Menu
ITALÍNEA DOURADOS
tera, 16 de outubro de 2018
KAGIVA
Busca
POLICIAL

Seis membros do PCC que mataram PM em MS são condenados a 208 anos

O julgamento de 17 réus foi desmembrado em quatro fases; Restam 11 réus e os próximos júris estão marcados para 23 e 30 maio

15 Mai 2018 - 08h24Por DA REDAÇÃO
Sessão do júri realizada nesta quarta-feira (09). (Foto: André Barbosa/JPNews)Sessão do júri realizada nesta quarta-feira (09). (Foto: André Barbosa/JPNews)
 

 

A segunda fase do julgamento de 17 réus pela morte de um policial militar aposentado, que foi desmembrado em quatro por causa da quantidade de envolvidos, aconteceu nesta segunda-feira (14), e mais três foram condenados. Somadas ao primeiro júri, as penas já chegam a 208 anos de prisão.

O primeiro júri ocorreu no dia 9 de maio, quando Cléverson Messias Pereira dos Santos, Maicon Gomes de Souza e Marcos Barbosa, foram condenados a um total de 63 anos de cadeia. A pena mais extensa foi de Cléverson: 39 anos e 5 meses; Maicon recebeu pena de 26 anos e 4 meses, e Marcos, 7 anos e 3 meses. Este último foi o único que teve desqualificada a acusação de homicídio qualificado.

No júri desta segunda-feira (14), João Carlos Olegário da Silva foi condenado a 34 anos, Jorge Aparecido dos Santos a 51 anos e Jair da Costa Silva a 50 anos de prisão. As penas somadas, agora, chegam a 135 de prisão. Com as sentenças da primeira fase já são 208.

O próximo júri está marcado para o dia 23 de maio e o último no dia 30 de maio.

Na última quarta-feira (9) durante o primeiro júri, o 2º Comando da Polícia Militar realizou um esquema especial de segurança dentro e fora da Comarca. Inclusive, um helicóptero do Comando Geral de Campo Grande, auxilia no monitoramento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AINDA DESAPARECIDA
Servidora pública do TRE/MS continua desaparecida e familiares pedem ajuda
TRAGÉDIA
Menina de 2 anos é atropelada na garagem de casa quando mãe dava ré no carro, em Campo Grande
DESAPARECEU
Servidora pública com depressão desaparece e preocupa família
DELAÇÃO PODE VIR A TONA
Beth Puccinelli ameaça deleção caso André não seja solto
AÇÃO DA PMA
PMA apreende rede e anzóis de galho nos rios Miranda e da Prata
EM CIDADE DO MS
Rapaz morre afogado enquanto nadava em lago de represa em cidade do MS
ELEIÇÕES 2018 - AÇÃO NA FRONTEIRA
Bolsonaro planeja implantar trabalho do DOF nas demais fronteiras do Brasil
BRASILEIRA EXECUTADA
Brasileira dona de escritório contábil é executada com 9 tiros de pistola na fronteira com MS
BALANÇO DOS ACIDENTES
Dez crianças morreram e 37 ficaram inválidas após acidentes em MS neste ano
MARIDO SUSPEITO DO CRIME
Bebê é encontrado vivo junto ao corpo da mãe dentro de casa