Menu
tera, 22 de setembro de 2020
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO
BONITO - MS - AUXÍLIO CULTURAL

Apenas 13 artistas e 6 espaços culturais realizaram cadastramento para auxílio emergencial em Bonito

Apenas 13 artistas e 6 espaços culturais realizaram cadastramento para auxílio emergencial em Bonito

5 Ago 2020 - 10h43Por BONITO INFORMA COM ASSESSORIA

Inscrições terminam nesta quarta-feira (5)

A Prefeitura Municipal de Bonito, através da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SEMEC) informa que o cadastramento para o recebimento do auxílio emergencial para profissionais da área de cultura, que foram prejudicados com o isolamento social em função da pandemia do novo Coronavírus, encerra-se nesta quarta-feira (5) e que até o momento apenas 13 artistas e 6 espaços culturais realizaram o cadastro.Apenas 13 artistas e 6 espaços culturais realizaram cadastramento para auxílio emergencial em Bonito

O benefício é de R$ 600 reais mensais para trabalhadores da área e para os espaços culturais, os valores ficam entre R$ 3 mil a R$ 10 mil.

O benefício será concedido graças à Lei Aldir Blanc, como ficou conhecido o Projeto de Lei 1075/2020, aprovado na Câmara dos Deputados e Senado e sancionada a Lei 14.017/2020 pelo Presidente Jair Bolsonaro. O texto determina o repasse de R$ 3 bilhões para o setor e Bonito receberá cerca de R$ 176.863,30.

Serão beneficiados trabalhadores da cultura que se encontram impossibilitados de exercerem suas atividades como: músicos, atores, profissionais da dança e da literatura, artesãos, artistas de rua, povos e comunidades tradicionais entre outros.

Ao contrário do Auxílio Emergencial, os recursos não serão disponibilizados pela Caixa Econômica Federal. A verba será transferida pela União ao Município, que fará o repasse aos beneficiários.

A secretária de Educação e Cultura, Roseli Gambim explica que para dar maior transparecia ao processo, o município de Bonito contará com o apoio da Comissão de Avaliação e Monitoramento da Lei Aldir Blanc que, instituída pelo Decreto 173/2020, publicado no Diário Oficial do município no dia 29/07. “Estamos apenas esperando o retorno de vários segmentos da sociedade civil, que foram convidados a compor essa comissão e assim que estruturada, ela irá fiscalizar, acompanhar e monitorar esse cadastro e os critérios de recebimento”.

É importante reforçar que aqueles que têm emprego formal ativo e que sejam titulares de benefícios previdenciário ou assistencial e beneficiário do seguro-desemprego ou de programa de transferência de renda federal, ou ainda aqueles que já recebem o Auxílio Emergencial, não podem participar do programa.

A Secretaria de Cultura, porém, pede que todos os artistas da cidade, independente de poderem ou não receber o benefício, realizem o cadastramento, porque os dados serão anexados ao banco de dados da Cultura e servirá para identificar os artistas locais em situações posteriores.

Para se cadastrar é necessário comprovação de residência local (Bonito/MS), exercício da atividade artística ou cultural e apresentar sua biografia.

Para se cadastrar, basta preencher os seguintes formulários:

• Formulário para Artistas

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScS8-B56riDBtKGlsuw-Fy4oXGCJl_zUr01ZFtL9C8Qo98QgQ/viewform?usp=sf_link

• Formulário para Espaços Culturais

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdJxhdUMxq3t7sdpuU4vefDFE9-YrYMKmXXIPAPC_JZlJfWoA/viewform

Em caso de dúvidas, ligue para 3255-3235.

Quem pode receber?

Considera-se como trabalhador (a) da cultura quem participa da cadeia produtiva dos segmentos artísticos e culturais, incluindo artistas, produtores, técnicos, curadores, oficineiros e professores de escolas de arte.
Deve-se ter comprovação de atuação na área nos últimos dois anos. Além disso, não pode ter tido, em 2018, rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70.

Quais espaços culturais podem receber?

O benefício será destinado a espaços culturais e artísticos, pequenas empresas culturais, organizações culturais comunitárias, cooperativas e instituições culturais com atividades interrompidas como: teatros independentes, escolas de música, dança, capoeira e artes, circos, centros culturais, museus comunitários, espaços de comunidades indígenas e/ou quilombolas, festas populares e livrarias.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
IDB INFORMA: mesmo com a cidade lotada no último feriadão, casos de covid não aumentaram em Bonito
AMEAÇA
Homem deve pensão, acha ruim de mulher levar caso para justiça e ameaça vítima de morte, em Bonito
COVID-19
Bonito busca soluções para melhorar fiscalização na cidade
Encontro
Pelo segundo ano, Amazônia será tema de Bolsonaro em discurso na ONU
ECONOMIA
Atividade industrial de MS recupera mesmo patamar de produção anterior à Covid-19
Procurado pela polícia
Padrasto de menina baleada na boca fugiu de posto de saúde
Meteorologia
Previsão de temperaturas amenas nesta terça-feira, em Bonito
FESTIVAL BRASIL SABOR
BRASIL SABOR: Reúne mais de 40 estabelecimentos de Campo Grande, Dourados, Três Lagoas e Bonito
Morador de rua dormindo embaixo das tendas - Crédito: Ligado na Redação/Dourados News CORONAVÍRUS NO MS
Tenda instalada para auxílio durante a pandemia é usada de abrigo por morador de rua
FOGO NO PANTANAL
Fazendeiros serão autuados por crime ambiental no Pantanal