Menu
sexta, 14 de agosto de 2020
BANNER ANNA
Busca
BANNER ECO TOUR

Distribuidoras já pagaram mais de R$ 152 mi por falhas no fornecimento de energia

12 Mar 2011 - 14h55Por Agência Folha

 No primeiro semestre de 2010, as distribuidoras de energia tiveram que pagar R$ 152,44 milhões aos consumidores por causa de interrupções no fornecimento. No total, foram pagas 41,511 milhões de compensações pelo descumprimento de indicadores individuais que avaliam a duração e a frequência das interrupções.

De acordo com balanço parcial da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o maior número de compensações foi registrado na Região Sudeste, com 16,4 milhões de pagamentos no valor total de R$ 56 milhões. O Nordeste aparece em seguida, com 9,24 milhões de compensações, que somaram R$ 24,42 milhões

Desde janeiro do ano passado, as distribuidoras deixaram de pagar multa pelo descumprimento dos índices coletivos de continuidade, e o montante devido por falhas é pago integralmente ao consumidor que foi prejudicado. A compensação deve ser creditada na fatura em até dois meses após o período em que ocorreram as interrupções.

Os valores das compensações são calculados de acordo com o tempo que a distribuidora ultrapassou o limite estipulado para a falta de energia e o valor equivalente do custo de distribuição.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CHEVROLET ONIX
Porquê o Chevrolet Onix vende tanto?
VEM PRA BONITO - MS -
Bonito MS e muitas opções!, confira algumas
Sorteio
Mega sena: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 27 milhões
COVID-19
Bonito registra mais 12 novos casos de covid-19
Instituto de Desenvolvimento de Bonito
IDB INFORMA: diversão, natureza e segurança é no Cabanas Aventura; venha conhecer!
COVID-19
Servidor do Detran-MS de Aquidauana morre de covid-19 após cinco dias internado
TRÁFICO DE DROGAS
Casal de São Paulo é preso transportando drogas na BR-163
GALINHADA DO BEM
Grupo se reinventa na pandemia e faz galinhada neste sábado, em Bonito
ECONOMIA
Microempreendedores individuais não precisarão de alvarás para funcionar
COVID-19
EM BONITO: ‘Idoso vítima de coronavírus não tinha comorbidades’, esclarece prefeitura