Menu
ASSOMASUL MAIO 2019
segunda, 17 de junho de 2019
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
CIDADES

SES reforça campanha por prevenção a acidentes de trabalho no abril verde

13 Abr 2019 - 08h40Por DA REDAÇÃO

Com um ato que aconteceu na entrada do prédio, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) realizou, na última semana (11.4), uma ação em apoio à campanha “Abril Verde”. A iniciativa é um movimento popular que conta com a participação voluntária e espontânea de pessoas que desejam apontar a necessidade de uma nova cultura para a prevenção de acidentes de trabalho e doenças ocupacionais.

“Temos que conscientizar, cada vez mais, todos os segmentos, sejam eles públicos ou privados, a buscarem garantia de segurança, tranquilidade e melhores condições trabalhistas para todos os brasileiros”, afirma o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende. A SES atua neste sentido por intermédio da Coordenadoria de Vigilância em Saúde do Trabalhador/CEREST, da Superintendência de Vigilância em Saúde.

Secretário de Saúde Geraldo Resende e técnicos realizam ato em apoio à campanha Abril Verde.

De acordo com a superintendente Larissa Domingues Castilho, a SES incentiva e reforça ao setor público, privado e todos os segmentos representativos e ocupacionais, independente do vínculo empregatício, formal ou informal “a refletirem sobre a prevenção para a preservação da saúde no trabalho, tendo como diretriz a Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora do SUS – Sistema Único de Saúde”.

Em Mato Grosso do Sul as ações do Abril Verde são efetivadas e fomentadas por meio do GETRIN (Grupo Tribunal Interinstitucional), coordenado atualmente pelo Tribunal Regional do Trabalho, 24ª Região e Lei Estadual nº 5.196 de 17 de maio de 2018. Ambos visam à conscientização e a prática de ações relacionadas à saúde, segurança e à prevenção de riscos no ambiente do trabalho.

História

O Abril Verde foi criado com base no Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes de Trabalho, comemorado no dia 28 de abril e no dia 7, o Dia da Saúde. Relembra o episódio ocorrido em 1969, quando uma explosão de uma mina na cidade de Fermington, na Virgínia (Estados Unidos), matou 78 trabalhadores. Esse episódio é caracterizado como um dos maiores e mais conhecidos acidentes trabalhistas da história. Por sua vez, a cor verde está relacionada aos cursos da área de saúde, e por isso o símbolo da campanha é o laço verde.

“Devemos celebrar o Abril Verde dentro do ambiente de trabalho como o momento perfeito para melhorar a convivência e também a segurança desses locais. É necessário dotar esses espaços de atividades que estimulem e orientem as pessoas, por meio da adoção de diversos procedimentos de segurança e melhoria da saúde dos trabalhadores”, afirma Larissa Castilho. Isso deve ser feito, segundo ela, por meio de palestras e dinâmicas de grupo que levem aos empregadores e funcionários a pensarem na segurança individual e coletiva no local de trabalho.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - AÇÕES NO RIO FORMOSO E RIO DA P
Governo do MS anuncia que vai realizar megaoperação para salvar águas cristalinas de Bonito (MS)
MATO GROSSO DO SUL - SAÚDE
Em agosto, Governo do Estado e Hospital Regional reativam serviço de cirurgias bariátricas em MS
FESTIVAL DE INVERNO DE BONITO
BONITO (MS): Festival traz espetáculos de dança, Bossa Nova e performances contemporâneas
BONITO - MS - VEJA PROGRAMAÇÃO
Em Bonito (MS), Festa de São Pedro completa 91 anos no dia 29 de junho, VEJA A PROGRAMAÇÃO
VAI CHEGAR CHEGANDO
Inverno chega dia 21 com pouca chuva e temperatura abaixo dos 5ºC graus
FESTIVAL DE INVERNO DE BONITO - 2019
No Palco das Águas, Lenine será atração do último dia do Festival de Inverno de Bonito (MS)
BONITO - MS - LEGIÃO URBANA
Banda Legião Urbana após um Show em Campo Grande visitam Gruta e Flutuação em Bonito (MS)
BONITO - MS - MAIS 40 NOMEADOS
Confira a lista de mais 40 nomeados aprovados no concurso público em Bonito (MS)
SAÚDE
Secretaria de Saúde confirma terceira morte por H1N1 em Corumbá e 14ª em MS
MENSAGEM DE CONSOLO
Corinthians manda mensagem a familiares de universitária morta em acidente entre Itaporã e MARACAJU