ruas, crianças esquálidas e famintas, enquanto Sarney fala do potencial do babaçu.

Só alguém muito ingênuo, ou mal-intencionado, poderia imaginar que Glauber Rocha fizesse um filme chapa branca. Em 1964, com 25 anos, ele tinha se consagrado internacionalmente com Deus e o diabo na terra do sol e vivia um momento de grande prestígio, alta criatividade e absoluto domínio da técnica e da narrativa cinematográfica. E odiava a ditadura que Sarney apoiava.

Em Maranhão 66, a narrativa se estrutura na dialética entre as imagens da realidade dramática e a demagogia caricata do jovem político provinciano que está tirando do poder um velho coronel - para se tornar ele mesmo o novo coronel.

O filme dentro do filme é imaginar o susto de Sarney quando o viu. Em vez de filmar uma celebração vitoriosa, Glauber usou e abusou da vaidade e do patrocínio de Sarney para fazer um devastador documentário sobre um arquetípico político brasileiro. E uma pesquisa para Terra em transe, que filmou em seguida e hoje é considerado a sua obra-prima. Sarney foi a base para o líder populista interpretado por José Lewgoy, famoso como vilão de chanchadas.

Glauber dizia que o artista também tem de ser um profeta; mas a sua obrigação é de profetizar, não de que as suas profecias se realizem. O discurso de Sarney e as imagens de Maranhão 66 são os mesmos do Maranhão 2011, num filme trágico, cômico, e, 46 anos depois, profético.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - CHAPA REGISTRADA
'Chapa Renovação' é registrada na Câmara, eleição será dia 1º de janeiro de 2021 em Bonito (MS)
AÇÃO DA PMA DE JARDIM E BONITO
PMA de Jardim e Bonito fiscalizam o rio Miranda e da Prata e apreendem petrechos ilegais à pesca
FESTONA NA PANDEMIA
Guarda Municipal acaba com 'festona' em flagrante com 119 adolescentes em MS
MIRANDA - PROJETO SALOBRA
Mais uma parceria CRAS e Projeto Salobra, em Miranda
BONITO - MS - BOLETIM CORONAVÍRUS
BOLETIM: Mais 19 casos positivos nas últimas 24h são registrados em Bonito (MS)
Bancos de areia são fáceis de serem vistos em parte do rio, em Jardim (Foto: Instituto Homem Pantaneiro) - MEIO AMBIENTE
Exploração da pecuária piora assoreamento na nascente do Rio Miranda
VALORIZAÇÃO
Antes do fim do mês, salário de novembro já está na conta do servidor de MS
PÁTIO ZERO
VEJA COMO PARTICIPAR: Detran-MS abre três leilões com mais de 700 motocicletas nesta terça-feira
ORIENTAÇÕES EM MIRANDA
Orientações são feitas a empresas e pousadas de turismo sobre alimentação em cevas para atrair onça
DOURADOS - NOVO DECRETO
Dourados tem leitos de UTI's lotados e prefeitura aumenta toque de recolher e manda fechar clubes