Menu
BANNER ANNA
tera, 4 de agosto de 2020
Busca
ZAP INFORMÁTICA

Cresce a preocupação das famílias com a economia brasileira

10 Mar 2011 - 14h29Por Boni Miranda / Agência Brasil

O anúncio do corte dos gastos públicos e o aumento da taxa básica de juros (Selic) podem ter sido responsáveis pela queda do Índice de Expectativas das Famílias (IEF) de fevereiro, divulgado hoje (10) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). A avaliação é do presidente do instituto, Marcio Pochmann.

O índice reflete a avaliação dos brasileiros em relação à situação socioeconômica do país. O indicador fechou fevereiro com 65,3 pontos (em uma escala de 0 a 100), um pouco abaixo do verificado em janeiro (67,2 pontos), o mais alto da série, iniciada em agosto de 2010.

Segundo a pesquisa, o brasileiro ainda está otimista, mas demonstra preocupação com as medidas de austeridade fiscal anunciadas por governos estaduais e pelo governo federal. Entre essas medidas estão o corte de despesas e a suspensão de concursos públicos e contratação de funcionários.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Nas últimas 24h Bonito registra mais 8 novos casos confirmados de covid-19
Filhote de jacaré
Polícia recolhe filhote de jacaré abandonado por adolescentes em Pet Shop
Instituto de Desenvolvimento de Bonito
IDB INFORMA: na Praia da Figueira você encontra diversão, tranquilidade e segurança
TRÁFICO DE DROGAS
Casal de traficantes capota veículo com bebê e mais de 350 kg de maconha
FURTO
Idoso acolhe suposto morador de Guia Lopes, mas acaba com veículo furtado
COVARDIA
Gestante é assaltada, agredida e sofre tentativa de estupro em MS
FATALIDADE
TRAGÉDIA: acidente em MS deixa 9 feridos; 3 crianças estão entre as vítimas
Calor
Dia promete ser quente e temperatura pode chegar aos 32°C em Bonito (MS)
BONITO - MS - CHAMADA PÚBLICA
Escola Falcão abre chamada pública para compra de alimentos da agricultura familiar em Bonito (MS)
VEM TODO MUNDO - BONITO MS
A magia que faz uma viagem com a família para Bonito!