Menu
domingo, 11 de abril de 2021
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO JANEIRO
BOLSA FAMÍLIA 2021

Veja o novo calendário de março do Bolsa Família a partir de R$ 89

Desde o fim do auxílio emergencial, os ministérios da Economia e Cidadania

2 Mar 2021 - 07h25Por Saulo Moreira / Notícias e Concursos

Desde o fim do auxílio emergencial, os ministérios da Economia e Cidadania pensam em uma solução para evitar que milhões de famílias fiquem desamparadas. O novo Bolsa Família estava previsto para ser lançado oficialmente até fevereiro, conforme informou o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni.

O projeto, entretanto, sofreu alguns atrasos que impediram o lançamento do benefício no último mês. Agora, a previsão de lançamento é para os próximos dias.

Enquanto o novo formato não é lançado, o calendário de pagamentos do mês de março do Bolsa Família já foi definido!

Sobre a reformulação do programa do Bolsa Família, as mudanças devem ser anunciadas nesta semana. Elas devem ser apresentadas por meio de medida provisória, que tem vigência imediata, porém precisará posteriormente ser aprovada pelo Congresso.

Calendário de março do Bolsa Família

Segundo o calendário divulgado pela Caixa Econômica Federal, que liberou o cronograma com datas do programa Bolsa Família, os cadastrados começarão a receber as parcelas do benefício a partir do dia 18 de março (quinta-feira) e seguirão até o dia 31 (quarta-feira).

  • os inscritos que tem Número de Identificação Social com final 1 – dia 18 (quinta-feira);
  • aqueles cujo NIS termina em 2 – dia 19 (sexta-feira);
  • os inscritos que tem NIS com final 3 – dia 22 (segunda-feira);
  • aqueles cujo NIS termina em 4 – dia 23 (terça-feira);
  • os inscritos que tem NIS com final 5 – dia 24 (quarta-feira);
  • aqueles cujo NIS termina em 6 – dia 25 (quinta-feira);
  • os inscritos que tem NIS com final 7 – dia 26 (sexta-feira);
  • aqueles cujo NIS termina em 8 – dia 29 (segunda-feira);
  • inscritos que tem NIS com final 9 – dia 30 (terça-feira);
  • por fim, de acordo com o calendário de março do Bolsa Família vão receber no dia 31 (quarta-feira) os inscritos que tem NIS com final 0.

Pagamentos do Bolsa Família

O pagamento será realizado para famílias de baixa renda, ou seja, com renda mensal de até R$ 89 por pessoa; pobres: com renda mensal de até R$ 178 por pessoa, mas que incluam gestantes ou crianças e adolescentes de até 18 anos.

O benefício começa em R$ 89 mensais e pode ter parcelas adicionais de: R$ 41 para crianças, adolescentes e gestantes; R$ 48 para adolescentes de 16 ou de 17 anos. O valor total do pagamento não pode ultrapassar R$ 372 por família.

As parcelas mensais liberadas ficarão disponíveis para saque durante 90 dias após a data indicada no calendário. Dessa forma, os beneficiários podem conferir no extrato de pagamento a “Mensagem Bolsa Família”, com o valor do benefício.

Atualmente, o programa Bolsa Família atende 14 milhões de famílias, pagando todos os meses conforme o número final de Identificação Social (NIS). Sem mudanças, os depósitos continuarão nos dez últimos dias úteis do mês.

valor de cada benefício é de R$ 41,00 e cada família pode acumular até 5 benefícios por mês, chegando a R$ 205,00. O benefício é destinado às famílias que tenham em sua composição, crianças e adolescentes de 0 a 15 anos de idade.

Veja Também: Últimas Notícias do Brasil e Fique 100% informado(a)

No fim de 2020, a CAIXA, gestora de pagamentos do programa, iniciou o processo de migração dos beneficiários que ainda não usam o Cartão Cidadão para a conta poupança social digital. Criada com o advento do auxílio emergencial, a poupança digital permite o pagamento de boletos e contas domésticas como água e luz.

Além disso, a Caixa permite que o trabalhador realize compras com o cartão de débito virtual, usado o código QR (versão avançada do código de barras) em lojas físicas que aderiram o recebimento de pagamento por essa função.

Neste mês de fevereiro, a Caixa começará a abertura de contas poupança digitais para os beneficiários com o NIS final 3, 4 e 5. Em março, o NIS final 1 e 2, além dos Grupos Populacionais Tradicionais Específicos (GPTE) que estão incluídos indígenas, quilombolas, ribeirinhos, extrativistas, pescadores artesanais, comunidades tradicionais, agricultores familiares, assentados, acampados e moradores de rua.

Deixe seu Comentário

Leia Também

auxílio AUXÍLIO EMERGENCIAL
AUXÍLIO: Governo aprova mais 236 mil famílias para receber auxílio emergencial, VEJA O CALENDÁRIO
PROCESSO SELETIVO PREFEITURA DE MS
Prefeitura de MS abre processo seletivo com salários de até R$ 18 mil
GERENTE DA AGÊNCIA ÁGUAS TURISMO BONITO É 100% SEGURO
'Estamos 100% seguros para atender os turistas', garante Gerente da Agência Águas Turismo de Bonito
DETRAN DETRAN - MS - SE LIGA AÍ
Com prorrogação no vencimento do licenciamento, Detran divulga novo calendário
AUXÍLIO EMERGENCIAL
COMEÇOU: Auxílio emergencial tem 1ª parcela de R$150, R$250 e R$375 paga HOJE
FUNTRAB BORA TRABALHAR
Com vagas em Jardim, Miranda e Guia Lopes, semana começa com 579 oportunidades de emprego em MS
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Veja se você se enquadra nas famílias aptas a receberem R$ 200 mensais do programa Mais Social de MS
Paulo Gustavo (Foto: Reprodução/Instagram) VÍRUS DESTRUIDOR
Paulo Gustavo tem piora e inicia tratamento com 'pulmão artificial', ele luta contra a Covid
AUXÍLIO EMERGENCIAL
AUXÍLIO EMERGENCIAL: CAIXA vai fazer 2 pagamentos na próxima semana, VEJA CALENDÁRIO
AUXÍLIO EMERGENCIAL
Auxílio emergencial: trabalhador pode conferir se vai receber benefício; saiba como