Menu
segunda, 25 de outubro de 2021
Busca
BONITO ÁGUAS GREEN WEEK
FRAUDE NO PROGRAMA SOCIAL

Após flagrar até servidores recebendo, Prefeitura fará pente-fino no Bolsa Família

7 Abr 2017 - 06h20Por Midiamax

Força-tarefa composta pela Prefeitura de Campo Grande vai vistoriar por dois meses os beneficiários do Bolsa Família na Capital, a pedido do Ministério Público, que apontou fraudes no programa. São 26.107 mil pessoas cadastradas na cidade, ao custo mensal de R$ 3.825.424 milhões.

A Secretaria Municipal de Assistência Social informou que o pedido do Ministério Público faz parte a ação do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA), que realizou cruzamento de dados do Programa Bolsa Família no em 2016 e encontrou inconsistências nas informações de diversos cadastros.

No ano passado, um pente-fino realizado a partir de um cruzamento de dados do governo federal com a Prefeitura de Campo Grande levou o Ministério Público Federal a listar 5.232 pessoas em suposta situação irregular. Houve a confirmação de irregularidade em 192 casos, e 50 pessoas já tiveram o Bolsa Família bloqueado. Para se ter ideia, até funcionários públicos foram flagrados se beneficiando do programa.

Os trabalhos se iniciaram no dia 30 de março de 2017, com previsão de término em 60 dias. No momento estão sendo realizados mutirões pelas equipes, tendo como objetivo cumprir o que foi designado pelo Ministério Público, bem como manter atualizado os cadastros dessas famílias beneficiarias fazendo visitas domiciliares.

As estratégias desenvolvidas foram: filtro da lista para endereçamento; equipes distribuídas por regiões; confecção de relatório padrão; reunião de coordenadores das unidades da proteção Social Básica para definir os servidores que serão remanejados para compor a equipe técnica; treinamento da equipe técnica e agente cadastrador; parcerias com todas as superintendências e 15 equipes que se concentrarão na Superintendência e Gerência de Gestão do Cadastro Único.

Superintendente da Proteção Social Básica, Inês Mongenot, explica a importância da ação. “Considerando ser o Programa Bolsa Família um programa social de transferência direta de renda direcionado às famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza, espera-se que com essa ação para tratamento das inconsistências cadastrais, qualifique-se os dados e amplie o acesso do programa para famílias com o perfil do programa, atendendo realmente a parcela mais vulnerável de famílias de Campo Grande”, diz.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Bonito - Foto: Filipi Brites  Ascom
BONITO está há 07 dias sem registrar novos casos de Coronavírus
AÇÕES DO GOVERNO DE BONITO
BONITO: Parceria entre município e Fazenda U6 garante reforma da ponte sobre o Rio Ramada
Carro onde a vítima estava quando foi surpreendida pelo ex-marido ficou cheio de sangue. (Foto: Divulgação/Polícia Civil) FEMINICÍDIO
FEMINICÍDIO: Atingida por 4 tiros disparados pelo ex-marido, mulher não resistiu e morreu
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
JBS oferece mais de 80 vagas de emprego esta semana, confira como fazer
Texto e foto: Elaine Paes, SAD LEILÃO ONLINE
Interessados em participar de leilão de maquinários já podem apresentar os lances pela internet
Raquel dos Passos - Fundação de Turismo de MS TURISMO - A RETOMADA
Fundação de Turismo participa de ação promocional nos principais mercados emissores da Europa
BONITO - NOTA DE PESAR BONITO - MS - LUTO
BONITO: Prefeitura decreta luto oficial de 3 dias pela morte do ex-prefeito Odilson Soares
Foto: Bonitomais BONITO - MS - LUTO
Ex-prefeito de Bonito, Odilson Soares, morre aos 76 anos
De folga, socorrista morre após colisão entre carro e carreta em rodovia de MS  Foto: Redes sociais TRAGÁDIA NAS ESTRADAS
Homem que morreu em acidente era socorrista da CCR MS Via, ele estava de folga
FOTO: PMA DE BONITO E JARDIM AÇÃO DA PMA DE BONITO E JARDIM
PMA de Bonito e Jardim desmontam acampamento e autuam 02 Catarinenses pescando ilegalmente