Menu
quarta, 3 de junho de 2020
BANNER ANNA
Busca
POLONIO MEDICAL CENTER

Enquete do TCE aponta que 88% das pessoas aprovam transmissão ao vivo das sessões

29 Set 2011 - 09h32Por Dourados News

A segunda enquete promovida pelo Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul (TCE/MS) através de seu site na internet (www.tce.ms.gov.br) revelou que 76% dos votantes avaliaram como “muito importante” e 12% como “importante” a transmissão ao vivo das sessões das Câmaras e do Pleno pela internet, totalizando 88% de aprovação. Apenas 20 participantes avaliaram como desnecessária a transmissão ao vivo, representando 12% do universo de votantes.

A enquete sobre a transmissão ao vivo foi colocada no ar no dia 29/08 e computou 164 votos neste período de um mês. A partir desta quarta-feira (28/09) o TCE/MS quer saber a opinião do internauta sobre a Ouvidoria, indagando se o trabalho do órgão é importante e conhecido. A Ouvidoria do TCE/MS tem como objetivo receber sugestões, reclamações ou criticas sobre as atividades desenvolvidas no âmbito do Tribunal de Contas e receber denúncias e informações relevantes sobre o exercício negligente ou abusivo de cargo, emprego ou função pública.

A Assessoria de Comunicação Social do TCE/MS, responsável pela alimentação do site e transmissão aos vivo das sessões avaliou como bastante positivo o resultado da enquete. Para os jornalistas o resultado comprova a importância da transparência das ações no serviço público e revela que os jurisdicionado e população em geral dão grande importância à interatividade através da internet e valorizam as iniciativas que possibilitam isso, com a transmissão ao vivo das sessões.

Atualmente a transmissão e armazenamento das sessões são feitas através do serviço Livestream, de forma totalmente gratuita para a Corte de Contas. Para aprimorar a qualidade e velocidade das transmissões ao vivo está sendo contratado, junto a uma operadora local de telefonia, a instalação de acesso exclusivo à banda larga (serviço IP Connect), inicialmente com 512 kpps de upload, podendo evoluir para 1024 kbps.

Outra iniciativa para melhoria das transmissões ao vivo está sendo adotada por meio do Programa de Modernização do Sistema de Controle Externo dos Estados, Distrito Federal e Municípios Brasileiros (PROMOEX), que irá viabilizar a aquisição de um equipamento denominado Tricaster. A aquisição atende ao sub-componente 2.1 do Plano de Ação e Investimentos do Promoex/MS e ao objetivo estratégico nº 4 da Corte de Contas que é o de “criar condições para possibilitar maior acessibilidade às deliberações do TCE/MS”.

O Tricaster é um mixer de vídeo portátil que combina os principais recursos necessários para operar ao vivo com vídeo. Ele possui as funções de Switcher e também é uma ilha de edição não linear. O TriCaster oferece recursos que permitem operar facilmente transmissão ao vivo de até 3 câmeras, ou mesmo de imagens de telas de outros computadores e mixing de audio de várias fontes, com saída realtime de vídeo para uplink ou streamming de video pela Internet.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GUIA LOPES - BOLETIM COVID-19
Guia Lopes fecha 24h com 230 casos com 109 recuperados, confira o boletim
Em mais uma sessão remota, Mesa Diretora apresentou projetos que reconhecem calamidade pública GUIA LOPES E MAIS 03 CIDADES
Guia Lopes e mais 03 municípios podem ter estado de calamidade pública decretado
CASO DE POLÍCIA
Mãe é acusada de praticar sexo com parceiro e fazer filha de 6 anos participar em MS
Prisão
Por amor: homem corta tornozeleira e volta para o namorado preso em penitenciária de MS
TRÁFICO DE DROGAS
Perseguição termina com quase 1t de maconha apreendida
COVID-19
Novo epicentro, Dourados é a cidade com mais casos de coronavírus em MS
Achado de cadáver
Corpo de adolescente é encontrado no rio de MS
COVID-19
BONITO: 18 dos 46 casos confirmados de covid-19 já estão recuperados
LIVE BOLETIM COVID-19 NO MS CORONAVÍRUS NO MS
"População de MS está fazendo opção pelo caminho da morte", alerta secretário Geraldo sobre Covid-19
Roubo
Mulher leva pancada na cabeça, desmaia e quando acorda percebe que foi roubada