Menu
domingo, 19 de setembro de 2021
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO JUNHO
JAPÃO - TUFÃO HAGIBILIS

'Estocamos água e comida', fala campo-grandense que está no Japão

'Estocamos água e comida', fala campo-grandense que está no Japão

12 Out 2019 - 12h32Por G1- MS

A campo-grandense Patrícia Oshiro, está há quase 1 ano no Japão, país que foi atingido neste sábado (12) pelo tufão Hagibis, e conta que os moradores de lá tiveram que se preparar para a passagem da tempestade. "Estocamos água, comida não perecível e a orientação foi encher o ofurô com água também".

De acordo com Patrícia, a cidade onde mora com a irmã e o cunhado é uma das mais bem preparadas para passagens de tempestades e terremotos. "Estamos todos bem". Ela diz ainda que foram "dois dias de loucura" nos supermercados e houve falta de alguns produtos.

Segundo ela, o tufão desviou da cidade onde mora, porém chove forte há horas e alertas de emergência são recebidos nos celulares várias vezes .

Alda Tanaka também é de Campo Grande e está no Japão. "Aqui em Aichi Ken Toyohashi-Shi graças a Deus não foi forte , só o vento e a chuva. Mas em outras cidades foi bem castigado, e ainda por cima teve um terremoto de leve na cidade de Chiba ken".

Tufão
O Hagibis, um dos mais poderosos das últimas seis décadas na região, chegou ao Japão com fortes ventos e provocando inundações neste sábado (12). Uma pessoa morreu e 33 ficaram feridas. Há relatos de desaparecidos.


O tufão tocou o solo em Shizuoka, na península de Izu, no sudeste de Tóquio, às 19h (no horário local). Hagibis, que significa "velocidade" em filipino, avança com ventos máximos sustentados de 162 km/h, segundo a agência meteorológica do japão (JMA).

Alertas para risco de inundações e deslizamentos foram emitidos para Tóquio e outras cidades, como Gunma, Saitama, Kanagawa e Fukushima. Cerca de 17 mil policiais e militares foram mobilizados para as operações de resgate.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Sorteio
Mega-Sena acumula novamente e prêmio vai a R$ 40 milhões
GREVE DOS CORREIOS
Mesmo em greve, Correios diz que encomendas seguem sendo entregues em MS
TODO PAÍS
Funcionários dos Correios entram em greve por tempo indeterminado
Sorteio
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 27 milhões hoje
Sorteio
Mega sena: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 27 milhões
Sorteio
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 12,5 milhões nesta quinta-feira
COVID-19
Avó de Michelle Bolsonaro morre de Covid-19 em hospital público do DF
Sorteio
MEGA SENA: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 12,5 milhões
Sorteio
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 11 milhões nesta terça-feira
Detran
Detran-MS alerta sobre prazos que estão suspensos por conta da pandemia