Menu
segunda, 27 de setembro de 2021
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO JUNHO
DOURADOS

Após morte de homem no HV, velório é interrompido, corpo é levado ao IML em Dourados

Após morte de homem no HV, velório é interrompido, corpo é levado ao IML em Dourados

27 Nov 2019 - 10h01Por Ligado Na Notícia

A morte de um homem de 33 anos ocorrida na madrugada desta terça-feira (26) no Hospital da Vida em Dourados, vai ser investigada pelo Ministério Público de Mato Grosso do Sul. A mãe dele, Elizabeth Cabreira Clementino Faustino, aponta omissão, negligência e erro médico na denúncia recebida hoje de manhã pelo promotor Eteocles Brito Mendonça Dias Junior.

Conforme a denúncia, Marcel Cabreira Faustino tinha problemas neurológicos e foi internado no Hospital da Vida no dia 27 de outubro. Nesses 30 dias, segundo a mãe, Marcel passou vários dias na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e há dez dias voltou para um dos quartos.

Elizabeth narrou ao promotor que entre os dias 15 e 17 deste mês, o filho teve parada respiratória enquanto estava na UTI, mas ninguém do hospital teria relatado o caso à família e disse ter ficado sabendo bem depois, em conversa com um dos médicos do hospital. Na madrugada de hoje, Marcel teve outra parada, que foi fatal.

A moradora acusa os médicos e o hospital de não se preocuparem em transferir o paciente para o HU (Hospital Universitário) de Dourados ou para outra cidade com atendimento especializado.

Ela afirma que, após ouvir de um dos médicos que o hospital não procuraria vaga para a transferência, conseguiu atendimento para o filho em um hospital de Arapongas (PR), há pelo menos 15 dias, mas não conseguiu levá-lo a tempo que o hospital de Dourados não teria fornecido o laudo assinado pela equipe de neurologia.

Na denúncia, Elizabeth afirma que em todo o período em que o filho permaneceu internado, o Hospital da Vida não teria inserido qualquer pedido de transferência de Marcel para o HU. Segundo ela, o filho morreu de infecção generalizada, já que foi infectado por bactéria enquanto esteve na UTI. Ela também denunciou que Marcel teria ficado sem receber o medicamento para controle da infecção das 8h às 15h de segunda-feira.

Ainda de acordo com a denúncia, o namorado de Elizabeth, que acompanhava o paciente na madrugada de hoje, disse que Marcel teve parada respiratória por volta de 4h, mas só às 5h20 foi levado para a área vermelha, onde morreu. A testemunha teria relatado que nesse período, o paciente foi atendido apenas por enfermeiros.

O depoimento da moradora será incluído no inquérito civil já em andamento no Ministério Público em Dourados para investigar mortes ocorridas no hospital supostamente por omissão e negligência no atendimento.

Após o registro do boletim de ocorrência na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac), a polícia solicitou que o velório fosse interrompido e o corpo encaminhado ao Instituto de Médico Legal de Dourados para realização de necrópsia. Por volta das 23 desta terça-feira o corpo voltou para o local que estava sendo velado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Fotos: Jardim MS News CORPO DESAPARECIDO
Bombeiros interrompem buscas por corpo de homem desaparecido nas águas do Rio Miranda
Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News CASO DE POLÍCIA
Mulher é agredida em discussão e desfere golpe de faca no órgão genital do companheiro
PREFEITO DE BONITO - JOSMAIL RODRIGUES BONITO - PROJETO GAROTO CIDADÃO
Projeto 'Garoto Cidadão' tem o objetivo de promover a inclusão social, prefeito comemora em Bonito
APOSTA ONLINE
Site de apostas online 1xBet mudou as chances do vencedor da próxima Copa do Mundo
Foto: Nova News TRAGÉDIA
TRAGÉDIA: Motorista de ambulância morre ao sofrer descarga elétrica enquanto prestava socorro
JOGOS
Jogos hoje: Brasil está sem perdas até agora
nota ms premiada SORTUDO NOTA MS PREMIADA
Sortudo que ganhou R$ 100 mil no Nota MS Premiada ainda não sacou o prêmio, veja se foi você
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Pavimentação de rodovia interligando os pantanais coloca Rio Verde no cenário nacional do turismo
RETOMADA DO TURISMO EM MS
Fundtur recebe inscrições no Programa "Incentiva+MS Turismo" até 5 de outubro
REDUÇÃO DO ICMS DA ENERGIA
Empresários comemoram redução de ICMS na conta de luz durante a bandeira de escassez hídrica