Menu
sexta, 23 de julho de 2021
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO JUNHO

Empresas preferem aplicar a investir na produção

21 Ago 2013 - 08h30Por IG

As cinco empresas de capital aberto com maior receita líquida - Petrobras, Ambev, Vale, Telefônica e Cemig- no primeiro semestre deste ano, deram prioridade aos investimentos em aplicações financeiras, em detrimento da expansão da capacidade produtiva.

A constatação, que contraria as expectativas do governo de alta do investimento do setor produtivo para impulsionar a recuperação da economia, faz parte de levantamento preparado pela agência de classificação de risco Austin Rating a pedido do Brasil Econômico. No estudo, foi considerado o conjunto dos balanços financeiros divulgados até o dia 15 deste mês.

Em média, o investimento dessas companhias no mercado financeiro, comparado ao período de janeiro a junho de 2012, cresceu 94,6%, enquanto o aporte nos ativos relacionados ao negócio fim de cada uma delas avançou em ritmo muito mais lento, 2,6%.

O exemplo mais gritante é o da empresa de telecomunicações Telefônica. Nesse caso, as aplicações saltaram 313,3%, de R$ 2,06 bilhões para R$ 8,5 bilhões. Na contramão, o investimento em imobilizado caiu 0,3%, passando de R$ 17,13 bilhões para R$ 17,08 bilhões.

A Telefônica informou, por meio da sua assessoria de imprensa, que o grupo prevê investimento de R$ 24,3 bilhões de 2011 a 2014, "um montante expressivo, que demonstra o compromisso de longo prazo que a empresa mantém com o Brasil". Neste ano, serão R$ 6,2 bilhões, com destaque para a ampliação e modernização das redes e sistemas. Além disso, afirma que o nível de investimento operacional é um dos maiores do setor.

"Essas grandes empresas não abandonaram suas atividades. Mas, em um momento de desaceleração da economia e retração do consumo, estão preferindo direcionar os recursos ao mercado financeiro. O resultado é uma recomposição dos investimentos, com as aplicações ganhando espaço antes ocupado pelos imobilizados", afirma o economia Alex Agostini, responsável pelo levantamento da Austin Rating.

Para a média das cinco companhias, a participação das aplicações financeiras nos investimentos passou de 12,4% no primeiro semestre do ano passado para 20,7% em igual período de 2013.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PANTERA EM AÇÃO BONITO - MS - VEREADO EM AÇÃO
Pantera destaca o atendimento ao pequeno produtor durante visita ao departamento em Bonito (MS)
BONITO - MS - A RETOMADA
Depois de um ano de desafios e restrições, turismo já dá sinais de retomada em Bonito (MS)
BONITO - PMA BONITO - NOVA SEDE PMA
PMA ganha terreno de 4.000 m² e terá nova Sede ampla com 630 metros quadrados em Bonito (MS)
VACINA CORONAVÍRUS EM MS
ALERTA: Não é momento de descuidar, taxa de contágio tem leve aumento em MS
CASO DE POLÍCIA
Ladrão causa curto-circuito ao furtar fios de um poste de energia em MS
GUARDA MUNICIPAL DE BONITO BONITO - MS - MELHORIAS NA GUARDA MUNICIPAL
Sejusp e Guarda Municipal discutem fortalecimento da segurança no município de Bonito (MS)
BONITO TRATOR BONITO - MS - PARCERIA
Prefeitura cede trator com terraceador ao IASB para utilização no Projeto Águas de Bonito
ASTRAZENECA VACINA ASTRAZENECA
AstraZeneca: 02 doses têm proteção de 93,6% contra mortes por Covid, entenda sobre a 1ª e 2ª
ACIDENTE FATAL
Coordenadora de compras é encontrada morta caída ao lado de sua Honda Biz em Aquidauana
VACINA VACINAÇÃO COVID EM MS
A cada 10 pessoas em MS, 3 foram completamente imunizadas