Menu
ASSOMASUL MAIO 2019
quinta, 23 de maio de 2019
Busca
ÁGUAS DE BONITO
MIRANDA - NOVAS ELEIÇÕES

MIRANDA: Candidatura de Gerson Prata a prefeito ganha força

MIRANDA: Candidatura de Gerson Prata a prefeito ganha força

2 Mai 2019 - 11h32Por VOX MS

A decisão do Tribunal Regional Eleitoral de manter decisão em primeira instância que cassou o mandato da prefeita Marlene Bossay (MDB) por compra de votos e abuso de poder econômico vai levar a população de Miranda novamente às urnas possivelmente no segundo semestre deste ano. Nomes de potenciais candidatos já começaram a despontar nas rodas de conversas na cidade, dentre os quais o de Gerson Prata, que ganha força junto ao eleitorado.

Neste mês ele passa a ser membro titular da Executiva Estadual do PSDB.

Gerson Prata Júnior foi candidato a prefeito de Miranda em 2016, quando concorreu com Marlene Bossay. Ele obteve 5.347 votos, o equivalente a 35,98%, enquanto que sua adversária conquistou 7.140 votos, ou 48,04% do total. No entanto, investigações demonstraram que a prefeita eleita se valeu da compra de votos e abuso de poder econômico para derrotar seu adversário.

O então presidente do PSDB Márcio Monteiro e Gerson Prata (direita): nova eleição em Miranda (Foto: Arquivo)

Gerson Prata vem intensificando contatos com a população de Miranda e não parou de trabalhar mesmo após a derrota eleitoral no pleito passado, principalmente em função do fato de o Ministério Público ter constatado, logo após a eleição, que sua adversária venceu por meio do emprego de práticas ilícitas.

Ex-coordenador da campanha do governador Reinaldo Azambuja em Miranda e região, Gerson Prata postou no dia 26 de abril passado o seguinte comentário em seu perfil no Facebook, após ter se reunido com o chefe do executivo estadual; “hoje estivemos na Governadoria discutindo pacote de investimentos em todo o Estado, com carinho especial discuti nossa Miranda! Retorno a cidade levando boas notícias e esperança de tempos melhores”.

Cassação – Além de Marlene, seu vice, Adailton Rojo Alves (PTB), e o filho, vereador Ivan Bossay (MDB) tiveram seus mandatos cassados e estão inelegíveis pelos próximos oitos anos. Durante a eleição, o filho da prefeita foi preso após ser flagrado distribuindo cestas de alimentos, fato que foi contatado por uma equipe da Polícia Militar. A distribuição de vale-combustível a eleitores também foi constatada. Em operação policial foram apreendidos 39 tíquetes de abastecimento em um posto de combustíveis da cidade.

Marlene Bossay, prefeita de Miranda: cassada pela Justiça Eleitoral (Foto: Arquivo)

Nova eleição – A data em que será realizada nova eleição ainda não está definida. Em nota, o TRE informou que após notificação do acórdão o presidente da Câmara de Miranda assumirá a prefeitura e permanecerá no cargo até o Tribunal elaborar novo calendário eleitoral para o município e até que ocorra a realização de nova eleição.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADE
MS tem oito concursos abertos e salários de R$ 8,8 mil
BRASIL
O que muda com o novo decreto de armas de Bolsonaro
BONITO - MS - VISTORIA EM OBRA
Odilson vistoria obra da creche da Marambaia que terá capacidade para até 224 crianças em Bonito MS
BONITO - MS - SHOWS CONFIRMADOS
Confira os shows já confirmados para o Festival de Inverno de Bonito (MS)
BONITO NO SENADO FEDERAL - AO VIVO
#AGORA: AO VIVO, Bonito (MS) é discutido no Senado Federal, ASSISTA
DECISÃO JUDICIAL
Não trabalhou é falta! Grevistas terão ponto cortado se não cumprirem decisão judicial
BONITO - MS - AFASTADO E INVESTIGADO
Câmara afasta preventivamente servidor acusado de fazer ameaças em Bonito (MS)
BONITO - MS - ACABOU A POEIRA
Acabou a poeria: Ruas do conjunto Rio Bonito I já estão sendo asfaltadas em Bonito (MS)
SECRETÁRIO DE TURISMO EM BRASÍLIA
Secretário de Bonito (MS) participará da Audiência Pública e tem agenda com Senador em Brasília
BONITO - MS - EVENTO
Artesãos de Bonito expõem durante conferência do Rotary no Centro de Convenções