Menu
quinta, 6 de maio de 2021
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO JANEIRO

1,2 milhão de trabalhadores ainda não sacaram abono salarial

27 Mai 2011 - 08h49Por Folha.com

Cerca de 1,2 milhão de trabalhadores ainda não sacaram o abono salarial, benefício no valor de um salário mínimo, informou o Ministério do Trabalho.

O prazo para o saque termina dia 30 de junho.

Neste ano, o benefício é pago a quem trabalhou com vínculo empregatício por pelo menos 30 dias em 2009 e recebeu, em média, até dois salários mínimos naquele ano. O trabalhador também precisa estar inscrito no PIS/Pasep desde 2005, pelo menos, e seus dados foram informados corretamente pelo empregador.

Segundo dados do ministério, 93,52% dos 18,5 milhões de trabalhadores que têm direito ao benefício já fizeram o saque. Foram pagos, até agora, R$ 8,689 bilhões em benefícios.

Os trabalhadores inscritos no PIS recebem o abono nas agências da Caixa Econômica Federal, com um documento de identificação e o número do PIS. Quem tiver o Cartão Cidadão com senha cadastrada também podem fazer o saque em lotéricas, caixas eletrônicos e postos do Caixa Aqui.

Inscritos no Pasep recebem no Banco do Brasil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - VACINAÇÃO CONTRA COVID
De 54 anos, gestantes com liberação médica e puérperas serão vacinadas nesta quinta em Bonito
BONITO - MS - MONITORAMENTO
Turbidez e visibilidade da água do Rio Formoso no Balneário Municipal são monitorados em Bonito
BONITO - MS - TRABALHOS NÃO PARAM
Prefeitura realiza operação tapa-buraco nas ruas de vilas e bairros em Bonito (MS)
VACINAÇÃO EM MS
Prefeitura abre pré-cadastro para vacinação de pessoas entre 30 e 39 anos
Tatyane Santinoni, Agepen AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Para estruturação dos trabalhos, Agepen recebe mais uma viatura doada pelo Depen
PROTEÇÃO A MULHER
PROTEÇÃO A MULHER: Emenda proíbe que condenados por violência doméstica virem servidores
CUIDADO COM FOGO
Fogo em terreno baldio quase causa tragédia, polícia e bombeiros foram acionados
AÇÃO DA PMA
Homem é multado por desmatar, queimar vegetação e construir casa tudo dentro da área protegida
Crédito: Hedio Fazan/Dourados News DIA DAS MÃES NA PANDEMIA
Decreto reduz toque de recolher na semana do Dia das Mães
CONFUSÃO
Homem não paga programa com transexuais e é agredido com extintores