Menu
domingo, 18 de agosto de 2019
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO
BONITO - MS - POLÍTICA

Pesquisa aponta aprovação de 44,33% de Odilson em Bonito

8 Ago 2019 - 13h53Por Lia Larrrea / Raking Pesquisas

 

Foto: Jabuty

A caminho de encerrar o terceiro ano de sua administração, o prefeito Odilson Soares (PSDB), de Bonito, conta com aprovação de 44,33% de sua administração, conforme levantamento do Instituto Ranking realizado no município entre os dias 27 e 28 de julho. O cenário apurado também mostra aprovação dos trabalhos da Câmara Municipal, bem como revelou como a população observa as movimentações visando as eleições de 2020.

De acordo com o Ranking, a aprovação a Odilson –cuja gestão vem sendo marcada pela interlocução junto ao governo estadual para conclusão de empreendimentos, como a pavimentação de rodovias importantes da região e estruturação do aeroporto municipal, bem como entrega de moradias e ações de saneamento– é composta a partir de índices de avaliação que consideram sua administração “ótima” ou “boa” (18,33%) e regular (26%). Já a qualificação negativa da gestão chega a 40,33%, enquanto 15,34% não soube ou preferiu não responder.

Já em relação à Câmara Municipal, a aprovação chega a 47,66% (com 20% de “ótimo” e “bom” e 27,66% de “regular”), com 30,33% de reprovação. Outros 22,01% dos entrevistados não responderam ao questionamento da pesquisa.

A fim de entender os percentuais, o Ranking também pediu aos participantes do levantamento que indicassem os maiores problemas ou demandas que precisam ser atendidas pela Prefeitura de Bonito, com mais de um apontamento (por isso, o somatório supera os 100%).

A Saúde do município foi apontada como um gargalo a ser superado: a falta de médicos e de exames foi citada por 58,33% dos entrevistados, enquanto 48% pediram que seja melhorado o atendimento em saúde. Também aparecem entre as maiores críticas à prefeitura a falta de emprego e o alto custo de vida (34,66%), melhoria no saneamento básico e limpeza urbana (28,33%) e a iluminação pública (24,66%).

No outro extremo aparecem questões como a necessidade de se ouvir mais a população (citado por 3,66% dos entrevistados), renovação política (4%) e construção de casas populares (4,33%).

Eleições 2020

O Ranking também foi às ruas sondar a população sobre as intenções de voto para a eleição do ano que vem. Na disputa pela Prefeitura de Bonito, a pesquisa espontânea mostrou um cenário aberto: 62,03% dos entrevistados se disseram indecisos ou que vão votar em branco ou nulo.

Entre os candidatos citados, porém, há uma mescla de novos nomes e outros que já atuaram na administração pública. Zé Arthur (MDB) teve 20,33% das citações, enquanto Laércio Miranda  somou 5,66% das manifestações espontâneas. Odilson Soares teve 4% das intenções de voto.

Na sequência aparecem Loiva Schiavo (PSD, 3,33%), Bosco Martins (SD, 2,33%), Josmail Rodrigues (PL, 1%), Terezinha Braga (PSDB, 0,66%) e Luiza Lima (0,33%). Outros nomes citados atingiram 0,33%.

Além de Odilson, Zé Arthur e Josmail são nomes conhecidos na política local, registrando passagens pela Prefeitura de Bonito –o que justifica sua lembrança pelo eleitorado. Demandas públicas, como Saúde e Educação, justificam a citação de pessoas ligadas a esses setores, casos de Laércio e Loiva, assim como a presença em meios virtuais (como redes sociais) ajuda na popularização de outros nomes que tenham atuação ou identificação com o município, caso de Bosco –nome que 45,66% dos entrevistados disseram conhecer.

Na pesquisa estimulada, quando são apresentados nomes dos possíveis candidatos, foram analisados dois cenários. No primeiro deles, Zé Arthur lidera (com 45,66%), seguido de Laércio (10%), Odilson (9%), Loiva (5,66%), Bosco (4,33%), Josmail (3,66%) e Luiza (2%). Brancos, nulos e indecisos totalizam 19,69%.

Na segunda simulação, o atual prefeito deu lugar a Terezinha Braga –que integra seu grupo político. Zé Arthur segue à frente, com 46,33%. Laércio Miranda somou 9,33%; Loiva, 7,66%; Josmail aparece com 5,33%; Bosco tem 4,66%; Terezinha, 3,33%; e Luiza aparece com 2,66%. Os votos brancos e nulos e os eleitores indecisos totalizaram 20,7%.

