Menu
BANNER ANNA
sbado, 6 de junho de 2020
Busca
POLONIO IMÓVEIS
TURISMO

Empresários de Bonito encaminham carta aberta a Bolsonaro e pedem prorrogação de impostos no turismo

Eles solicitam a ajuda do governo para ajudar a crise financeira que o setor está enfrentando devido ao Covid-19

7 Abr 2020 - 16h10Por Anna Gomes/Bonito Informa

Devido a total paralisação do setor mais impactado diante da pandemia do Covid-19, empresários do setor de turismo encaminharam uma carta aberta ao Presidente da República Jair Bolsonaro. No documento, além da ajuda do governo para enfrentar a crise, também é solicitada a prorrogação para 2021 dos impostos voltados para o setor.

De acordo com o presidente do IDB (Instituto de Desenvolvimento de Bonito), Guilherme Poli, o turismo está completamente parado em Bonito e região e ainda não existe uma perspectiva de quando tudo voltará ao normal. O setor emprega milhares de pessoas e movimenta grande parte da economia de Mato Grosso do Sul.

“Além de todas as linhas de crédito que são pedidas na carta, também estamos pedindo a sensibilização do governo perante os impostos. As medidas tomadas atendem a várias empresas do Brasil, mas a previsão de retorno para o turismo é de seis a oito meses e ainda não sabemos ao certo. A nossa economia vai demorar para volta”, explicou o presidente do IDB.

O documento foi enviado ao Presidente da República no final do mês de março. Na carta, os empresários de várias associações relatam o drama que o setor do turismo de Bonito e região vem enfrentando devido a Covid-19.

Segundo dados do Ministério do Turismo em 2019 o setor faturou R$ 238,6 bilhões gerando emprego e renda para aproximadamente 3 milhões de trabalhadores, mas hoje, diante da pandemia todo o setor encontra-se fechado, os cancelamentos iniciaram-se no começo do mês de março e não há previsão de normalização da situação.

Com os hotéis, pousadas, atrativos e restaurantes fechados, a situação está difícil para quem sobrevive do turismo. “O produto oferecido pelo turismo não pode ser estocado, e sabemos que mesmo após o retorno das atividades demoraremos um tempo, que ainda não pode ser estimado, para retomarmos nossas atividades no ponto em que estava antes da pandemia”, ressaltou o presidente do IDB.

Na carta, os empresários também explicam que além da infraestrutura, eles também arcam com todos os custos de divulgação do destino, e nesta crise, todos os pacotes incluindo (Transporte, Motoristas, Guias, Restaurantes, Hotéis, Pousadas, Passeios) foram cancelados para o período de Março, Abril, Maio e Junho. Os empresários estão com o faturamento zerado para esses meses e sem perspectivas futuras caso o isolamento se mantenha por um período maior.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVO DECRETO CORONAVÍRUS NO MS
Multa será de até R$ 1.466 reais para infectado com Covid-19 descumprir quarentena
Mato Grosso do Sul tem 19 óbitos por coronavírus e 1.418 confirmados CORONAVÍRUS NO MS
Acompanhe a evolução do coronavírus em MS que registrou 135 novos casos nas últimas 24h
Já são 34 pacientes recuperados e liberados do isolamento domiciliar, Veja o Boletim de Bonito (MS) BONITO - MS - NOTÍCIA BOA
Já são 34 pacientes recuperados e liberados do isolamento domiciliar, Veja o Boletim de Bonito (MS)
Ligado na Notícia / Foto: Sidnei Bronka ACIDENTE FATAL
Ultrapassagem pode ter causado acidente que matou duas pessoas
Imagem Ilustrativa - Crédito: Wesley Ortiz/Arquivo VOLTA ÀS AULAS NO MS
Governo ainda não tem previsão se vai voltar com aulas presenciais em MS
Agentes do Depen - Imagem Ilustrativa OPORTUNIDADE
Concurso federal com salário de até R$ 6 mil encerra inscrições nesta sexta-feira
IMAGEM: ÁGUAS TURISMO BONITO - MS - NOVO DECRETO
Novo Decreto é publicado, veja o que mudou e o que continua valendo desde 1º de junho em Bonito (MS)
Consulta para saber se o CPF foi usado para requerer o Auxílio Emergencial deve ser feita no site da Dataprev - Reprodução FIQUEM ATENTOS
Veja se o seu CPF foi usado e como denunciar a fraude
Governo de MS vai distribuir máscaras para quem não tem condições de comprar CORONAVÍRUS NO MS
Governo de MS vai distribuir máscaras para quem não tem condições de comprar
CORONAVÍRUS BOLETIM - CORONAVÍRUS NO MS
BOLETIM: MS registra mais 72 casos confirmados nas últimas 24h e 21 mortes por coronavírus