Menu
sábado, 20 de julho de 2024
Busca
Planejado
Destaque

Para fomentar o etnoturismo em Miranda, Sebrae/MS promove curso de capacitação de condutores voltado

21 Mai 2024 - 15h43Por Redação/ Bonito Informa

Em uma iniciativa inédita para a capacitação profissional destinada aos povos originários, aconteceu, neste mês, entre os dias 16 e 19 de maio, na Aldeia Babaçu em Miranda, o curso de Competências Mínimas de Condutor de Ecoturismo e Turismo de Aventura (CMC), com o objetivo de fortalecer o turismo de base comunitária nas aldeias indígenas da região.

Realizado pelo Sebrae/ MS por meio do programa Cidade Empreendedora em parceria com a Prefeitura Municipal, o curso formou 24 condutores de turismo indígenas, em maioria da etnia Terena. Ao receberem a certificação de condutores de turismo, eles poderão atuar tanto em suas comunidades, como serem contratados por empresas de turismo, além de estarem aptos a empreender como microempreendedores individuais.

“Este curso será um divisor de águas para as comunidades Babaçu e Cachoeirinha, porque já iniciamos o turismo de base comunitária com um projeto piloto aqui. Com a qualificação e este certificado, reconhecido nacionalmente, nossos condutores poderão trabalhar nos atrativos turísticos, o que aumenta as oportunidades de emprego, ou se tornarem empreendedores. Nosso foco é a geração de emprego e renda para que o desenvolvimento beneficie diretamente as comunidades indígenas” destacou o Secretário de Turismo e Cultura de Miranda, Fernando Henrique Albuquerque.

“Esta é a primeira capacitação deste tipo na região e é direcionado a todas as comunidades indígenas da região, não se limitando apenas à aldeia Babaçu. Outras comunidades também estão envolvidas, e todos saíram capacitados para atender aos turistas e desenvolver o etnoturismo que estamos fomentando no município. Além da capacitação técnica, o curso também abordou a importância da formalização dos participantes. Ao obterem um CNPJ ou se tornarem Microempreendedores Individuais (MEI), eles poderão se cadastrar oficialmente como condutores de turismo” explicou a analista técnica do Sebrae/MS, Thaynara Durso.

O programa Cidade Empreendedora traz um conjunto de ferramentas que apoia a transformação econômica do município, fortalecendo o comércio local e capacitando empreendedores. Desde 2023, quando a Prefeitura Municipal de Miranda, aderiu à iniciativa oferecida pelo Sebrae/MS, os indígenas têm participado de capacitações voltadas ao empreendedorismo o que despertou às comunidades para novas oportunidades de negócio, principalmente na área do etnoturismo.

Um dos resultados deste trabalho foi a consolidação de um produto turístico na Aldeia Babaçu, que oferece ao público uma rica experiência cultural, com a apresentação de danças típicas e do artesanato local. Além de gerar renda com o oferecimento da visita, os indígenas também enxergaram a ação como potencial para a economia criativa, pois disponibilizam as peças artesanais feitas na comunidade para a venda.

O produto foi exposto, pela primeira vez, para o público externo como um projeto piloto no dia 6 de abril e, desde então, a comunidade continua sendo acompanhada para a profissionalização do grupo e o curso de condutores vem corroborar com essa iniciativa.

Considerado a porta de entrada para o sul do Pantanal, o município de Miranda destaca-se por sua biodiversidade e riqueza cultural, e por meio da capacitação e formalização, o etnoturismo poderá ser desenvolvido e explorado de forma organizada e sustentável.

A formalização dará acesso a direitos e seguros específicos, além de permitir a emissão de notas fiscais quando receberem grupos de turistas. Assim, eles estarão contribuindo com o município e garantindo seus direitos enquanto novos empresários.

