Menu
domingo, 27 de setembro de 2020
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO

Brasil terá excesso de mão de obra qualificada em 2011, aponta Ipea

28 Abr 2011 - 15h04Por Agência Brasil

O Brasil terá neste ano excesso de mão de obra qualificada, segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Um estudo divulgado hoje (28) pelo órgão aponta que mais de 1 milhão de trabalhadores com experiência e qualificação profissional permanecerão desempregados no país, mesmo com o incremento dos postos de trabalho durante o ano.

O estudo prevê que, em 2011, a economia brasileira gere 1,7 milhão de empregos. Mais 19,3 milhões de contratações devem ser feitas em razão da rotatividade no mercado de trabalho. Isso totaliza a contratação estimada de 21 milhões de trabalhadores.

Segundo o Ipea, porém, o Brasil terá ao final do ano 22 milhões de trabalhadores qualificados. Nesta conta, entram os que perderam o emprego por causa da rotatividade (19,3 milhões), os cerca de 2 milhões de desempregados qualificados, mais os 762 mil trabalhadores que entram no mercado já com qualificação e experiência profissional.

Descontada a demanda por mão de obra da quantidade de trabalhadores qualificados, o levantamento estima um excesso de mais de 1 milhão de trabalhadores. “Quando se contrasta a demanda potencial de mão de obra com a oferta disponível de trabalhadores qualificados e com experiência profissional conclui-se que poderá haver um excesso de mais de 1 milhão de trabalhadores”, informa o estudo.

Esse excesso, entretanto, não é distribuído igualmente entre os estados do país nem entre os setores da economia. De acordo com o Ipea, em algumas atividades de alguns estados faltarão trabalhadores qualificados para atender à demanda de mão de obra deste ano.

No Maranhão, por exemplo, considerando-se a demanda de todos os setores econômicos, faltarão 1,9 mil trabalhadores com qualificação. Já em São Paulo, apesar do excesso geral de 203 mil qualificados, é estimada a escassez de trabalhadores em algumas atividades.

Só a indústria paulista terá um déficit de 33,2 mil trabalhadores. Já o setor de comércio e reparação, um déficit de 28,9 mil e a administração pública, de 3,4 mil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE FATAL
Colisão entre caminhão e carreta mata uma pessoa na BR-262
BONITO - MS - VAI COMEÇAR
Confira os nomes dos 115 candidatos a vereadores e números de cada um em Bonito
BONITO - MS - GUARDA MUNICIPAL
Guarda Municipal apreende 3 menores autores de furto a farmácia no centro em Bonito (MS)
BONITO - MS -
BORA PRA BONITO: Promoção relâmpago de passeio e hospedagem, confira aqui
FATALIDADE
Homem morre ao bater moto de frente com caminhonete da patroa em MS
Mato Grosso do Sul tem 19 óbitos por coronavírus e 1.418 confirmados CORONAVÍRUS NO MS
Com 15 mortes nas últimas 24h, número de casos de covid continua alto e médias são preocupantes
Secretário estadual, Eduardo Riedel, disse que o governo trabalha com equilíbrio fiscal para manter o planejamento - Valdenir Rezende/Correio do Estado 13º GARANTIDO
Governo de MS e prefeitura garantem 13° salário em ano marcado pela pandemia e crise financeira
Caminhão desceu a ribanceira; outros motoristas recolheram alimentos espalhados no local (Foto: Direto das Ruas) - CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS DOURADENSE MORREU
Caminhão cai em ribanceira e douradense morre na Serra de Maracaju
BONITO - MS - VACINAÇÃO CANINA
Dia D contra raiva acontece neste sábado, veja os pontos de vacinação em Bonito (MS)
FOGO NO PANTANAL
Setembro já é o mês com maior número de focos de incêndio no Pantanal desde 1998