Menu
sbado, 28 de novembro de 2020
Busca
OKA_BONITO_ABRIL

Argentina pede prisão perpétua de ex-oficial por tortura durante a ditadura militar

7 Mai 2011 - 17h20Por Estadão.com

O governo argentino pediu nesta sexta-feira a prisão perpétua do ex-oficial da Marinha, Alfredo Astiz, por seu papel na morte de duas freiras francesas, Alice Domon e Léonie Duquet, desaparecidas durante a ditadura (1976-1983).

Conhecido como "Anjo Louro da Morte" e acusado de ter cometido sequestros, torturas e assassinato de civis, entre eles os das duas freiras, já havia sido condenado, em 2010, à mesma pena pela Justiça francesa.

"Peço a condenação de Alfredo Astiz à prisão perpétua", declarou o advogado da secretaria dos Direitos Humanos, Martin Rico, que o considera responsável por crimes de tortura e homicídios agravados cometidos na Escola de Mecânica da Armada (Esma).

As religiosas francesas foram sequestradas nos dias 8 e 10 de dezembro de 1977, ao lado de dez militantes de defesa dos direitos humanos, entre eles a fundadora do movimento Mães da Praça de Maio, Azucena Villaflor.

Com a condenação, o ex-oficial, de 59 anos, poderá permanecer na prisão além do limite de 25 anos previsto pela lei, sem possibilidade de recurso.

A ditadura argentina é considerada uma das mais sangrentas da América do Sul. De acordo com organizações de direitos humanos, cerca de 30 mil pessoas morreram ou desapareceram durante o regime militar.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - CHAPA REGISTRADA
'Chapa Renovação' é registrada na Câmara, eleição será dia 1º de janeiro de 2021 em Bonito (MS)
AÇÃO DA PMA DE JARDIM E BONITO
PMA de Jardim e Bonito fiscalizam o rio Miranda e da Prata e apreendem petrechos ilegais à pesca
FESTONA NA PANDEMIA
Guarda Municipal acaba com 'festona' em flagrante com 119 adolescentes em MS
MIRANDA - PROJETO SALOBRA
Mais uma parceria CRAS e Projeto Salobra, em Miranda
BONITO - MS - BOLETIM CORONAVÍRUS
BOLETIM: Mais 19 casos positivos nas últimas 24h são registrados em Bonito (MS)
Bancos de areia são fáceis de serem vistos em parte do rio, em Jardim (Foto: Instituto Homem Pantaneiro) - MEIO AMBIENTE
Exploração da pecuária piora assoreamento na nascente do Rio Miranda
VALORIZAÇÃO
Antes do fim do mês, salário de novembro já está na conta do servidor de MS
PÁTIO ZERO
VEJA COMO PARTICIPAR: Detran-MS abre três leilões com mais de 700 motocicletas nesta terça-feira
ORIENTAÇÕES EM MIRANDA
Orientações são feitas a empresas e pousadas de turismo sobre alimentação em cevas para atrair onça
DOURADOS - NOVO DECRETO
Dourados tem leitos de UTI's lotados e prefeitura aumenta toque de recolher e manda fechar clubes