Menu
sexta, 7 de maio de 2021
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO JANEIRO

Campanha contra a raiva vai vacinar 600 mil cães e gatos em MS

24 Mar 2011 - 12h41Por Campo Grande News

O Ministério da Saúde definiu o período de vacinação contra a raiva em cães e gatos, que ocorre em duas etapas: oito estados realizam a vacinação em julho e 17 em setembro.

Mato Grosso do Sul, uma das unidades da federação em que a vacinação ocorre na segunda fase, recebe 675,2 mil doses da vacina em julho.

A estimativa do Ministério da Saúde é que existam 613,9 mil cães e gatos no Estado.

Segundo informações do Ministério da Saúde, a definição das duas etapas de vacinação no País levou em conta a situação da doença em cada região, a cobertura vacinal em 2010 e o cronograma de fornecimento da vacina.

Ao todo, serão adquiridas 32 milhões de doses para vacinar uma população estimada em 29 milhões de animais.

Durante a vacinação deste ano, informa o Ministério, será mantido o sistema de monitoramento de eventos adversos adotado em 2010, com notificação em formulário eletrônico para o Ministério da Saúde de reações à vacina identificadas nos animais.

No ano passado a campanha de vacinação contra a raiva em animais foi suspensa em todo o país depois que foram relatadas reações graves à vacina, inicialmente no Rio de Janeiro e em São Paulo. Ao todo, foram 637 registros, dos quais 265 (41,6%) foram considerados graves – morte ou reação sistêmica (anafilaxia).

Orientações - O Ministério da Saúde recomenda que aos donos dos animais, caso identifique suspeita de raiva, isolem o animal e acionem técnicos do centro de controle de zoonoses ou um veterinário da secretária municipal de Saúde para que as providências.

Outra recomendação é que, caso a pessoa seja agredida por qualquer animal, lave imediatamente a ferida com água e sabão e procurar imediatamente um serviço de saúde para obter orientações sobre indicação de vacina ou soro.

Quando a agressão for por cães ou gatos, os animais deverão ser confinados por dez dias após a agressão, para observação de sintomas da doença. Se o animal morrer, deve-se informar o departamento de zoonoses do município imediatamente, orienta o Ministério.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Covid: Com 70% dos pulmões comprometidos, Cabo Almi é intubado
LUTO NA LINHA DE FRENTE
Médico de 74 anos esta entre os 24 óbitos por coronavírus das últimas 24 horas em MS
Foto: Saul Schramm CORONAVAC CHEGANDO AO MS
Lote de vacinas da Coronavac chegam neste sábado ao MS mas só para aplicação da segunda dose
BONITO - MS - NO RIO GRANDE DO SUL
BONITO em Gramado e Canela no Rio Grande do Sul, 'trocar experiências são fundamentais', diz Josmail
BONITO - MS - VACINAÇÃO CONTRA COVID
ATENÇÃO BONITO: Neste sábado não haverá vacinação no Ginásio de Esportes
BONITO - MS - NOTA DE PESAR
Prefeito emite nota de pesar pelo falecimento do servidor aposentado Thomé Elson Duarte em Bonito
FUNTRAB BORA TRABALHAR
Vagas de pedreiro com salário de R$ 1,5 mil estão na lista da Funtrab da capital nesta sexta-feira
LUTO NA POLÍCIA CIVIL
Morre na Santa Casa delegado que bateu em caminhão ao voltar de operação, PC emite Nota de Pesar
Neblina registrada na quinta-feira em Campo Grande e diversos municípios do Estado PREVISÃO DO TEMPO
Vento frio e ar seco continuam predominando nesta sexta-feira em MS
Local onde fica o fogão a lenha da família. (MS Todo Dia) TRAGÉDIA
TRAGÉDIA: Criança de 3 anos joga gasolina em fogão a lenha e morre queimada em MS