Menu
sábado, 20 de julho de 2024
Busca
labbonito
Saúde

Boletim Epidemiológico: MS registra 9.155 casos confirmados de dengue

Nos últimos 14 dias Juti lidera o ranking dos municípios com alta incidência da doença,

23 Mai 2024 - 15h30Por Marcus Moura, Comunicação SES

Mato Grosso do Sul já registrou 19.310 casos prováveis de dengue, sendo 9.155 casos confirmados em 2024, de acordo com dados do boletim da 20ª semana epidemiológica divulgado nesta quinta-feira (23). Segundo o documento, 18 óbitos foram confirmados em decorrência da doença e outros 15 estão em investigação.

Nos últimos 14 dias Juti lidera o ranking dos municípios com alta incidência da doença, seguido por Laguna Carapã, Iguatemi, Figueirão, Antônio João, Itaquiraí, Rio Negro, Japorã, Vicentina e Brasilândia.

Já os óbitos registrados ocorreram nos municípios de Maracaju, Chapadão do Sul, Coronel Sapucaia, Dourados, Laguna Carapã, Naviraí, Sete Quedas, Amambai, Paranhos e Ponta Porã. Entre as vítimas, 9 delas possuíam algum tipo de comorbidade.

Vacinação

Ainda conforme o boletim, 46.808 doses do imunizante já foram aplicadas na população-alvo para a vacinação. Ao todo, Mato Grosso do Sul já recebeu do Ministério da Saúde 101.619 doses do imunizante contra a dengue. O esquema vacinal é composto por duas doses com intervalo de três meses entre as doses.

A vacinação contra a dengue é recomendada para crianças e adolescentes entre 10 e 14 anos, 11 meses e 29 dias de idade, faixa etária que concentra o maior número de hospitalização por dengue, dentro do quadro de crianças e adolescentes de 6 a 16 anos de idade.

Chikungunya

Em relação à Chikungunya, o Estado já registrou 4.822 casos prováveis, sendo 573 confirmados. Não há óbitos registrados. Segundo dados do período compreendido entre a semana epidemiológica 19 até a semana epidemiológica 20, Iguatemi apresenta alta incidência da doença seguido por Antônio João, Rio Negro, Vicentina e Figueirão.

A SES alerta que as pessoas devem evitar a automedicação. Em caso de sintomas de dengue ou Chikungunya, a recomendação é procurar uma unidade de saúde do município.

 

 

 

Leia Também

Bombeiros de MS continuam trabalho para conter incêndios em diferentes áreas do Pantanal Ação de combate
Bombeiros de MS continuam trabalho para conter incêndios em diferentes áreas do Pantanal
Zezé Di Camargo será pai aos 61 anos e já está escolhendo nome do bebê Sertanejo
Zezé Di Camargo será pai aos 61 anos e já está escolhendo nome do bebê
Como funciona o cérebro de uma pessoa apaixonada Artigo
Como funciona o cérebro de uma pessoa apaixonada
Egressos do Programa de Estágio do Governo de MS deixam legado na gestão pública Destaque
Egressos do Programa de Estágio do Governo de MS deixam legado na gestão pública
Tecnova: empresários de MS vão receber R$ 15,4 milhões para impulsionar negócios inovadores Investimento
Tecnova: empresários de MS vão receber R$ 15,4 milhões para impulsionar negócios inovadores
Boletim Epidemiológico: MS registra 15.101 casos confirmados de dengue Saúde
Boletim Epidemiológico: MS registra 15.101 casos confirmados de dengue
Filho de Eliza Samudio, reforça categoria de base do Botafogo Novo contratado
Filho de Eliza Samudio, reforça categoria de base do Botafogo
Quer modificar o veículo? CTB prevê que customizações sejam autorizadas pelo Detran Destaque
Quer modificar o veículo? CTB prevê que customizações sejam autorizadas pelo Detran
Bonito e Rota Serra e Charme Paxixi: Sebrae lança programa para criação de produtos turísticos Destaque
Bonito e Rota Serra e Charme Paxixi: Sebrae lança programa para criação de produtos turísticos
Brasil tem 1 estupro a cada 6 minutos; maioria das vítimas são negras Estatísticas
Brasil tem 1 estupro a cada 6 minutos; maioria das vítimas são negras
Bonito Informa
Avenida 09 de Julho 2135 - Centro - Bonito/MS/MS
(67) 99638-6610rogerio@bonitoinforma.com.br
© Bonito Informa. Todos os Direitos Reservados.