Menu
tera, 3 de agosto de 2021
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO JUNHO

Brasileiros querem reforma política, diz pesquisa encomendada pela OAB

7 Ago 2013 - 08h40Por Agência Brasil

Pesquisa divulgada hoje (6) pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) diz que 85% dos entrevistados são favoráveis à reforma política. A maioria dos entrevistados defende um projeto de lei de iniciativa popular para a reforma. O Ibope ouviu na pesquisa 1.500 pessoas em todo o país, no período de 27 a 30 de julho.

Dos entrevistados, 78% se posicionaram contra a participação de empresas no financiamento de campanhas. Os participantes também querem mais rigor com as punições, 90% dos entrevistados são a favor de medidas mais rigorosas contra a prática de caixa 2.

“O Brasil precisa urgentemente fazer esse choque de legitimidade política. Indiretamente, as pessoas estão buscando a reforma política [ao fazer protestos]”, disse o presidente da OAB, Marcus Vinicius Coêlho.

Na avaliação dos temas prioritários de propostas, a saúde foi escolhida em primeiro lugar, seguida pela educação e pelo controle de gastos do governo. A pesquisa também avaliou qual o melhor formato de eleições proporcionais, para deputados e vereadores. Apenas 38% são favoráveis à maneira atual, no nome do candidato. Do total de entrevistados, 56% são favoráveis à instituição do voto em lista (lista partidária e propostas de candidatos).

O levantamento foi encomendado pelo Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), integrado por 51 entidades, entre as quais a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB).

Após a onda de manifestações pelo país, iniciadas em junho, o governo federal sugeriu a realização de um plebiscito para orientar a reforma política, mas a ideia foi descartada pelo Congresso Nacional, responsável por levar a consulta adiante. O movimento encabeçado pela OAB, no entanto, coleta assinaturas para encaminhar projeto de lei de iniciativa popular sobre a reforma política ao Congresso.

O projeto prevê o fim do financiamento de campanhas eleitorais por empresas privadas, limite para doações de pessoas físicas para partidos, eleição para o Legislativo em dois turnos – no primeiro, apenas escolha de partidos políticos e no segundo, direcionado para candidatos. O projeto precisa de 1,6 milhão de assinaturas até 28 de agosto. Segundo a OAB, será a primeira vez que assinaturas eletrônicas terão validade jurídica em um projeto de iniciativa popular.

“A pesquisa serviu para verificar a opinião da população, já que não teve plebiscito. Queríamos saber se a OAB está mobilizada por algo que a sociedade quer. Concluímos que a população brasileira quer uma reforma política que transforme os costumes políticos do país”, destacou Marcus Vinicius Côelho.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - NOVO DECRETO
Novo Decreto permite funcionamento de praticamente todas as atividades econômicas em Bonito (MS)
BONITO - MS - AÇÃO DA PMA
PMA atende 02 incêndios em menos de 24h e alerta população para tempo seco em Bonito (MS)
BONITO - MS - AÇÃO POLICIAL
Traficante e batedores são presos com mais de 380 quilos de maconha e Skank em Bonito (MS)
BONITO - AÇÃO CONJUNTA DAS POLÍCIAS
Polícia Militar e Guarda Municipal acaba com 'festinha' na pandemia e perturbar vizinhança em Bonito
CONCURSO PÚBLICO
Governo de MS abre novo concurso para professores
Foto: Filipi Brites  (Ascom). BONITO - COM RECURSOS PRÓPRIOS
Prefeito entrega novo caminhão compactador hidráulico para coleta de lixo em Bonito (MS)
Fotos: Major Ronaldo Cezar Possato Venâncio/PM-SP BOMBEIROS DE MS
Corpo de Bombeiros Militar de MS realiza Curso de Mergulho em Caverna
VACINA EM BONITO BONITO - MS - VACINAÇÃO CONTRA COVID
Bonito atinge a marca de 11.797 pessoas imunizadas com vacinas da COVID-19
ROSE E PEDRINHO DA MARAMBAIA BONITO - MS - TRABALHO DO VEREADOR
Parceria Pedrinho da Marambaia e Rose Modesto já somam mais de R$ 1,6 milhão para Bonito
BONITO - VACINAÇÃO CONTINUA
BONITO vacina Covid pessoas a partir de 28 anos nesta quarta-feira, veja horário e local