Menu
BANNER ANNA
quarta, 3 de junho de 2020
Busca
POLONIO IMÓVEIS
BONITO - MS - EFEITOS COVID-19

Bonito (MS), perde cerca de R$ 15 milhões a cada mês com isolamento social

Bonito (MS), perde cerca de R$ 15 milhões a cada mês com isolamento social

1 Mai 2020 - 16h27Por Dênis Matos / Correio do Estado

BONITO - MS - Destino certo de turistas, Bonito, perde R $ 15 milhões a cada mês do isolamento social. A informação é secretário de Turismo, Indústria e Comércio do município, Augusto Mariano. “Recebemos turistas do mundo todo e esse dinheiro gira ou comércio local. Tomamos medidas como pré-registro ou IPTU e distribuição de cestas básicas aos guias e transportadores (turistas) ”, revela. Segundo, ainda não houve muitas demissões no setor de hotelaria e a previsão é de que o mês de maio também é de portas fechadas. “O setor acredita que não haverá demanda, mesmo que abram como portas”. Mariano espera que em seis meses ou estrago seja recuperado. Não há casos confirmados de Covid-19 em Bonito, que nenhum ano atrás recebeu 200 mil turistas, 8% deles estrangeiros.

Como medidas de isolamento e fechamento, parcial ou não, as pequenas cidades são medidas essenciais para evitar que a doença se propague e a rede de saúde não consiga afetar os pacientes. Mesmo esse fato não traz compreensão de ativistas, principalmente em Campo Grande, que realiza protestos para reabertura e relaxamento das medidas, que acabaram sendo acatados. Não é o que uma ciência mundial recomenda. “Municípios sem casos suspeitos e confirmados têm de manter medidas justamente para não contaminar”, ressalta o médico infectologista Márcia del Fabro.

O perigo da rede de saúde entrar no colapso é comprometer empreendimentos que não sejam Covid-19, como acidentes e urgências, entre outros. Vale lembrar que o Estado ainda mantém os índices de dengue, por exemplo.

Até o dia 1º de maio, de acordo com a SES (Secretaria Estadual de Saúde), foram 22.654 casos confirmados. Antes do coronavírus, um município do Campo Grande já havia sido declarado morto por dengue.

AUXÍLIO

Os cafés estaduais e municipais podem receber um adicional de até R $ 13 bilhões para gerenciar a crise causada pelo Covid-19, dos quais R $ 8 bilhões são municípios.

O acordo com a CNM (Confederação Nacional dos Municípios), também prefere acessar a versão não aplicada nos anos anteriores, o quanto antes e o gestor deve acessar o recurso para um movimento de saúde.

Neste sábado, ou Senado vota package of aid to Estados e municípios. De acordo com o texto, a União repassará R $ 60 bilhões aos estados, Distrito Federal e municípios em quatro parcelas mensais e iguais, durante o exercício de 2020. Uma das medidas adotadas pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre, em seu relatório é congelamento dos servidores públicos municipais, estaduais e federais até o próximo ano, como contrapartida aos repasses da União a estados e municípios. Uma estimativa é que ou congelamento resulta em uma economia de cerca de R $ 130 bilhões.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BOLETIM COVID-19 NO MS CORONAVÍRUS NO MS
EXPLODIU: MS tem recorde com 156 novos casos em 24 horas, confira o boletim
COVID-19
Passou Campo Grande: Dourados registra novo recorde de casos de Covid-19 em 24 horas
Policial
Mulher dá entrada em hospital com facada no pescoço e criminoso é preso, em MS
TRÁFICO DE DROGAS
Homem flagrado transportando 5,2t de maconha é colocado em liberdade
COVID-19
Número de casos confirmados de Covid-19 sobe para 48, em Bonito
Sorteio
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 45 milhões nesta quarta-feira
ACIDENTE
Caminhão boiadeiro tomba em rotatória e deixa animais mortos
FRIO
Frio continua nesta quarta-feira, com previsão de geadas e mínima de 12°C, em Bonito
GUIA LOPES - BOLETIM COVID-19
Guia Lopes fecha 24h com 230 casos com 109 recuperados, confira o boletim
Em mais uma sessão remota, Mesa Diretora apresentou projetos que reconhecem calamidade pública GUIA LOPES E MAIS 03 CIDADES
Guia Lopes e mais 03 municípios podem ter estado de calamidade pública decretado