Menu
sexta, 26 de fevereiro de 2021
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO JANEIRO
ECONOMIA - CRISE

Crise faz 70% das prefeituras cancelaram eventos natalinos em MS

17 Dez 2016 - 08h43Por Campo Grande News

Para tentar fechar 2016 com as contas em dia, 70% das prefeituras de Mato Grosso do Sul cancelarão ou sequer cogitaram organizar as festas de fim de ano como de costume, com enfeites, iluminação tradicional e shows. A informação é da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul).

O presidente da entidade, e prefeito de Nova Alvorada do Sul, Juvenal de Assunção Neto, explica que a baixa arrecadação em consequência da crise está levando muitos gestores a tomarem “medidas difíceis, mas necessárias”.

“Pelo momento do fim do mandato, onde todos os prefeitos, independentemente de eleitos ou não reeleitos, se preocupam com o fechamento. Estão cancelando eventos e fazendo reajustes. Os que não se reelegeram têm que fechar o caixa para passar o mandato a outro e os reeleitos inciam um mandato novo em 2017”, explica Juvenal.

O município que ele administra foi um dos que sequer começaram a planejar o evento. “Os recursos não são suficientes para manter as despesas”.

A dificuldade financeira chegou a colocar em dúvida o 13º e o salário referente ao mês de dezembro dos servidores públicos.

O secretário-geral da Assomasul e prefeito de Rio Brilhante, Sidney Foroni (PMDB), estima que de 30% a 40% das prefeituras do Estado terão dificuldades em fechar as contas.

Conforme Juvenal, o dinheiro do Governo Federal referente às repatriações de bens mantidos por brasileiros no exterior, cujos municípios têm direito a uma parte, ajudou a segurar as pontas e agora espera-se que a União deposite ainda este ano o montante corresponde às multas que esses contribuintes pagaram por conta da sonegação.

Recorrente – Em fevereiro de 2016 a crise financeira já havia forçado o cancelamento do Carnaval em Rio Brilhante, Ivinhema, Anastácio, Naviraí, Ponta Porã, Rio Verde e Bonito. Ano passado foram 35 prefeituras que deixaram de promover a folia alegando problemas financeiros.

Em Campo Grande, onde era tradicional a instalação de luzes ao longo da Afonso Pena, os festejos evoluem de forma bastante tímida. O prefeito Alcides Bernal (PP) anunciou que iria mudar as atrações da Cidade do Natal para a Praça Ary Coelho no intuito de fomentar o comércio.

As casinhas que em anos anteriores formavam uma vila do Papai Noel, com estandes de comidas típicas e atrações musicais, recebeu algumas luzes na semana passada. O material estava sendo reaproveitado do ano passado e segundo funcionários que faziam a instalação, só haveria iluminação onde desse para por.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ROUBADA EM BONITO
Operação Big Fish recupera bi-trem avaliada em R$ 400 mil e retroescavadeira roubada em Bonito
PROCON NOS POSTOS
Procon cobra explicações pelo aumento repentino do etanol em MS
Belas cachoeiras estão entre os vários atrativos do Parque Nacional da Serra da Bodoquena (Foto: Divugação/ICMBio) TURISMO EM MS
Parque da Bodoquena entra na lista de concessões para o turismo
Fotos: Arquivo Instituto Paulo Machado GASTRONOMIA SUL-MATO-GROSSENSE
Turistas estrangeiros avaliam gastronomia sul-mato-grossense como a melhor do Brasil
BONITO E REGIÃO - MS
INSCRIÇÕES ABERTAS: Curso para Guias que trabalham em Bonito e região organizado pela USP
BONITO - MS - AÇÕES
Distrito Águas do Miranda, Pesqueiro do Noé e região recebem 400 mudas doadas para plantio
Instituto de Desenvolvimento de Bonito
IDB INFORMA: Carol Nakamura e marido visitam Bonito e se encantam com as belezas da cidade
Rio Miranda percorre aproximadamente 490km - Álvaro Rezende RIO MIRANDA - ALERTA
Rio Miranda continua sob alerta e situação ainda é crítica em Mato Grosso do Sul
BORA PRA BONITO?
VEM PRA BONITO?: O melhor do verão acontece aqui e ainda mais com TARIFAS REDUZIDAS, confira
BONITO - DURANTE REUNIÃO
Protocolos que serão aplicados na reabertura da Gruta do Lago Azul são apresentados em Bonito