O curso de Competências Mínimas de Condutor de Ecoturismo e Turismo de Aventura, foi ministrado pelo consultor do Sebrae e representante da Associação Brasileira de Turismo de Aventura (ABETA), Josemar Contesini, que preparou os participantes para avaliações de conformidade de Sistemas de Gestão de Segurança em Turismo de Aventura (SGS – ABNT NBR ISO 21101) e de Líderes de Ecoturismo e Turismo de Aventura (Competências Mínimas de Condutor ABNT NBR ISO 21102).

Com uma metodologia que combinou aulas teóricas e práticas, o treinamento utilizou dinâmicas de grupo para que os participantes pudessem vivenciar e refletir sobre as habilidades e competências exigidas pelas normas e pela atividade, como atendimento ao público e noções de cartografia.

Segundo o capitão da aldeia Babaçu, Clenivaldo Pires, a iniciativa permite que os indígenas consigam atender os turistas de forma eficaz. “Nós queremos oferecer o melhor para as pessoas que vão vir visitar a nossa comunidade, então, termos pessoas capacitadas para lidar com elas é fundamental. Isso vai proporcionar renda e mais qualidade de vida a todos. É o que a gente precisa”, ressaltou.

Um dos participantes do curso foi Jefferson Fonseca Francelino. Ele enfatiza que a capacitação também forneceu um novo olhar, e estimulou os participantes a mostrar e valorizar o que a aldeia tem de melhor, inclusive para os outros moradores.

“Este curso não só nos ensinou novas habilidades, mas também reforçou nosso compromisso com a valorização e preservação da nossa cultura e tradições. Tivemos a oportunidade de apreciar a fauna, a flora e os remédios medicinais usados por nossos antepassados, compartilhando esse conhecimento com os demais”, relatou.

Diante deste contexto, o curso irá promover a economia circular, pois, além de permanecer na comunidade, os novos agentes também vão consumir dentro do município, beneficiando a economia e população mirandenses.

Mais informações sobre o programa Cidade Empreendedora podem ser obtidas por meio do número 0800 570 0800 ou pelo site cidadeempreendedora.ms.sebrae.com.br.

Leia Também

Bombeiros de MS continuam trabalho para conter incêndios em diferentes áreas do Pantanal Ação de combate
Bombeiros de MS continuam trabalho para conter incêndios em diferentes áreas do Pantanal
Zezé Di Camargo será pai aos 61 anos e já está escolhendo nome do bebê Sertanejo
Zezé Di Camargo será pai aos 61 anos e já está escolhendo nome do bebê
Como funciona o cérebro de uma pessoa apaixonada Artigo
Como funciona o cérebro de uma pessoa apaixonada
Egressos do Programa de Estágio do Governo de MS deixam legado na gestão pública Destaque
Egressos do Programa de Estágio do Governo de MS deixam legado na gestão pública
Tecnova: empresários de MS vão receber R$ 15,4 milhões para impulsionar negócios inovadores Investimento
Tecnova: empresários de MS vão receber R$ 15,4 milhões para impulsionar negócios inovadores
Boletim Epidemiológico: MS registra 15.101 casos confirmados de dengue Saúde
Boletim Epidemiológico: MS registra 15.101 casos confirmados de dengue
Filho de Eliza Samudio, reforça categoria de base do Botafogo Novo contratado
Filho de Eliza Samudio, reforça categoria de base do Botafogo
Quer modificar o veículo? CTB prevê que customizações sejam autorizadas pelo Detran Destaque
Quer modificar o veículo? CTB prevê que customizações sejam autorizadas pelo Detran
Bonito e Rota Serra e Charme Paxixi: Sebrae lança programa para criação de produtos turísticos Destaque
Bonito e Rota Serra e Charme Paxixi: Sebrae lança programa para criação de produtos turísticos
Brasil tem 1 estupro a cada 6 minutos; maioria das vítimas são negras Estatísticas
Brasil tem 1 estupro a cada 6 minutos; maioria das vítimas são negras
Bonito Informa
Avenida 09 de Julho 2135 - Centro - Bonito/MS/MS
(67) 99638-6610rogerio@bonitoinforma.com.br
© Bonito Informa. Todos os Direitos Reservados.