Menu
quarta, 8 de dezembro de 2021
Busca
BONITO ÁGUAS GREEN WEEK

Defensores públicos lançam campanha sobre direitos das crianças e adolescentes

12 Mai 2011 - 07h13Por Agência Brasil

Uma cartilha assinada pelo cartunista Ziraldo será a principal ferramenta usada por defensores públicos para falarem a crianças e adolescentes sobre seus direitos e, especialmente, sobre como usar os serviços da Defensoria Pública.

A campanha, lançada hoje (11) à tarde, em uma escola pública do Ceará, ocorrerá simultaneamente em todo o país, com foco em comunidades carentes. A ideia é que os temas da cartilha sejam trabalhados pelos defensores em escolas públicas, centros comunitários, centros de referência e assistência social e demais espaços públicos de apoio a crianças e adolescentes.

“A cartilha é muito importante, mas o mais importante é a aproximação que será feita entre defensores e crianças, que irradiam o conhecimento para seus familiares e a comunidade onde vivem. Queremos falar sobre trabalho escravo, exploração sexual, temas que, infelizmente, ainda são realidade no país”, explicou o presidente da Associação Nacional dos Defensores Públicos (Anadep), André Castro.

Foram tiradas 50 mil cartilhas na primeira impressão, e a entidade aguarda parcerias para imprimir novos exemplares. “Essas devem acabar logo na primeira semana”, estimou Castro.

Segundo o presidente da Anadep, a maioria dos 5.200 defensores públicos do país estará envolvida no projeto. Ficarão de fora os estados de Goiás, Santa Catarina e Paraná, que não têm defensorias públicas. O Paraná aprovou ontem (10) lei que cria o órgão no estado.

“Os estados que ainda não têm defensoria pública sofrem com a má vontade política e com a falta de compromisso de cumprir o que a Constituição determina ”, afirmou o presidente da Anadep. A Constituição Federal afirma, em seu Artigo 5º, que o Estado prestará assistência jurídica integral e gratuita aos que comprovarem insuficiência de recursos.

A campanha de aproximação com crianças e adolescentes faz parte do Plano Nacional de Educação em Direitos, desenvolvido desde 2009 pelos defensores públicos. No primeiro ano, o tema foi a própria Defensoria Pública e, em 2010, foi abordado o direito à moradia. “Muitas pessoas ainda desconhecem que têm direito à assistência jurídica gratuita e, com o plano, pretendemos mostrar que estamos prontos a atendê-las.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - OBRAS NÃO PARAM
Obras realiza limpeza e roçada no Assentamento Guaicurus, VEJA FOTOS em Bonito
PLANTÃO POLICIAL CRIME EM MS
CRIME: Homem mata a mãe e esfaqueia o irmão em MS
Foto Capa: Saul Schramm AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo concede isenção de IPVA na primeira tributação para motos de até 150 cilindradas
AEROPORTO DE BONITO BONITO - INÉDITO
Lançamento do novo voo Congonhas-Bonito saiu em mais de 230 matérias na imprensa de todo o país
PLANTÃO BONITO - ROUBO DE FERRAMENTAS
Construtor tem prejuízo de R$ 10 mil em roubo de ferramentas e pede ajuda para encontrar em Bonito
FOTO: GUARDA MUNICIPAL BONITO - AÇÃO DA GUARDA MUNICIPAL
Guarda Municipal prende motociclista armado até os 'dentes' em Bonito (MS)
FOTO: azzolinadvogados PENSÃO ALIMENTÍCIA
Devendo R$ 65 mil de pensão em MS, homem é preso pela PF no Rio de Janeiro
Foto: Arquivo Prefeitura de Bonito TURISMO - A RETOMADA
Turismo do MS capacita agentes de viagens durante Road Show em São Paulo e Ribeirão Preto
BONITO - SERRA DA BODOQUENA
Jornalistas e influenciadores aproveitam voo direto para conhecer as belezas naturais de Bonito
Davi tentou proteger mãe antes de ser assassinado por Maurílio - Crédito: Reprodução/Facebook PONTA PORÃ DE LUTO
Cena chocante, choro de policial e áudio: morte de mãe e filho deixou Ponta Porã em luto