Menu
sábado, 20 de julho de 2024
Busca
GARAJÃO
Destaque

Vale da Celulose: expansão em MS pode ter mais fábricas e quase 100 mil novos empregos

O presidente da Ibá, Paulo Hartung, foi quem apresentou o estudo ao governador e sua equipe

9 Jul 2024 - 09h47Por Comunicação Governo de MS

Já ocupando a primeira colocação nacional no raking de exportação de celulose, Mato Grosso do Sul - que atualmente responde por 24% da produção brasileira da commodity  - pode se isolar ainda mais e consolidar sua referência no setor, com as perspectivas apresentadas nesta segunda-feira (8) ao governador Eduardo Riedel por representantes de empresas de alcance mundial e pela direção da Ibá (Indústria Brasileira de Árvores), associação que reúne a cadeia produtiva de árvores plantadas para fins industriais.

Dados apresentados pelo setor mostram que o Mato Grosso do Sul pode ser o destino de ao menos quatro novos empreendimentos do setor de celulose até o ano de 2032, expansão que demandaria a criação de quase 100 mil novos empregos no setor, sendo aproximadamente 24 mil diretos e outros 69 mil indiretos.

O volume de vagas prevista leva em consideração apenas a operação das unidades, sem levar em conta os empregos que serão gerados durante o processo de construção das fábricas.

Além dos pedidos relacionados à qualificação de mão de obra, representantes das principais empresas do setor, como Arauco, Suzano, Bracell e Eldorado, também apresentaram ao governador e aos secretários Jaime Verruck (Meio Ambiente e Desenvolvimento) e Rodrigo Perez (Governo e Gestão Estratégica) demandas envolvendo questões sociais, como educação, habilitação e saúde pública.

"O Mato Grosso do Sul batalhou muito para alcançar esse patamar de competividade e esse ambiente extremamente favorável de negócios e crescimento econômico", afirma o governador Eduardo Riedel, destacando que graças a uma gestão fiscal austera e equilibrada, o Estado é hoje destaque nacional e está no topo do ranking de competividade, investindo mais de 18% de sua receita corrente líquida, indicador de investimento público ligado à solidez fiscal.

O presidente da Ibá, Paulo Hartung, foi quem apresentou o estudo ao governador e sua equipe, destacando a importância de estabelecer uma agenda de trabalho, haja vista os planos de expansão da celulose no Estado.

"O setor é forte no Brasil, mas olhar para a expansão do setor é olhar para o Mato Grosso do Sul. Há desafios e um dos maiores reside na necessidade de criar capacidade para dar conta da crescente demanda por mão de obra e infraestrutura social e econômica. Mas temos em mãos uma enorme oportunidade e esse polo pode virar uma referência no mundo", frisa.

Verruck pontuou que durante o encontro o Governo de Mato Grosso do Sul apresentou uma série de ações já implementadas, como o Voucher Transportador e a abertura de vagas de educação infantil, além de anunciar que a expansão do setor permite a geração de novas e melhores oportunidades de emprego aos sul-mato-grossenses.

"Já estamos na fase final da nova industria da Suzano em Ribas de Rio Pardo, e a Arauco já iniciou a terraplanagem [da nova fábrica] em Inocência. Com isso, o Mato Grosso do Sul vai liderar a exportação e a produção de celulose no país. Hoje já temos 1,4 milhão de hectares plantados e devemos chegar a 2 milhões de hectares plantados com esses novos projetos, beneficiando todos os municípios da Costa Leste", destaca Jaime Verruck.

Pelo setor, compareceram além de Paulo Hartung o embaixador José Carlos da Fonseca Jr, diretor da Ibá; Darcio Berni, diretor executivo da ABTCP; Douglas Lazaretti e André Vieira, da Suzano; Germano Vieira, da Eldorado; Mauro Quirino e Manoel Browne, da Bracell; Carlos Altimiras e Theófilo Militão, da Arauco; e Júnior Ramires e Dito Mario, da Reflore.

 

 

Leia Também

Bombeiros de MS continuam trabalho para conter incêndios em diferentes áreas do Pantanal Ação de combate
Bombeiros de MS continuam trabalho para conter incêndios em diferentes áreas do Pantanal
Zezé Di Camargo será pai aos 61 anos e já está escolhendo nome do bebê Sertanejo
Zezé Di Camargo será pai aos 61 anos e já está escolhendo nome do bebê
Como funciona o cérebro de uma pessoa apaixonada Artigo
Como funciona o cérebro de uma pessoa apaixonada
Egressos do Programa de Estágio do Governo de MS deixam legado na gestão pública Destaque
Egressos do Programa de Estágio do Governo de MS deixam legado na gestão pública
Tecnova: empresários de MS vão receber R$ 15,4 milhões para impulsionar negócios inovadores Investimento
Tecnova: empresários de MS vão receber R$ 15,4 milhões para impulsionar negócios inovadores
Boletim Epidemiológico: MS registra 15.101 casos confirmados de dengue Saúde
Boletim Epidemiológico: MS registra 15.101 casos confirmados de dengue
Filho de Eliza Samudio, reforça categoria de base do Botafogo Novo contratado
Filho de Eliza Samudio, reforça categoria de base do Botafogo
Quer modificar o veículo? CTB prevê que customizações sejam autorizadas pelo Detran Destaque
Quer modificar o veículo? CTB prevê que customizações sejam autorizadas pelo Detran
Bonito e Rota Serra e Charme Paxixi: Sebrae lança programa para criação de produtos turísticos Destaque
Bonito e Rota Serra e Charme Paxixi: Sebrae lança programa para criação de produtos turísticos
Brasil tem 1 estupro a cada 6 minutos; maioria das vítimas são negras Estatísticas
Brasil tem 1 estupro a cada 6 minutos; maioria das vítimas são negras
Bonito Informa
Avenida 09 de Julho 2135 - Centro - Bonito/MS/MS
(67) 99638-6610rogerio@bonitoinforma.com.br
© Bonito Informa. Todos os Direitos Reservados.