O Ranking ainda apurou a rejeição, isto é, o nome no qual eleitor manifestou interesse em não votar. Odilson aparece com 35,33%, aparecendo na sequência Laércio (10,66%), Zé Arthur (8%), Josmail (5,33%), Luiza (4,66%), Bosco (3,33%) e Loiva (2,66%). Houve 30,03% de entrevistados que disseram não ter resistência contra nenhum dos nomes ou que opta pelo voto em branco ou nulo.

A reportagem procurou os nomes citados para que comentassem seu desempenho. Laércio destacou militar na política, porém, nunca ter se aventurado em uma disputa. “É bom saber que o pessoal está se lembrando da gente e talvez ajude a pensar com os outros quanto a estar disponível para 2020”, ponderou.

A Professora Loiva Schiavo, ex-secretária de Educação na gestão do ex-prefeito Leleco e presidente municipal do PSD, afirmou que o fato de seu nome ser lembrado têm a ver “com a força da Educação” e que, em reunião recente na Capital com o senador e presidente regional do partido, Nelsinho Trad, “foi deliberado que o partido lançará o maior número possível de chapas a prefeito e vereador nos municípios do interior. Recebo os números com alegria, afinal, fui lembrada sem nem ser candidata”.

O jornalista Bosco Martins, que integra a direção regional do Solidariedade e é reconhecido como influenciador digital da região de Bonito e tem apoio de comunicadores e formadores de opinião, considera que o aparecimento de seu nome é resultado da votação dirigida pela cidade ao deputado estadual e correligionário Lucas de Lima, do qual também recebe apoio. “Agradeço aos bonitenses por lembrarem de mim. É uma honra, afinal, quem não quer ser prefeito de Bonito? Mas sempre deixei claro o apoio ao prefeito Odilson Soares, pois considero sua administração uma das melhores que o município já teve”.

Surpresa do levantamento, o desempenho de Josmail Rodrigues, com apenas 1% na espontânea e índices abaixo de 6% na estimulada, chama a atenção pelo fato de se tratar de um político que já administrou Bonito em “mandato tampão” e desde que foi derrotado pelo atual prefeito em 2016 se manteve como possível candidato no ano que vem.

Odilson, Terezinha, Josmail e Luiza foram procurados, mas não atenderam as ligações. Zé Arthur retornou o contato da primeira vez, porém, não foi possível contatá-lo novamente para que comentasse os números.

Também foi realizada sondagem espontânea com a população bonitense para saber se os eleitores já têm nomes para a Câmara Municipal. Nessa pesquisa, revelou-se que as primeiras colocações são ocupadas por pessoas e políticos que têm grande interação com a população por meio de redes sociais.

Pedrinho foi o mais citado, com 3%, seguido de Lucas Capacete (2,66%) e Pantera (2,33%); Jorguinho Figueiredo, 1,66%; e Luisa aparece com 1,33%.

Com 1% das citações cada um, aparecem Nixon Vieira, João Ligeiro, Lúcia Miranda, Varguinha e Geraldo Filho; e somando 0,66% estão Sônia Aivi, Ygor Arquiteto, Regis, André Luiz e Herculano.

Foram lembrados por 0,33% dos entrevistados, cada um, Enéias, Peralta, Nabhan, Silvana Arashiro e Torão.

A disputa para a Câmara totalizou 77,07% de eleitores que não souberam indicar um candidato ou preferiram não responder.

A pesquisa do Instituto Ranking foi realizada entre 27 e 28 de julho com 300 moradores de Bonito acima de 16 anos. A margem de erro é de 4,5 pontos percentuais para mais ou para menos, com intervalo de confiança de 95%. Por se tratar de consulta fora do período eleitoral, não há necessidade de registro do levantamento na Justiça Eleitoral para fins de divulgação.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

SE A MODA PEGA
Dupla rouba farmácia a mão armada e gasta dinheiro em prostíbulo
GUIA LOPES DA LAGUNA - AÇÃO DA PMA
GUIA LOPES: PMA autua R$ 8,9 mil por armazenamento ilegal de madeira e possuir couro de onça pintada
BONITO - MS - NA CÂMARA MUNICIPAL
BONITO: Polícia Militar organiza 1ª conferência com autoridades para o combate a violência doméstica
Furto
Veterinário é preso após furtar botijão de gás de carreta
HOMICÍDIO
‘Hoje você vai morrer’, diz suspeito antes de esfaquear e matar homem
Mistério
Cadáver é encontrado com sinais de tortura na fronteira do Estado
Execução
Foragido é executado com 8 tiros em cidade de MS
SEM RADAR
Após decisão de Bolsonaro, PRF determina suspensão e recolhimento de radares móveis
ACIDENTE FATAL
Ambulância que transportava paciente bate em trator e jovem morre em rodovia de MS
Policial
Ciclista morre ao ser atingido por moto na BR-163