Menu
ITALÍNEA DOURADOS
sexta, 20 de julho de 2018
KAGIVA
Busca
BONITO - MS - CASO DE POLÍCIA

Marido espanca esposa e depreda carro depois de perder partida de sinuca em Bonito

5 Jul 2017 - 09h25Por Midiamax

Durante a madrugada desta quarta-feira (5) uma mulher de 31 anos foi espancada, teve o carro depredado e o celular quebrado pelo marido de 22 anos, na cidade de Bonito.

O companheiro estava em bar da cidade na companhia da esposa. Ele estava jogando uma partida de sinuca quando perdeu o jogo e, irritado, entregou as chaves do carro para a mulher ir embora. No entanto, em seguida teria exigido que ela o levasse embora.

Descontrolado dentro do veículo, passou a agredir a mulher com socos e tentou enforca-la. A vítima colocou as mãos no pescoço do marido para tentar se defender. Não satisfeito, o marido quebrou o celular e depredou o carro da esposa.

Segundo informações da ocorrência, o casal está junto há 9 anos e a mulher sempre foi agredida pelo marido, e inclusive, possui medidas protetivas contra ele. O autor foi levado para a delegacia de polícia e autuado lesão corporal dolosa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ATENTADO EM MS
Primas de vice-prefeito são alvos de atiradores durante a madrugada
GUIA LOPES - AÇÃO DA PMA
PMA autua fazendeiro em R$ 9,8 mil por desmatamento ilegal de duas áreas em Guia Lopes
BONITO - MS - AÇÃO DA PMA
PMA autua fazendeiro em R$ 47 mil por desmatamento ilegal de cinco áreas nativas em Bonito
AGEPEN - LISTA DIVULGADA
Lista com nomes dos 500 candidatos habilitados no concurso de provas e títulos da Agepen é divulgado
MARACAJU - ACIDENTE FATAL
Colisão entre moto e caminhonete mata jovem e motorista foge em Maracaju
NOVA ALVORADA DO SUL -
Homem morre dentro de carro que caiu em represa em Nova Alvorada do Sul
DOURADOS - CASO DE POLÍCIA
Casal recusa sair com amigo e ele, enfurecido, atropela os dois em Dourados
FOI SALVAR O MELHOR AMIGO
Jovem morre afogado após pular em rio para tentar salvar cachorro
NATUREZA PURA
VÍDEO: pescador é surpreendido por sucuri gigante durante pesca no Aquidauana
MOTIM
Presos por estupro sobem no teto do Instituto Penal e iniciam motim